Inteligência Artificial pode ser a chave para decifrar o Manuscrito Voynich

Desde a sua descoberta, há mais de cem anos, o manuscrito Voynich, de 240 páginas, preenchido com linguagem aparentemente codificada, confundiu linguistas e criptógrafos. A Inteligência Artificial poderia ser a chave para decifrar este misterioso documento da Idade Média.

O manuscrito Voynich está escrito numa língua desconhecida, uma linguagem aparentemente codificada, e o conteúdo e o significado continuam a ser um enigma que os especialistas, embora tenham estudado durante os últimos anos, não conseguiram decifrar.

Este códice do século XV, uma homenagem ao comerciante de livros usados Wilfrid Voynich, é um livro pequeno, com uma capa frágil, com 240 páginas que incluem desenhos que parecem visões alucinogénicas, plantas estranhas, símbolos astrológicos, criaturas em forma de medusas e o que parece ser uma lagosta.

Embora tenha sido estudado durante décadas, nunca ninguém o conseguiu decifrar. Mas, o que para muitos continua a ser um mistério ainda por resolver, para Greg Kondrak, especialista em processamento de linguagem natural da Universidade de Alberta, nada mais é do que um verdadeiro desafio para a Inteligência Artificial.

Segundo o Gizmodo, em parceria com Bradley Hauer, um estudante de pós-graduação, conseguiram dar um grande passo ao descobrirem que o texto está escrito no que parece ser a língua hebraica, com letras dispostas num padrão fixo. O significado do manuscrito, porém, ainda não foi analisado.

Decidiram, então, aplicar a Inteligência Artificial e traduzir a Declaração Universal dos Direitos Humanos, escrita em 380 idiomas diferente, em busca de padrões. Depois, elaboraram um sofisticado algoritmo estatístico que conseguiu determinar a tradução com uma probabilidade muito alta de 97%.

O algoritmo sugeriu que o idioma do manuscrito Voynich era hebraico codificado. A análise revelou que no texto do manuscrito as consoantes foram reordenadas, enquanto as vogais foram omitidas por completo. “Isto é surpreendente”, disse Kondrak. “E dizer que está escrito em hebraico é o primeiro passo. O próximo é decifrá-lo.”

No passo seguinte da investigação, decidiram partir de uma hipótese proposta por investigadores anteriores: a de que o teto foi substituído por um anagrama ordenado alfabeticamente. Isto é, segundo essa hipótese, a palavra “ZAP” iria aparecer escrita como “APZ”, de acordo com a ordem do alfabeto.

Partindo do pressuposto de que o texto está codificado em hebraico, os investigadores desenvolveram um algoritmo que poderia levar esses anagramas a criar palavras hebraicas. “Mais de 80% das palavras estavam escritas num dicionário hebreu, mas não sabíamos se faziam sentido juntas”, contou Kondrak.

Por fim, Kondrak e Hauer decidiram traduzir a primeira frase do manuscrito Voynich, com a ajuda de Moshe Koppel, um cientista da computação, falante nativo de hebraico.

Ela fez recomendações ao padre, ao dono da casa, a mim e às pessoas“, escreveram os investigadores no estudo publicado na semana passada na Transactions of the Association of Computational Linguistics.

Embora não tenham decifrado o manuscrito, Kondrak e Hauer conseguiram desmistificá-lo, decifrando o idioma (hebraico) e o esquema de codificação em que as letras ficam dispostas segundo a ordem do alfabeto.

Esta descoberta abre as portas à aplicação deste algoritmo a outros códices antigos, destacando o potencial da Inteligência Artificial para resolver problemas que os humanos andam a tentar solucionar à décadas.

  ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Entre "bomba atómica" e "cozinhado" de última hora, Marcelo recebeu Rangel (para irritação de Rio)

O Presidente da República recebeu Paulo Rangel numa altura em que tenta ainda "cozinhar" um entendimento de última hora para aprovação do Orçamento de Estado para 2022, de modo a evitar a "bomba atómica" da …

Cidade australiana está a dar terrenos de graça para atrair novos moradores

Uma cidade em Queensland, na Austrália, está a doar terrenos numa tentativa de aumentar a sua população de apenas 800 pessoas. Em declarações ao site news.com.au, as autoridades da cidade australiana de Quilpie explicaram que estão …

Princesa Mako e o marido Komuro Kei

Entre escândalos na imprensa e stress pós-traumático, nada deteve o amor da Princesa Mako pelo plebeu Kei Komuro

A monarca japonesa vai abandonar a vida real e viver nos EUA com o marido, um advogado plebeu que conheceu em 2012 na Universidade. A imprensa tem escrutinado a vida de Komuro Kei, que consideram …

Depressão: o relato de Vanessa Fernandes

Escrava do seu sucesso, a vencedora de uma medalha nos Jogos Olímpicos confessa que teria ficado destruída, caso não tivesse pedido ajuda. A ideia era sempre "ganhar e ser a melhor" mas, nos bastidores, Vanessa Fernandes …

Squid Game. Coreia do Norte ataca Coreia do Sul com base no novo sucesso da Netflix

A série "Squid Game", que é a mais vista de sempre na Netflix, tornou-se tão popular que nem a Coreia do Norte ficou indiferente — mas por maus motivos. Enquanto a série sul-coreana tem conquistado espectadores …

O jogador do Santa Clara, Chindris, festeja um golo contra o FC Porto

Santa Clara 3-1 FC Porto | Eficácia atira dragões para fora da Taça da Liga

O Santa Clara recebeu e venceu hoje o FC Porto por 3-1, atirando os portistas para fora da Taça da Liga, num jogo em que a eficácia açoriana fez a diferença. Os golos do triunfo açoriano …

O Presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque

Albuquerque mostrou-se disponível para negociar o OE, mas Rio diz que "a Madeira não está à venda"

O presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque, manifestou hoje disponibilidade para conversar com o Governo sobre o OE, mas Rui Rio garantiu que os deputados madeirenses não vão contrariar o partido. “Se for para …

Golpe de Estado no Sudão. Confrontos nas ruas causam sete mortos e 140 feridos

Milhares de sudaneses têm saído às ruas para protestarem a tomada do poder pelos militares. A comunidade internacional tem sido unânime na condenação ao golpe de Estado. Na sequência do golpe de Estado de segunda-feira, os …

Amnistia Internacional pede que EUA retirem acusações a Assange e a Londres que evite extraditá-lo

A Amnistia Internacional (AI) pediu aos Estados Unidos que retirem as acusações contra o fundador da Wikileaks, Julian Assange, e ao Reino Unido que evite extraditá-lo, pedido feito hoje antes do início, quarta-feira, de nova …

Mudar de telemóvel pode ser um rombo nas poupanças a longo prazo, mais do que se pensa

Especialistas em finanças ouvidos pelo The New York Times consideram que mudar de telemóvel anualmente, dando o dispositivo anterior para retoma (quando este ainda tem um valor elevado), não é uma boa aposta, sobretudo a …