Ilha de Santa Maria está a erguer-se do fundo do mar

Carlos Luis M C da Cruz / wikimedia

Ilha de Santa Maria, Açores

A ilha de Santa Maria, a mais antiga dos Açores, é a única no arquipélago que está a subir relativamente ao fundo do mar, um “fenómeno raro em ilhas oceânicas”, concluiu uma investigação liderada pela Universidade dos Açores.

“O que os nossos dados indicam é que Santa Maria subiu nos últimos 3,5 milhões de anos uma média de 60 metros por cada milhão de anos, o que dá seis metros em 100 mil anos, 60 centímetros em dez mil anos e seis centímetros por cada mil anos”, afirmou, em declarações à agência Lusa, o investigador da academia açoriana Sérgio Ávila.

O biólogo marinho e especialista em moluscos marinhos, docente no departamento de Biologia da Universidade dos Açores, lidera há vários anos uma equipa de investigação multidisciplinar que se dedica ao estudo da evolução geológica da ilha de Santa Maria, com 6,1 milhões de anos.

Segundo Sérgio Ávila, a ilha de “Santa Maria é uma caixinha de surpresas“, que tem permitido aos investigadores obter “muitos dados e novidades científicas”, que são depois dadas a conhecer ao mundo através de artigos científicos publicados em revistas internacionais de geologia ou paleontologia.

Para o investigador, a “única explicação razoável” para este “fenómeno raro em ilhas oceânicas” tem a ver com o facto de a “lava que vem das profundidades da crosta oceânica a uma determinada altura não conseguir chegar à superfície, e essas acumulações de magma criam uma espécie de calço debaixo da ilha, fazendo-a levantar”.

“Santa Maria é um caso muito curioso, que é raro em ilhas oceânicas. Está documentado em outras ilhas, como por exemplo em Cabo Verde, mas no caso dos Açores, Santa Maria é a única ilha que tem essa história geológica particular”, adiantou o investigador, revelando que a sua equipa tem publicado uma média de dez artigos científicos por ano.

Esta semana foi publicado na revista norte americana Eos, dedicada às ciências da terra, um artigo sobre Santa Maria, dando conta de que a ilha inverteu o movimento de descida e começou a soerguer-se dos fundos oceânicos que a rodeiam.

Santa Maria “já foi ilha duas vezes” (a primeira desapareceu)

Sérgio Ávila destacou que Santa Maria é um “caso muito particular”, porque “já foi ilha duas vezes”, sendo que a primeira desapareceu devido à ação de erosão marinha, dando origem a um monte submarino de grandes dimensões.

“Durante cerca de um milhão de anos a ilha foi totalmente arrasada e desapareceu. Só reapareceu a segunda ilha por reativação da atividade vulcânica“, explicou Sérgio Ávila, acrescentando que a primeira ilha de Santa Maria “afundou-se a uma taxa média de cerca de 100 metros por cada milhão de anos”.

A história geológica e a história dos fósseis da ilha de Santa Maria pode ser vista num vídeo, com duração de cerca de 15 minutos, na Casa dos Fósseis, em Vila do Porto, ilha de Santa Maria, infraestrutura que abriu ao público em setembro deste ano para promover e divulgar “o rico espólio e património geológico e paleontológico de Santa Maria.

/ Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Novo ano letivo marcado pelo recorde de pedidos de bolsas de estudo no superior

Número crescente de alunos e perda de rendimentos das famílias são duas das razões apontadas para os pedidos recorde. O ano letivo 2021/22 ainda agora arrancou, mas já está a bater recordes no que respeita aos …

Urgências em Lisboa estão cheias. Situação pode piorar nas próximas semanas

As urgências do Hospital de Santa Maria, em Lisboa, e do Hospital Beatriz Ângelo, em Loures, estão em situação crítica, com tempos de espera elevados. A situação de calamidade multiplica-se em vários hospitais do país, de …

Portugal já tem 86% da população totalmente vacinada contra a covid-19

A vacinação completa contra a covid-19 abrange já 86% da população portuguesa e são já mais de nove milhões de pessoas as que têm pelo menos uma dose da vacina, de acordo com os dados …

Direção do CDS desautoriza Telmo Correia e defende eleições "o mais brevemente possível"

A direção do CDS-PP não gostou de ouvir o líder parlamentar dizer que a melhor altura para realizar eleições legislativas seria no final de janeiro ou fevereiro. Depois de uma reunião com o presidente da Assembleia …

Órban e Le Pen apoiam a Polónia e criticam "imperialismo" da UE

O primeiro-ministro húngaro, Viktor Órban, e a líder da União Nacional (RN, na sigla em francês), Marine Le Pen, manifestaram esta terça-feira apoio à Polónia no conflito que mantém com a UE, a qual acusam …

Após goleada frente ao Bodø/Glimt, Mourinho põe de lado quatro jogadores

Em duas convocatórias consecutivas, José Mourinho deixou de fora quatro futebolistas que participaram na derrota por 6-1 frente ao Bodø/Glimt. Naquela que foi a maior derrota de sempre da carreira de José Mourinho, o Tottenham perdeu …

O que cai e o que fica: as medidas que o chumbo do OE deita por terra e as que permanecem

O grosso das medidas previstas na proposta de Orçamento do Estado para 2022 não deverá sair do papel. As aprovadas em Conselho de Ministros, por sua vez, manter-se-ão viáveis, já foram discutidas fora da sede …

Truque permite que o Orçamento não seja votado esta quarta-feira

Há um mecanismo que, se for acionado, permite que o Orçamento do Estado para 2022 sobreviva mesmo que não seja votado. O Orçamento do Estado para 2022 pode baixar à comissão sem votação. Este mecanismo, nunca …

Conceição reconhece supremacia do Santa Clara e admite culpa na derrota

O treinador do FC Porto, Sérgio Conceição, reconheceu que o Santa Clara foi superior e diz-se culpado pela derrota pesada que deixa o clube fora da Taça da Liga. O FC Porto está fora da Taça …

"Vechtpartij", quadro de Jan Steen.

Antigos jogos de bebida acabavam em vinho derramado e esfaqueamentos

Hoje vistos como jogos de diversão para jovens, na antiguidade, os drinking games (jogos de bebida) eram comuns em toda a sociedade — e, por vezes, terminavam mal. O kottabos era um antigo jogo de bebida …