Com o país em emergência, “imagem bélica” da PSP gera “medo” e críticas

“Fique em casa, nós cuidamos da sua rua”. É com esta mensagem, a par de um agente que segura uma espada ao ombro, que a PSP está a incentivar os portugueses a cumprirem o Estado de Emergência que foi decretado pelo Governo, para fazer face à pandemia de coronavírus. O PCP critica o que define como “imagem bélica” e há quem assuma que a fotografia lhes provoca “medo” e “intimidação”.

A imagem foi publicada no perfil do Facebook da PSP como forma de incentivar as pessoas a ficarem em casa, durante o Estado de Emergência decretado pelo Governo.

O PCP já veio criticar a campanha da PSP, considerando que recorre a uma “imagem agressiva, quase bélica“, como refere o deputado António Filipe numa pergunta enviada ao Ministério da Administração Interna (MAI).

“A imagem de uma formação cujo comandante exibe uma espada desembainhada e onde se afirma que a PSP toma conta das ruas não é a forma mais adequada de uma Força de Segurança democrática se apresentar perante os seus concidadãos e não corresponde à relação de facto existente entre a PSP e a sociedade portuguesa”, aponta o deputado comunista.

“Particularmente numa situação de declaração de Estado de Emergência, é fundamental que seja transmitida uma imagem das Forças de Segurança que não as apresente como uma ameaça para os cidadãos, mas como uma instituição com que os cidadãos se identifiquem e em quem possam confiar”, acrescenta António Filipe, perguntando ao MAI se “não considera aconselhável que a PSP transmita uma imagem mais positiva do que a que consta actualmente da sua página da rede social Facebook”.

Na publicação feita pela PSP naquela rede social, vários utilizadores criticam também a imagem, considerando que gera sentimentos de “medo” e de “intimidação”.

“Publicar uma imagem destas a seguir ao anúncio de Estado de Emergência nacional não enaltece a imagem da PSP nem tranquiliza ninguém”, repara a utilizadora do Facebook Dulce Lemos, enquanto outra utilizadora que assina Sara David Lopes considera a foto “muito intimidante”.

“Numa altura de emergência nacional, acho que a PSP devia transmitir uma imagem de apoio à população e não de intimidação. Estamos em Estado de Emergência, não num estado policial”, acrescenta a utilizadora Silvia Di Marco, concluindo logo de seguida que o “Rambo pode ficar na selva”.

“Já basta a ansiedade e o medo que estamos a viver”, diz ainda a utilizadora Cristina Sá Valentim, enquanto Maurício Pereira questiona se a PSP pretende “incutir mais medo”.

O utilizador Bruno Martins diz que fala não só como cidadão, “mas como psicólogo, com alguma experiência no impacto das mensagens” e conclui que a campanha da PSP “é de uma profunda irresponsabilidade“. “Precisamos de mensagens positivas, são elas que apelam mais ao sentido de comunidade e empatia”, aconselha.

“Como cidadã devia sentir-me protegida, mas esta imagem só me dá medo e faz-me sentir ameaçada por aqueles que me deveriam dar protecção e porto seguro”, aponta a utilizadora Anibur Siog, enquanto Joana Fins refere que, quando tiver de ir ao hospital buscar medicação, espera ver se não leva “umas chapadas”.

Já a utilizadora Dalila Teixeira, num tom mais descontraído, pergunta se a espada “faz parte do equipamento de protecção contra o vírus“.

Por outro lado, também há quem apoie a campanha da PSP, considerando que a imagem forte é essencial perante a seriedade do momento e a importância de cumprir o Estado de Emergência.

É necessário autoritarismo e recorrer à força para controlar o mentecapto e indisciplinado povo português”, considera o utilizador Afonso Costa que fala de uma “excelente campanha” e que pede que “passem da imagem e campanha para a acção o mais amiúde possível e sempre que indispensável”. “Uma pessoa sai para fazer compras e vê uma data de gunas na esplanada, idosos a passear e gentes a namoriscar e a andar aos pares, em plena execução do Estado de Emergência”, queixa-se este utilizador do Facebook.

“Os tempos são de facto muito sombrios, e imagens fofinhas a partir de agora só no Portugal dos pequenitos”, conclui, por seu turno, o utilizador Delfim C. Carreira.

