Norte-americano infetado pelo coronavírus deixa o hospital 128 dias depois

Massimo Percossi / EPA

Um homem que contraiu o novo coronavírus quando Nova Iorque era o epicentro da pandemia nos Estados Unidos recebeu alta hospitalar, esta quarta-feira, depois de 128 dias internado.

De acordo com o site Business Insider, Larry Kelly esteve internado 128 dias no hospital Mount Sinai Morningside, em Nova Iorque, nos Estados Unidos. O norte-americano, que contraiu o novo coronavírus em meados de março, teve várias infeções e convulsões e esteve ligado a um ventilador durante 51 dias.

“Eles deram-me de tudo, fiquei viciado em fentanil, tiveram de me retirar a medicação. Sou um toxicodependente em recuperação, nem sequer me lembro”, disse Kelly à emissora televisiva NBC New York.

Por vezes, o norte-americano, que também esteve em coma induzido, pensou que não iria conseguir ultrapassar a covid-19. Mesmo assim, a sua esposa, Dawn, recusou-se a baixar os braços.

“Eu disse-lhe: ‘Por favor, luta, por favor, nunca pares de lutar.’ E ele disse-me: “Dou-te a minha palavra, nunca vou parar de o fazer.’ E eu acreditei”, recorda a mulher.

“A minha esposa salvou-me a vida. Não deixou os médicos desistissem de mim”, disse ainda Kelly, que foi um dos pacientes em estado mais grave daquela unidade de saúde nova-iorquina.

O norte-americano, que regressou a casa esta quarta-feira, ainda não está recuperado a 100% e, por isso, deixou um alerta para todos aqueles que desvalorizam esta pandemia.

Não desejaria isto a ninguém, portanto, por favor, usem máscara e mantenham o distanciamento social. Nunca parem de lutar. Não importa o quão difícil seja a vida, não desistam”, disse.

Os Estados Unidos ultrapassaram os quatro milhões de infetados e registaram já mais de 143.800 mortos, de acordo com o último balanço feito pela Universidade Johns Hopkins. O país é, em números absolutos, o mais prejudicado pela pandemia de covid-19.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Lar de Reguengos de Monsaraz diz ter feito tudo para salvar vidas

A direção do lar de Reguengos de Monsaraz (Évora) onde surgiu o surto de covid-19 que causou 18 mortos garantiu ter feito “tudo” ao seu “alcance” para “salvar vidas”, nesta “crise” com “contornos dramáticos”. A Fundação …

Israel fecha os olhos e deixa palestinianos cruzarem a fronteira para ir a banhos

As autoridades israelitas têm deixado milhares de palestinianos cruzar a barreira de separação entre os dois territórios para poderem ir às praias. Este foi um fim-de-semana muito especial para Siham e os seus cinco filhos. …

Diabéticos e hipertensos voltam a ter faltas justificadas

Os diabéticos e hipertensos sem condições para desempenharem funções em teletrabalho voltam a ter direito a justificar as faltas ao trabalho devido à pandemia de covid-19, segundo um diploma publicado em Diário da República. “Os imunodeprimidos …

Deputada da Coreia do Sul debaixo de fogo. Usou um vestido no Parlamento

Na semana passada, a deputada sul-coreana Ryu Ho-jeong usou um vestido numa assembleia legislativa, sendo bombardeada com críticas que gerou um debate sobre sexismo e a cultura patriacal do país. De acordo com a CNN, na …

SC Braga oficializa "top gun" Gaitán por duas temporadas

O internacional argentino Nicolas Gaitán assinou um contrato com o Sporting de Braga válido por uma época, com outra de opção, informou esta terça-feira o clube minhoto da I Liga de futebol. Formado no Boca Juniors, …

Vacina russa chama-se "Sputnik V" e foi já pedida por 20 países

A vacina russa contra a covid-19, cujo registo foi esta terça-feira anunciado pelo Presidente, Vladimir Putin, chama-se "Sputnik V", vai começar a ser fabricada em setembro e já foi encomendada por 20 países. De acordo com …

Rui Pinto no Twitter: "Travessia do deserto” terminou mas a “luta continua”

Rui Pinto assumiu que a “árdua e longa ‘travessia do deserto’” chegou ao fim, aludindo à sua libertação, mas avisou que “a luta continua”, pois Portugal “continua um paraíso para a grande corrupção” e branqueamento …

PJ deteve suspeita de atear fogo florestal no Parque Nacional da Peneda-Gerês

A Polícia Judiciária (PJ) de Braga deteve uma mulher de 57 anos suspeita de atear um incêndio florestal registado em 4 de agosto no Parque Nacional da Peneda-Gerês (PNPG), no concelho de Terras de Bouro. Em …

Mais duas mortes e 120 novos casos. Lisboa com 60% dos novos infetados

Portugal regista esta segunda-feira mais duas mortes, 120 novos casos de infeção por covid-19 e 160 curados em relação a segunda-feira, segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS). O número de pessoas internadas é …

Encontrado cadáver com 30 anos em mansão abandonada em Paris

As obras de reforma numa mansão abandonada em Paris tiveram de ser suspensas inesperadamente depois de trabalhadores terem descoberto um cadáver a decompor-se na cave há 30 anos. De acordo com o jornal britânico The Guardian, …