Os humanos estão a pôr em causa a alimentação dos animais predadores

Os animais predadores que vivem perto de humanos estão a obter metade dos alimentos supostos e isso pode ser muito prejudicial, referem investigadores americanos.

De acordo com um novo estudo publicado no jornal Proceedings of the National Academy of Sciences no dia 12 de outubro, esta falha na alimentação dos animais predadores pode causar vários problemas, sendo um deles o conflito entre humanos e carnívoros.

Segundo Philip Manlick e Jonathan Pauli, da Universidade de Wisconsin-Madison, no reino animal a coexistência depende do controlo do espaço, tempo e recursos para limitar a competição entre as espécies. Os especialistas defendem que a divisão de recursos é muito importante e tem implicações nos ecossistemas dominados pelos predadores.

Para perceber melhor as implicações da presença de humanos num espaço que deveria ser destinado a animais, a dupla de especialistas investigou as dietas de sete espécies de predadores, incluindo linces, coiotes, pescadores, raposas vermelhas, martas e lobos cinzentos.

Com a ajuda de outros investigadores e caçadores experientes, a equipa reuniu amostras de ossos e cabelos de 684 carnívoros em sete comunidades diferentes, abrangendo áreas selvagens intocadas, como parques nacionais protegidos, quintas e áreas urbanas.

Como os alimentos deixam pegadas de carbono diferentes, a análise isotópica das amostras de ossos pode revelar o que os animais comeram. Por exemplo, as dietas humanas são ricas em milho e açúcar.

“Os isótopos são relativamente intuitivos: tu és é o que tu comes”, explica Manlick. Os resultados mostraram uma “resposta forte e consistente à perturbação humana”. Mais de 25% da dieta média dos animais predadores consistia em alimentos humanos nas regiões mais afetadas, embora isso também variasse tendo em conta a espécie.

Alguns carnívoros radicais, como os linces, comeram menos comida humana em comparação com outras espécies, como é o caso dos coiotes, raposas, pescadores e martas, sendo que 50% de sua dieta era baseada em alimentos humanos. Segundo os especialistas, estes predadores são os mais abundantes a nível global, e têm funções ecológicas vitais.

Como refere o Cosmos, a dependência dos animais por comida humana pode aumentar a sua vulnerabilidade ao ataque humano e criar mais conflitos entre carnívoros, aumentando a sobreposição para competir por comida humana em comparação com a presa.

Esta situação pode causar alterações na forma como os animais caçam, afetando a dinâmica predador-presa e potencialmente o ecossistema mais amplo, algo que a equipa de investigadores sugere que os ecologistas e biólogos precisam perceber melhor à medida que os humanos continuam a expandir-se.

  ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, em conferência de imprensa

À 25.ª hora, não se esperam golpes de magia. O fim do que restava da geringonça está praticamente consumado

A corda já não estica: nem para o lado do Governo, nem para a outrora enamorada esquerda. Todos batem o pé na reta finalíssima e a vigésima quinta hora não parece trazer novidades. "Tudo tem um …

Segundo mandado de detenção de Rendeiro poderá ser anulado

O ex-líder do Banco Privado Português (BPP) tem dois mandados de captura internacional, sendo que um deles pode vir a ser anulado. Segundo o jornal online Observador, foi o próprio Ministério Público (MP) que pediu ao …

Novo estudo mostra de que forma a covid-19 pode danificar as células cerebrais

O estudo é a primeiro a demonstrar de que forma o vírus SARS-CoV-2 pode atingir diretamente as células do cérebro. Os investigadores descobriram que as células vasculares que compõem a barreira hematoencefálica podem ser destruídas pelo …

E se o Orçamento chumbar? Costa não se demite - e o Governo ainda pode aprovar “diplomas fundamentais”

O primeiro-ministro já esclareceu que não tenciona demitir-se em caso de chumbo do Orçamento do Estado 2022, mas a sua governação ficará limitada. Na possibilidade de haver um chumbo do Orçamento do Estado, Marcelo Rebelo de …

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro

YouTube suspende conta de Bolsonaro por desinformação

Presidente do Brasil é já reincidente na divulgação de notícias falsas sobre a pandemia (tendo já sido alertado antes), pelo que a plataforma avançou de imediato para a suspensão dos seus canais oficiais. O Youtube suspendeu …

Conselho de Ministros acabou em silêncio. Governo só fala esta terça-feira, no Parlamento

Conselho de Ministros extraordinário convocado por António Costa após ser conhecido o sentido de voto do PCP relativamente ao Orçamento do Estado para 2022 durou mais de duas horas, mas terminou sem declarações oficiais. O primeiro-ministro …

Descobertos antigos vestígios de vida envoltos em rubi com 2,5 mil milhões de anos

Um equipa de investigadores da Universidade de Waterloo descobriu resíduo de carbono que já foi uma vida antiga. Estava envolto num rubi com 2,5 mil milhões de anos. Ao analisar algumas das pedras preciosas coloridas mais …

O Sistema Solar pode estar cercado por um túnel magnético

O Sistema Solar pode estar rodeado por um túnel magnético. Cientistas sugerem que as estruturas brilhantes, em lados opostos do céu, estejam interligadas à nossa volta, a 350 anos-luz de distância. Jennifer West, investigadora do Instituto …

O volátil, inóspito e sufocante Vénus pode afinal ter oceanos de água debaixo da crosta

Devido à elevada temperatura da atmosfera de Vénus, caso a crosta se abrisse, os oceanos de água transformar-se-iam imediatamente em vapor. Conhecido por ser um planeta com uma atmosfera quente e sufocante de dióxido de carbono …

Mais de mil ovelhas e cabras tomaram conta das ruas de Madrid (por um bom motivo)

Mais de mil ovelhas e cabras encheram as ruas de Madrid, este domingo, a propósito do tradicional Festival da Transumância, que foi cancelado no ano passado devido à pandemia da covid-19. De acordo com a agência …