Governo das Ilhas Salomão quer banir o Facebook para preservar a União Nacional

O Governo das lhas Salomão quer banir temporariamente a rede social Facebook numa tentativa de combater o cyberbullying e a difamação, alegando que a plataforma está a “minar” a União Nacional.

A decisão, que já está a gerar uma onda de críticas, foi anunciada a semana passada pelo primeiro-ministro das Ilhas Salomão, Manasseh Sogavare, que detalhou que a proibição não entrou ainda em vigor e pretende visar apenas os jovens.

O governante rejeitou a ideia de que a medida visava silenciar os jovens do país, insistindo que o objetivo da medida passa por protegê-lo da linguagem “abusiva” e “vil” do online.

O cyberbullying no Facebook é generalizado, as pessoas são difamadas por utilizadores que usam nomes falsos e a sua reputação, que foi construída ao longo dos anos, [é destruída] numa questão de minutos”, disse Sogavareo, citado pela revista Vice.

“Temos o dever de cultivar a unidade nacional e a feliz coexistência de nosso povo … [e o Facebook] está a minar os esforços para unir este país”, insistiu.

O líder da oposição considerou a iniciativa “patética”.

“Setenta por cento da nossa população tem menos de 30 anos (…)  e esse é o grupo que tem alta visibilidade nas redes sociais, especialmente no Facebook (…) Isto é realmente patético. As razões apresentadas para a proibição não são suficientemente importantes”, disse Matthew Wale, em declarações ao ABC.

A proposta em causa só será aplicada até que o Governo consiga aprovar nova legislação para controlar o comportamento dos utilizadores do Facebook.

No entanto, frisa a mesma revista norte-americana, não é ainda claro como é que a proibição irá funcionar, estando as autoridades das comunicações a reunir com os provedores da Internet e telecomunicações para discutir detalhes técnicos.

 

A iniciativa surge poucas semanas depois de terem sido publicados no Facebook documentos que revelam como é que o Governo das Ilhas Salomão gastou os fundos da covid-19 para a recuperação económica.

A exposição dos documentos gerou críticas ao plano do Executivo.

As Ilhas Salomão não são a primeira nação do Pacífico Sul a considerar proibir a utilização do Facebook em território nacional, tendo os líderes da Fiji, Samoa e Papua Nova Guiné ameaçando fazer o mesmo nos últimos anos.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

"Liberdade para a Dinamarca". Novos incidentes em manifestação contra restrições

Uma manifestação contra as restrições impostas para conter a pandemia, organizada por um grupo radical, em Copenhaga, originou novos incidentes na noite de sábado e resultou em cinco detenções, relataram a polícia e os meios …

Pela primeira vez, um restaurante vegan ganha uma estrela Michelin em França

Um restaurante de comida totalmente vegan em França foi o primeiro do país a receber a desejada estrela Michelin. Localiza-se perto de Bordéus. A concessão da estrela ao ONA (Origine Non-Animale) é mais uma evidência de …

Onze mineiros resgatados com vida de uma mina de ouro na China

Onze mineiros presos há duas semanas dentro de uma mina de ouro na China, devido a uma explosão, foram hoje trazidos em segurança para a superfície, informou a televisão estatal chinesa. No dia 10 de janeiro, …

Multimilionário oferece 1 milhão em prémios por evidências de vida após a morte

Um empresário de Las Vegas, nos Estados Unidos, está a oferecer um milhão de dólares em prémios em troca de evidências de que existe vida após a morte. O investidor imobiliário e empresário espacial Robert Bigelow, …

Marcelo reeleito com 55% a 62% dos votos. Ana Gomes em segundo lugar

Marcelo Rebelo de Sousa foi reeleito para um segundo mandato como Presidente da República, após vencer as eleições deste domingo com 55% a 62% dos votos.  Segundo as primeiras projeções, Ana Gomes deverá ficar em …

Itália vai processar Pfizer e AstraZeneca devido a atrasos nas vacinas. UE pede "transparência"

A Itália vai processar a Pfizer Inc e a AstraZeneca devido aos atrasos na entrega das vacinas contra a covid-19 e para garantir os fornecimentos – não para obter compensações, disse neste domingo o ministro …

Declínio cognitivo relacionado com a idade pode ser reversível

Cientistas conseguiram reverter em ratos o declínio cognitivo causado pelo envelhecimento. O objetivo dos investigadores é que as farmacêuticas baseiem-se neste estudo para criar um composto que possa ser administrado em humanos. As células específicas do …

Afluência às urnas é menor (mas há mais votantes). Abstenção deverá ficar entre os 56 e 60%

A afluência às urnas às 16:00 nas presidenciais de hoje em Portugal, 35,4%, é a segunda mais baixa desde as eleições de 2006, ano em que este número passou a ser divulgado pela administração eleitoral. Esta …

Reino Unido já vacinou quase 6 milhões. Alemanha aumenta controlo nas fronteiras

O Reino Unido já administrou a primeira das duas doses da vacina contra o novo coronavírus em cerca de seis milhões de pessoas, quando o número de mortes no país devido à pandemia está perto …

Polícia desmantela rede de tráfico internacional de armas (e descobre santuário dedicado a Hitler)

Em dezembro, as autoridades espanholas conseguiram desmantelar uma rede ilegal de armas que operava em toda a Europa, e acabou por capturar os traficantes. O que a polícia não esperava era encontrar um armazém cheio …