A infidelidade vê-se nos rostos dos homens (mas não nos das mulheres)

Já era uma verdade aceite por muitos a ideia de que as mulheres conseguem esconder melhor a infidelidade do que os homens, mas agora uma nova pesquisa científica confirma-o, apontando que isso é evidente nos sinais do rosto.

A pesquisa feita por investigadores da Universidade da Austrália Ocidental apurou que se pode perceber se um homem foi infiel apenas por olhar para o rosto dele. Mas já o mesmo não se verifica com uma mulher infiel, cuja traição não é visível na sua cara.

A investigação publicada no jornal Royal Society Open Science colocou um grupo de 1500 pessoas a visualizar fotografias de 189 adultos (101 homens e 88 mulheres) que tinham respondido a um inquérito sobre se tinham sido infiéis aos seus parceiros.

Os participantes tiveram que classificar estas fotos, numa escala de 1 a 10, para definir a probabilidade de as pessoas retratadas terem traído os seus companheiros.

“Tanto homens como mulheres foram precisos na avaliação da probabilidade de enganar dos homens, mas não das mulheres“, concluem os investigadores, apontando que, desta forma, é possível concluir que a infidelidade pode ser “percebida” nos rostos masculinos.

O estudo visava avaliar se homens e mulheres poderiam detectar a infidelidade potencial em cada um dos géneros, mas também perceber se seria possível detectar um “traidor” dentro do mesmo sexo. E os resultados surpreenderam os investigadores.

“Os homens conseguiram detectar potenciais traidores entre outros homens, mas mesmo quando eram outras mulheres a avaliar, a fêmea da espécie era impenetrável“, concluem os autores da pesquisa, como cita o site científico Phys.org.

Os julgamentos de infidelidade nos homens foram feitos usando a “masculinidade facial, um sinal bem estabelecido de propensão para adoptar estratégias de acasalamento de curto prazo”, apontam ainda os investigadores.

Outra surpresa com que estes se depararam aponta para o facto de não serem necessariamente os homens mais bonitos os que traem mais.

“Surpreendentemente, embora os homens mais atraentes fossem classificados como mais infiéis, eram menos propensos a envolverem-se no “roubo” de parceiros” de terceiros, sustentam.

Apesar disto, não se devem retirar conclusões precipitadas para primeiros encontros, como repara o investigador Yong Zhi Foo em declarações à Agence France Press.

Embora pareça evidente que os homens têm mais probabilidades de revelarem a infidelidade com os traços do seu rosto, continua a ser difícil identificar um traidor só pela sua cara. “Se formos confiar apenas nas nossas primeiras impressões para detectar traidores ou trapaceiros, cometeremos erros substanciais”, alerta Foo.

SV, ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

A Bugatti está a vender um carro elétrico "para crianças". Chama-se Baby II e custa 30 mil euros

A Bugatti e a Little Car Company, sediada em Londres, uniram-se para criar 500 Bugattis elétricos em miniatura para crianças. Agora, fruto dos desenvolvimentos mundiais, alguns veículos ficaram disponíveis para compra. O mais recente brinquedo da …

50 anos de monarquia e uma guerra de dias. A pandemia "matou" a micronação mais antiga da Austrália

O reinado de 50 anos de uma micronação na Austrália chegou ao fim devido ao impacto económico da pandemia de covid-19, que fez com que o autodeclarado principado se rendesse ao país. Hutt River, um principado …

NASA vai rebatizar planetas e outros corpos celestes com nomes ofensivos

A agência espacial norte-americana (NASA) anunciou que vai rebatizar alguns planetas, galáxias e outros corpos celestes que possuem nomes "ofensivos". Em comunicado publicado esta quinta-feira, a NASA explica que vai abandonar os nomes "não-oficiais" a …

O maior parque de crocodilos da Índia está à beira da falência. Abriga mais de 2.000 animais

O maior parque de crocodilos da Índia, localizado perto da cidade de Chennai, no sul do país asiático, encontra-se à beira da falência depois de a pandemia de covid-19 ter obrigado a fechar o espaço …

Campanha científica acrescenta mais de 37 mil quilómetros quadrados ao mapa do mar português

A campanha científica que o navio hidro-oceanográfico D. Carlos I da Marinha Portuguesa realizou durante nove semanas nos Açores, para levantamentos hidrográficos, permitiu “acrescentar cerca de 37.500 quilómetros quadrados sondados ao mapeamento do mar português”. Numa …

Apesar dos alertas, houve quem plantasse as sementes misteriosas da China (e já começaram a crescer)

Durante as últimas semanas, pessoas em todo o mundo têm recebido, sem ter encomendado, nas suas caixas de correio sementes com origem na China. Apesar dos avisos em contrário, houve quem plantasse os misteriosos presentes. As …

Marcelo veta redução de debates sobre a Europa. Não foi uma "solução feliz"

O Presidente da República vetou esta segunda-feira a redução do número de debates em plenário para o acompanhamento do processo de construção europeia de seis para dois por ano, defendendo que não foi uma “solução …

Boris Johnson admite alargar quarentena a mais países

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, admitiu esta segunda-feira alargar o sistema de quarentena a pessoas que cheguem de países atualmente isentos para reduzir o risco de infeção com a doença covid-19 no Reino Unido. "No contexto …

Novo lay-off. Ajuda da Segurança Social para pagar subsídios de Natal pode chegar só em 2021

O apoio ao pagamento do subsídio de Natal previsto pelo Governo para apoiar as empresas no âmbito do novo regime de lay-off, que entrou em vigor em agosto, poderá só ser pago pela Segurança Social …

Trump abandona conferência de imprensa após ser confrontado por jornalista com mentira que disse 150 vezes

O Presidente norte-americano abandonou uma conferência de imprensa, este sábado, depois de ter sido confrontado por uma jornalista com uma mentira que já terá dito mais de 150 vezes sobre cuidados de saúde para os …