Inteligência artificial da Google aprende a criar inteligência artificial

(dr) The Future of Life Institute

Num projeto chamado AutoML, os investigadores de inteligência artificial da Google ensinaram um software de “machine learning” a construir outro software semelhante. Em alguns casos, foi mais poderoso e eficiente do que os melhores sistemas que os próprios investigadores podiam projetar.

De acordo com a Google, o sistema recentemente atingiu um recorde de 82% na categorização de imagens pelo seu conteúdo. Numa tarefa mais difícil, de marcar a localização de múltiplos objetos numa imagem – algo importante para a realidade aumentada e robôs autónomos – o sistema gerado automaticamente obteve um sucesso de 43%, em comparação com os 39% do melhor sistema criado por humanos.

Tais resultados são significativos porque os conhecimentos necessários para construir sistemas avançados de inteligência artificial (IA) são raros, mesmo na Google.

“Hoje, estes sistemas são feitos manualmente por cientistas da área e, literalmente, apenas alguns milhares em todo o mundo conseguem fazer isso”, disse o CEO da Google, Sundar Pichai, na semana passada, num evento de lançamento para novos smartphones e outros dispositivos. “Queremos habilitar centenas de milhares de desenvolvedores para conseguirem fazer o mesmo”, acrescentou.

Por enquanto, o AutoML é apenas um projeto de pesquisa. Ironicamente, os cientistas que estão a trabalhar nele são exatamente o tipo de especialistas que esta tecnologia pretende automatizar.

Mas um número crescente de investigadores fora da Google também está a trabalhar em projetos semelhantes. Se a IA se revelar prática, a “machine learning” pode espalhar-se para fora da indústria da tecnologia como, por exemplo, nas áreas da saúde e finanças.

Redes neurais artificiais

Investigadores de dois grupos da empresa, o Google Brain e o DeepMind, já ajudaram a reduzir as contas de energia em centros de dados da Google e aceleraram, por exemplo, a capacidade da empresa de mapear novas cidades.

O AutoML poderia tornar esses especialistas ainda mais produtivos ou ajudar engenheiros menos qualificados a construir sistemas poderosos de IA sozinhos.

Um dos objetivos da Google, ao investir neste tipo de tecnologia, é acelerar o processo de implantação de redes neurais artificiais. Esta técnica envolve a alimentação de dados através de redes de operações matemáticas inspiradas pelo funcionamento dos neurónios.

Pode parecer altamente sofisticado mas boa parte do trabalho dos especialistas é usar o seu instinto, bem como a tentativa e erro, para descobrir a arquitetura certa para uma determinada rede neural.

“Uma grande parte do trabalho é essencialmente uma tarefa muito aborrecida, de tentar múltiplas configurações para ver quais funcionam melhor”, explica Roberto Calandra, da Universidade da Califórnia, em Berkeley.

Um sistema de inteligência artificial chamado AdaNet, criado numa colaboração que inclui funcionários da Google, já conseguiu construir sozinho uma rede neural camada por camada, testando cada adição ao design para garantir que melhora o seu desempenho.

Se o AutoML funcionar bem o suficiente para se tornar uma ferramenta prática para programadores, os seus efeitos podem ser sentidos além da própria empresa. “Queremos democratizar este avanço“, afirmou Pichai na semana passada, insinuando que está disposto a disponibilizar a ferramenta a outras empresas.

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Máquinas inteligentes que criam máquinas ainda mais inteligentes, de forma autónoma, sem qualquer intervenção humana.

    Onde é que isto vai parar? Será que vai acabar bem (para a humanidade)? Duvido! Aliás, acredito sim que é o principio do fim.

RESPONDER

Afinal, os deuses da Antiguidade eram às cores (e já as podemos ver)

https://vimeo.com/379277357 Nos nossos livros da escola e em museus de todo o mundo, as obras de arte da antiga Grécia e Roma não têm cores: são simples, puro e branco mármore. Mas será este apenas um mito? …

A sede do petróleo está a levar os povos indígenas do Equador à extinção

Os povos indígenas do Equador estão sob ameaça dos interesses do território em que habitam. Quase metade das reservas equatorianas de petróleo estão debaixo do Parque Nacional Yasuní. Os interesses dos políticos e dos grandes magnatas …

"Lesmas-leopardo" acasalam da forma mais espantosamente bizarra (e ninguém sabe porquê)

As "lesmas-leopardo" têm talvez o acasalamento mais intrigante e espantoso de todo o reino animal. Os biólogos ainda não conseguiram decifrar porque razão estes moluscos acasalam desta forma. Na escuridão da noite, duas grandes "lesmas-leopardo" começam …

Naufrágio romano com 2.000 anos encontrado na Grécia. É um dos maiores do Mar Mediterrâneo

Uma equipa de cientistas da Universidade de Patras, na Grécia, descobriu os vestígios de um navio romano que naufragou há cerca de 2.000 anos perto da ilha grega de Kefalonia, avança o Greek City Times.  …

Qual é o verdadeiro significado da vida? Um novo estudo pode ajudar com a resposta

Um novo estudo aponta que encontrar significado na nossa vida é algo positivo para a nossa saúde e bem-estar mental, mas o processo de procura tem o efeito contrário. Encontrar significado na nossa vida é uma …

A crise climática vista do Espaço. Vídeo da NASA revela degelo dos glaciares no Alasca

https://vimeo.com/379314673 Um vídeo publicado recentemente pela NASA mostra o derretimento dos glaciares do Alasca visto do Espaço. Algumas imagens revelam mudanças de quase 50 anos. O nosso planeta está a caminhar a passos largos para uma situação …

Ciência explica porque é que alguns cheiros desencadeiam memórias fortes

O cheirinho de pão acabado de sair do forno pode, por exemplo, funcionar como um portal do tempo, levando-nos de volta àquele pequeno café em Paris que visitámos há alguns anos. Os cheiros têm a capacidade …

Quase 40% dos americanos com dificuldades financeiras. Doar sangue é a sua maior receita

A economia dos Estados Unidos (EUA), considerada uma das maiores do mundo, permitiu avanços sociais e tecnológicos inestimáveis. Contudo, atualmente, cerca de 40% dos norte-americanos afirmam ter dificuldade em pagar por comida, por habitação, por …

"Políticos devem ser colocados contra a parede". Greta pede desculpa

A ativista do clima Greta Thunberg pediu desculpa por ter dito que os políticos devem ser colocados “contra a parede”, após diversas pessoas terem considerado que a jovem estava a defender a violência. A sueca de …

Carnaval belga retirado da lista de Património Imaterial da UNESCO após queixas de antissemitismo

As festas da cidade de Aalst, na Bélgica, foram retirada da lista do Património Imaterial da Humanidade, depois de a UNESCO ter sancionado a presença de carros carnavalescos contendo imagens antissemitas. O presidente da Câmara …