Identificado pela primeira vez o “gene do desmaio”

O calor, a desidratação e a ansiedade podem levar as pessoas a desmaiar, algo que pode mesmo ser fatal se acontecer durante a condução. Agora, uma equipa de cientistas está mais perto de conseguir explicar o fenómeno.

Analisando uma plataforma que contém informações de saúde acerca de, aproximadamente, 400.000 britânicos, uma equipa de cientistas conseguiu identificar as variantes genéticas associadas ao desmaio. Os investigadores analisaram sistematicamente milhões de variantes dos genomas dos participantes.

“Descobrimos que uma parte do cromossoma 2 aumenta o risco de desmaio. Isto significa que há uma variante de risco genético que predispõe as pessoas ao desmaio. Além disso, a nossa equipa é a primeira a mostrar que o desmaio é determinado geneticamente pela associação de um aumento de risco de desmaio com uma posição exata no genoma”, explica Morten Salling Olesen, professor do departamento de ciências biomédicas da Universidade de Copenhaga, na Dinamarca.

Todos nós temos 23 cromossomas, ou seja, um total de 46 cromossomas em cada célula. A variante genética que os cientistas identificaram está no cromossoma 2. Na prática, uma pessoa pode ter uma, duas ou nenhuma variável de risco no cromossoma 2.

Cálculos estatísticos mostram que se a variante de risco for encontrada em ambas as versões no cromossoma em questão, a pessoa tem 30% maior risco de desmaio, em comparação com as pessoas que não têm nenhuma das variantes.

Análises posteriores mostraram que a variante de risco para síncope determina a extensão em que um determinado gene no cromossoma 2 é expresso. Os cientistas acreditam que essa desregulação do gene é provavelmente o que aumenta o risco de desmaio, avança o Futurity.

Além disso, a equipa descobriu que as mulheres com menos de 35 anos desmaiam, aproximadamente, duas vezes mais do que os homens com idade inferior a 35 anos. No entanto, a causa é ainda desconhecida.

“Se é uma mulher e tem a variante de risco em ambos os cromossomas no par cromossómico número 2, tem um risco aproximadamente três vezes maior de desmaiar comparado aos homens que não carregam a variante de risco”, sintetiza Olesen.

A crença comum é a de que o desmaio é causado pela falta de sangue e oxigénio para o cérebro, o que resulta numa perda total de consciência a curto prazo. Existem vários tipos de síncope, sendo os mais frequentes a síncope vasovagal.

Acredita-se que entre 20 a 30% da população desmaie, pelo menos, uma vez na vida. O gene identificado pelos cientistas é o ZNF804A. A equipa ainda não sabe exatamente que tipo de síncope o gene predispõe, mas acredita que o gene afeta alguns dos reflexos que fazem com que as pessoas desmaiem.

A questão que ainda paira no ar é se o componente hereditário é o mesmo para todos os tipos de síncope. “Acreditamos que o gene que identificamos predispõe à síncope vasovagal, que é o tipo mais comum de síncope. Mas ainda não sabemos. Precisamos de estudar o gene em detalhe”, afirma o autor do estudo, publicado na Cardiovascular Research.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Guardas da Revolução do Irão prometem vingar morte do general Soleimani

O chefe dos Guardas da Revolução, o exército ideológico do Irão, garantiu hoje que a morte do general Qassem Soleimani, alvo de um raide aéreo dos Estados Unidos, será vingada em “todos os seus implicados”. “Senhor …

"O mundo está no momento mais perigoso da história humana", diz Noam Chomsky

O professor norte-americano Noam Chomsky, conhecido como o pai da linguística moderna, advertiu que o mundo está no momento mais perigoso da história da humanidade devido à crise climática, à ameaça de guerra nuclear e …

Portugal com 849 novas infecções por covid-19. Há 20.722 casos activos

Portugal registou 849 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas, mantendo-se a tendência de subida verificada nos dias anteriores. Mas o número de pacientes recuperados também não era tão alto desde Julho. O boletim da …

A Grândola Vila Morena abafou "a maior marcha alguma vez vista" do Chega

Com a Praça do Giraldo, em Évora, dividida por barreiras anti-motim, os participantes da concentração "Pela Liberdade" receberam os apoiantes do Chega de André Ventura ao som de "Grândola Vila Morena" e empunhando cravos vermelhos …

Pandemia assola Irão. EUA com mais 888 mortos. 19 países europeus bateram recorde de casos

Naquele que é o número mais elevado de casos diários desde abril, a Alemanha registou 2.297 novos contágios, 19 países europeus já ultrapassaram o recorde de casos do pico da pandemia. O Irão ultrapassou as …

Rangel "é um turista do carago". SMS atestam que Vieira usou Benfica em "benefício pessoal"

Luís Filipe Vieira é um dos acusados da Operação Lex, com o Ministério Público (MP) a alegar que o presidente do Benfica utilizou o clube em "benefício pessoal" para obter uma cunha do juiz Rui Rangel. O …

Farmácias em risco de não ter vacinas da gripe para tantos pedidos

As farmácias privadas receiam não ter doses suficientes de vacina contra a gripe para dar resposta a todos os pedidos. As encomendas da vacina já sãocinco vezes mais do que as registadas em 2019. A preocupação …

É responsabilidade a mais. Médicos não querem integrar Brigadas Rápidas dos lares

Está a ser difícil contratar médicos para as Brigadas de Intervenção Rápida dos lares que foram anunciadas pelo Governo. Mesmo a receberem acima da tabela de pagamentos, os médicos receiam a falta de condições e …

Restrições a turistas suavizadas. Finlândia tenta salvar a Lapónia (e a época de inverno)

A Finlândia, que vê o turismo estrangeiro em perigo na Lapónia, permite a partir de hoje a entrada de turistas de cerca de vinte países sem terem de fazer quarentena. As medidas surgem numa altura em …

"Foi uma vergonha". PS em choque com saída de Jamila e com o poder de Temido

A saída de Jamila Madeira do cargo de secretária de Estado Adjunta e da Saúde, a pedido da ministra Marta Temido, deixou alguns socialistas "arrepiados" e há um desconforto interno com a situação. É mais …