GNR apela ao coração

A GNR também divulgou um vídeo, onde apela aos portugueses para ficarem em casa. “Agora que o trabalho deixou de ser prioritário, as viagens e o lazer também, dedique o seu tempo ao que realmente importa“, aponta a força de segurança, apelando às emoções e ao amor pela família e realçando o sentido de dever dos agentes da Guarda. “Juntos vamos conseguir”, finaliza a GNR.

SV, ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. imagem belica?????? WHAT THE FUCK???
    isto é só artistas a sacar postas de pescada!
    A POLICIA TEM DE MOSTRAR UMA POSTURA DE FORÇA, PONTO!

  2. Grandes “filmes” fazem as cabecinhas mais limitadas!!
    Que medo da PSP – esses bandidos que andam por aí a intimidar cidadãos de bem!…
    Enfim….

  3. Papel Fantástico que as Forças de Segurança estão a desempenhar em todo o país, devemos estar gratos e não andar com lamurias imbecis por causa de imagens.
    UM GRANDE OBRIGADO À PSP E À GNR.

RESPONDER

Nicotina contribui para cancro do pulmão formar metástases no cérebro

A nicotina, uma substância não carcinogénica presente no tabaco, contribui para que o cancro no pulmão se dissemine no cérebro, formando metástases, concluiu um estudo publicado na revista Journal of Experimental Medicine. Uma equipa de investigadores …

Nas montanhas suíças, há quartos de hotel sem paredes nem teto

Dois artistas concetuais suíços criaram sete "quartos de hotel" ao ar livre, sem paredes nem teto, mas com vistas para as montanhas da Suíça e de Liechtenstein. A dupla suíça, os irmãos gémeos Frank e Patrik …

Risco de segunda vaga de covid-19 é alto em França

Um estudo publicado esta sexta-feira revela que a chamada "imunidade de grupo" está longe de ser alcançada em França. O risco de uma segunda vaga de covid-19 em França é "extremamente elevado", de acordo com um …

Desvendado mistério das cartas censuradas entre a rainha Maria Antonieta e o seu suposto amante

A natureza da relação entre a rainha Maria Antonieta e o conde sueco Axel de Fersen continua a intrigar os historiadores há mais de um século. Eram realmente amantes? Agora, graças a uma nova análise …

Ministra do Madagáscar afastada por querer gastar 1,8 milhões em rebuçados para disfarçar sabor de "Covid-Organics"

A ministra da Educação do Madagáscar foi destituída esta quinta-feira, depois de ter proposto gastar 1,8 milhões de euros em rebuçados, para distribuir em escolas e atenuar o sabor de uma infusão para a covid-19. A …

Santa Clara 3-2 SC Braga | Açorianos estreiam-se na nova casa com vitória sobre os minhotos

O Santa Clara venceu hoje o Sporting de Braga por 3-2, em jogo da 25.ª jornada da I Liga de futebol em que se assinalou também a estreia da Cidade do Futebol como palco de …

O maior e mais antigo monumento Maia já conhecido foi descoberto no México

O maior e mais antigo monumento já conhecido construído pela civilização Maia, batizado como Aguada Fénix, foi encontrado no sudeste do México. De acordo com o site New Scientist, o Aguada Fénix é uma enorme …

Twitter bloqueia vídeo de campanha de Donald Trump com tributo a George Floyd

O Twitter bloqueou um vídeo de tributo a George Floyd feito pela campanha de reeleição do Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. A rede social colocou um rótulo no vídeo da página da conta @TeamTrump, dizendo …

Depois da covid-19, poder haver uma outra doença respiratória à nossa espera

Com o desconfinamento, vamos gradualmente regressando ao normal, mas agora possivelmente com um novo inimigo. A doença dos legionários pode estar escondida nos edifícios que deixamos para trás. Surtos globais de coronavírus forçaram o encerramento de …

Apple está a seguir iPhones roubados das lojas durante os protestos nos EUA

Os iPhones que têm sido roubados das lojas da Apple durante os protestos contra a violência policial, nos Estados Unidos, foram desativados e estão a ser seguidos pela empresa. De acordo com a revista Newsweek, as …