A incrível história do cirurgião que se operou a si próprio para escapar à morte

Vladislav Rogozov / British Medical Journal

Médico soviético Leonid Rogozov após efectuar uma auto-operação para salvar a vida na década de 1960.

Médico soviético Leonid Rogozov após efectuar uma auto-operação para salvar a vida na década de 1960.

Há situações raras e excepcionais que se tornaram marcantes na história da medicina e o caso do médico soviético Leonid Rogozov, que realizou uma cirurgia a si próprio, para escapar à morte, é uma das mais extraordinárias.

O episódio ocorreu na década de 1960, durante uma expedição à Antárctida, e ganhou maior visibilidade em 2009, quando o filho do cirurgião, Vladislav Rogozov, também médico, escreveu sobre a cirurgia executada pelo pai num artigo científico no British Medical Journal.

Tudo começou quando Leonid Rogozov, na altura com 27 anos, começou a perceber que algo de mal se passava com o seu estado de saúde. Náuseas, fraqueza e dores fortes do lado direito do abdómen foram o suficiente para o jovem cirurgião perceber que estava a sofrer uma apendicite aguda.

Uma vez que a viagem de volta ao seu país natal, a Rússia, demorava 36 dias por mar, o médico começou a temer pela própria vida, já que qualquer assistência médica não chegaria a tempo e os sintomas eram cada vez mais intensos.

Viu-se, então, deparado apenas com duas possibilidades: ou não fazia nada e esperava por ajuda, que não viria, ou operava-se a si mesmo.

A escolha não foi fácil. Mas, com a experiência que tinha como cirurgião, e sabendo que o seu apêndice podia rebentar a qualquer momento, Rogozov ganhou coragem e decidiu preparar-se para uma auto-operação, mesmo sem saber se isso seria humanamente possível.

Vladislav Rogozov / British Medical Journal

Médico russo Leonid Rogozov durante a auto-operação.

Médico russo Leonid Rogozov durante a auto-operação.

Através do diário do médico, foi possível tomar conhecimento da cirurgia que se transformou num marco da medicina.

Rogozov elaborou um plano minucioso, distribuindo determinadas tarefas a alguns dos seus colegas, como dois assistentes para lhe passarem os instrumentos e também para segurarem num espelho, de forma a que visse o que estava a fazer através do reflexo. Instruiu-os, também, para saberem como proceder caso começasse a perder a consciência.

“Pobres dos meus assistentes! No último minuto, olhei para eles. Estavam ali em pé, a vestir as suas roupas cirúrgicas brancas, mais brancos do que o branco das roupas. Eu também estava com medo. Mas quando peguei na agulha com a novocaína e fiz a primeira injecção, de alguma forma entrei no modo cirurgião; e daquele ponto em diante não notei mais nada”, escreveu Rogozov no seu diário.

A cirurgia, que durou cerca de duas horas, não se revelou fácil, sobretudo no final, quando o médico começou a perder a consciência. Porém, conseguiu ter sucesso até ao fim, mesmo com um pequeno percalço.

“O sangramento é forte, mas vou devagar… Ao abrir o peritónio, feri a víscera e tive de costurá-la”, relata no diário o médico.

Depois de concretizar o feito impressionante, só descansou após a sala e os instrumentos estarem completamente limpos. Duas semanas depois, voltou à sua rotina diária, totalmente recuperado.

Quando voltou à Rússia, Leonid Rogozov foi recebido como um verdadeiro herói nacional e o seu feito inspirou os grandes líderes a utilizarem-no como arma de propaganda soviética. No entanto, o cirurgião quis manter-se discreto, continuando com o seu trabalho habitual.

O seu nome fica registado na História pelo seu forte contributo para a medicina, revolucionando a política de exames prévios e também o aperfeiçoamento de técnicas cirúrgicas.

ZAP // Move

RESPONDER

Bacterias Gram-negativas de Legionella pneumophila

Vítimas do surto de Legionella vão processar o Estado

A associação de apoio às vítimas do surto de legionella de Vila Franca de Xira está inconformada com a acusação do Ministério Público e vai requerer a abertura de instrução e avançar com uma ação …

The Big Bend

Nova Iorque vai ter um incrível arranha-céus em forma de U

O horizonte de Nova Iorque está prestes a receber um dos prédios mais inovadores do mundo. Planos para a construção do primeiro arranha-céu em forma de U do mundo foram oficialmente revelados, e serão um …

O Sol, observado pelo Solar Dynamics Observatory, da NASA, nos dias 27 de Fevereiro e 20 de Março

O Sol está há 3 semanas sem manchas solares

O nosso Sol pode parecer um ponto perfeito de luz intensa, mas raras vezes o é... como tem acontecido nas últimas semanas, em que não têm sido visíveis quaisquer manchas solares. A nossa estrela é bastante …

-

Biquínis enfeitiçados: marca cria coleção inspirada nas princesas da Disney

Com o verão a chegar, a Enchanted acaba de lançar uma nova linha de roupa de banho. A nova colecção de biquínis é inspirada nas princesas da Disney.  A loja e marca de roupa de banho …

Marine Le Pen em comício da Frente Nacional durante a campanha para as presidenciais francesas

Marine Le Pen diz que se ganhar as eleições a União Europeia vai morrer

A candidata da extrema-direita francesa Marine Le Pen afirmou este domingo que se for eleita presidente da França a União Europeia (UE) "vai morrer", porque "as pessoas já não a querem". As afirmações da candidata presidencial …

-

Trump não para de mexer em coisas nas reuniões (entre outras desordens mentais)

O estado mental do novo presidente dos Estados Unidos tornou-se um agitado tema de discussão nas redes sociais, nos meios de comunicação - e até no seio da comunidade científica norte-americana. "Eu não sei o que …

-

Bloco quer preparar com urgência o país para a saída do Euro

A coordenadora do Bloco de Esquerda defendeu hoje a urgência de preparar o país para a saída do euro, rejeitando que Portugal fique "no pelotão da frente" de uma Europa que "caminha para o abismo". Em …

O que poderá ser o novo super-carro McLaren BP23, tal como imaginado pela Autocar

Novo McLaren BP23 vai custar 2,3 milhões de euros

Apesar do seu preço exorbitante, todos os 106 unidades que serão produzidas estão já reservadas por clientes que, além de um sinal de cinco dígitos, tem de já ter hoje em casa, pelo menos, um …

-

Tribunal egípcio condena 56 pessoas por naufrágio que vitimou emigrantes

O Tribunal Penal de Rashid, no Egito, condenou hoje 56 pessoas a penas de dois a 13 anos de prisão pelo naufrágio de um barco que provocou a morte de 203 emigrantes em setembro passado, …

-

Físicos provam que é impossível arrefecer um objecto a zero absoluto

Os físicos Lluís Masanes e Jonathan Oppenheim, da Universidade College London, no Reino Unido, derivaram a terceira lei da termodinâmica a partir dos primeiros princípios. Em janeiro, físicos do Instituto Nacional de Padrões e Tecnologia dos EUA …