Inteligência Artificial pode ser a chave para decifrar o Manuscrito Voynich

Desde a sua descoberta, há mais de cem anos, o manuscrito Voynich, de 240 páginas, preenchido com linguagem aparentemente codificada, confundiu linguistas e criptógrafos. A Inteligência Artificial poderia ser a chave para decifrar este misterioso documento da Idade Média.

O manuscrito Voynich está escrito numa língua desconhecida, uma linguagem aparentemente codificada, e o conteúdo e o significado continuam a ser um enigma que os especialistas, embora tenham estudado durante os últimos anos, não conseguiram decifrar.

Este códice do século XV, uma homenagem ao comerciante de livros usados Wilfrid Voynich, é um livro pequeno, com uma capa frágil, com 240 páginas que incluem desenhos que parecem visões alucinogénicas, plantas estranhas, símbolos astrológicos, criaturas em forma de medusas e o que parece ser uma lagosta.

Embora tenha sido estudado durante décadas, nunca ninguém o conseguiu decifrar. Mas, o que para muitos continua a ser um mistério ainda por resolver, para Greg Kondrak, especialista em processamento de linguagem natural da Universidade de Alberta, nada mais é do que um verdadeiro desafio para a Inteligência Artificial.

Segundo o Gizmodo, em parceria com Bradley Hauer, um estudante de pós-graduação, conseguiram dar um grande passo ao descobrirem que o texto está escrito no que parece ser a língua hebraica, com letras dispostas num padrão fixo. O significado do manuscrito, porém, ainda não foi analisado.

Decidiram, então, aplicar a Inteligência Artificial e traduzir a Declaração Universal dos Direitos Humanos, escrita em 380 idiomas diferente, em busca de padrões. Depois, elaboraram um sofisticado algoritmo estatístico que conseguiu determinar a tradução com uma probabilidade muito alta de 97%.

O algoritmo sugeriu que o idioma do manuscrito Voynich era hebraico codificado. A análise revelou que no texto do manuscrito as consoantes foram reordenadas, enquanto as vogais foram omitidas por completo. “Isto é surpreendente”, disse Kondrak. “E dizer que está escrito em hebraico é o primeiro passo. O próximo é decifrá-lo.”

No passo seguinte da investigação, decidiram partir de uma hipótese proposta por investigadores anteriores: a de que o teto foi substituído por um anagrama ordenado alfabeticamente. Isto é, segundo essa hipótese, a palavra “ZAP” iria aparecer escrita como “APZ”, de acordo com a ordem do alfabeto.

Partindo do pressuposto de que o texto está codificado em hebraico, os investigadores desenvolveram um algoritmo que poderia levar esses anagramas a criar palavras hebraicas. “Mais de 80% das palavras estavam escritas num dicionário hebreu, mas não sabíamos se faziam sentido juntas”, contou Kondrak.

Por fim, Kondrak e Hauer decidiram traduzir a primeira frase do manuscrito Voynich, com a ajuda de Moshe Koppel, um cientista da computação, falante nativo de hebraico.

Ela fez recomendações ao padre, ao dono da casa, a mim e às pessoas“, escreveram os investigadores no estudo publicado na semana passada na Transactions of the Association of Computational Linguistics.

Embora não tenham decifrado o manuscrito, Kondrak e Hauer conseguiram desmistificá-lo, decifrando o idioma (hebraico) e o esquema de codificação em que as letras ficam dispostas segundo a ordem do alfabeto.

Esta descoberta abre as portas à aplicação deste algoritmo a outros códices antigos, destacando o potencial da Inteligência Artificial para resolver problemas que os humanos andam a tentar solucionar à décadas.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Programador esqueceu-se da password para recuperar 236 milhões de dólares em bitcoin. Já só lhe restam duas tentativas

Um programador alemão que vive em São Francisco, nos Estados Unidos, não se recorda da sua password do disco que lhe dará acesso à sua carteira digital, onde tem 7.002 bitcoins, que valem, segundo a …

PGR abre inquérito ao caso do procurador europeu José Guerra

O Ministério Público instaurou um inquérito ao caso da nomeação do procurador europeu no seguimento da participação criminal apresentada pela Ordem dos Advogados e de uma denúncia anónima. "Na sequência de denúncia apresentada pela Ordem dos …

Donald Trump diz que "reconstruir o Exército foi uma honra"

O Presidente cessante dos Estados Unidos enviou, esta quinta-feira, uma mensagem às tropas norte-americanas, dizendo que "reconstruir o Exército foi uma honra", destacando o investimento da sua administração no Pentágono. "Foi uma honra reconstruir o nosso …

Julgamentos de Tancos e do homicídio no SEF suspensos após caso de covid-19

As próximas sessões do julgamento de Tancos e do homicídio do cidadão ucraniano nas instalações do SEF foram suspensas depois de o advogado Ricardo Sá Fernandes, que representa arguidos nos dois casos, ter testado positivo …

"Uma tragédia anunciada". Manaus não tem oxigénio para tratar doentes

Manaus, capital do estado do Amazonas, no Brasil, está a atravessar uma situação caótica devido ao aumento de casos covid-19 e à falta de oxigénio dos hospitais. Imagens que circulam nas redes sociais mostram as próprias famílias …

Wayne Rooney termina carreira de jogador para treinar Derby a tempo inteiro

O antigo internacional inglês terminou a carreira de futebolista, aos 35 anos, para assumir o cargo de treinador do Derby County, anunciou, esta sexta-feira, o clube da segunda divisão inglesa. Wayne Rooney, que assinou contrato até …

Populistas europeus que o apoiavam desvinculam-se agora de Trump

A derrota eleitoral de Donald Trump, a sua recusa em aceitá-la e a violência que se seguiu parecem ter prejudicado as perspetivas de líderes de europeus populistas, apoiantes do Presidente dos Estados Unidos (EUA). "O que …

Carvalhal explica porque é que disse "não" ao Flamengo

Carlos Carvalhal explicou, em entrevista ao Esporte Interactivo, porque é que recusou o convite para treinar os brasileiros do Flamengo. "Não foi uma questão de não querer, foi não poder", explicou o técnico, que agora …

Bruno Fernandes é o melhor jogador de dezembro da Premier (e faz história)

O internacional português foi eleito o melhor jogador de dezembro de 2020 da Liga inglesa, tornando-se o primeiro futebolista a ter quatro distinções num único ano. "O médio do Manchester United torna-se o primeiro jogador a …

Google "esconde" sites de media australianos dos resultados de busca

A Google tem escondido alguns sites de notícias australianos dos resultados de busca, enquanto negocia com o governo daquele país o pagamento do conteúdo. De acordo com o Guardian, o governo australiano está a tentar impor …