A Humanidade está a 30 anos da vida eterna

A imortalidade e a vida eterna são conceitos com que a humanidade actual só pode sonhar, mas o futurologista Ian Pearson acredita que a ciência conseguirá torná-los realidade até 2050.

A morte por velhice poderá brevemente ser um conceito ultrapassado. “Se tiver menos de 40 e estiver a ler este artigo, provavelmente não morrerá – a menos que apanhe uma doença má”, diz o futurologista, engenheiro e inventor Ian Pearson ao The Sun.

Parece ser uma mera ideia utópica, mas Pearson tem várias sugestões de técnicas e procedimentos que a podem transformar em realidade.

Renovar partes do corpo

Os cientistas têm procurado, desde há algum tempo, métodos de renovação de tecidos, de órgãos e até mesmo de sistemas inteiros através da engenharia genética, o que pode prevenir, e até reverter o envelhecimento celular.

Pearson acredita que a breve prazo, graças ao uso da biotecnologia e técnicas avançadas de medicina, será possível “continuar a renovar o corpo e a rejuvenescê-lo“. “Ninguém quer viver para sempre aos 95 anos de idade, mas se se puder renovar o corpo para os 29 ou 30, talvez se queira pensar nisso”, constata o cientista.

Viver dentro de um ciborgue

Outra metodologia que pode contribuir para a imortalidade humana passa por uma teoria da ficção científica (pelo menos, para já), que prevê uma espécie de backup da mente, que seria mantido numa cloud e carregado para um corpo robótico.

Este ciborgue poderia, num futuro próximo, ter todas as necessidades fundamentais dos seres humanos, como comer, dormir, ir à casa de banho, entre outras, vaticina Pearson. De resto, para completar o quadro futurologista, seria possível construir um modelo de andróide personalizado.

“Muito tempo antes de conseguirmos corrigir os nossos corpos e de os rejuvenescer sempre que nos apetecer, seremos capazes de ligar as nossas mentes ao mundo das máquinas de forma tão perfeita que estaremos, efectivamente, a viver na cloud“, prevê o futurologista.

“A mente estará, basicamente, na cloud e será capaz de usar qualquer andróide para viver no mundo real”, acrescenta na mesma entrevista ao The Sun.

Pearson acredita que, daqui a 50 anos, será possível alugar um andróide em qualquer parte do mundo “tal como se aluga um carro”, descarregando a nossa mente para os seus circuitos neurais.

Num cenário como este, mesmo que o nosso corpo morresse, continuaria a ser possível usar a mente, que estaria armazenada num computador, e, logo, a viver através de robôs aperfeiçoados para se parecerem com os humanos.

Pearson dá o exemplo das bonecas sexuais hiper-realistas que estão a ser desenvolvidas por algumas empresas para vaticinar que, em 30 anos, serão “extremamente semelhantes aos humanos”.

A tecnologia poderá ser aplicada ao qualquer outro tipo de robô, nota o cientista.

Imortalidade num mundo virtual

O futurologista apresenta ainda outra teoria que assenta na ideia de se poder viver num mundo virtual totalmente personalizado, graças a uma espécie de avatar.

“Poderia ser tudo virtual, por isso, podia-se ter tudo o que se quisesse”, salienta Pearson, notando que a vida seria meramente uma simulação de computador.

O cientista acredita que estes cenários vão ser possíveis já em 2050, mas avisa que, pelo menos inicialmente, será apenas para “os ricos e famosos”, devido aos elevados custos envolvidos. Segundo o futurologista, “os preços vão baixar gradualmente após 15 ou 20 anos” – se imaginarmos que, até lá, a Humanidade inventa espaço para toda a gente viver.

Assim, quem tem “menos de 50 anos”, vai ter “uma boa possibilidade” de conseguir esta imortalidade tecnológica prevista por Pearson, diz o cientista. Quem tem menos de 40 anos, “vai definitivamente ter acesso” à vida eterna, conclui.

A ideia de viver para sempre daqui a tão pouco tempo parece não ser mais que o delírio de um futurologista. Mas, como qualquer leitor de Arthur C. Clarke muito bem sabe, os delírios de alguns futurologistas têm o hábito de se tornar realidade.

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

    • Em alguns casos, a humanidade está mesmo a regredir!…
      Basta olhar para os EUA com o Trump, o Rússia com o Putin, a Turquia com o Erdogan, a Venezuela, com a Maduro, o Brasil com o Temer, o Irão, a Síria, etc, etc…

      • e o zap com os teus comentários. Alguma vez no início do século passado se sonhava com coisas como internet, massificação do automóvel e das viagens de avião e com o rol imenso de curas para doenças então mortais?

  1. Com tantos inventores e pensadores reparo que cada vez mais o nosso próprio habitat está cada vez mais degradado e que estupidamente grande parte dessa gente parece não se aperceber da realidade talvez já na esperança de arranjarem casa nalgum planeta inóspito ou ficar por aí a flutuar por esse universo fora e assim morrerão a sonhar.

  2. Como é possivel,a vida eterna é trabalhada neste mundo através das boas obras e de facto atribuida por Deus a quem a merece aquando da partida deste mundo,tantas baboseiras meu Deus,devo dizer que ninguem consegue contrariar as leis da natureza e como é que aparecem estes xicos espertos com este tipo de conversa

  3. Seria bom se fosse para todos mas outra questão é : onnde vai se achar espaço neste planeta para todos viverem eternamente? Prefiro as coisas naturais….viver bem mas sabendo que morreremos um dia. Pelo bem do planeta.

RESPONDER

Presos primeiros suspeitos do assassinato de Marielle Franco

Nove meses depois da morte da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes, a polícia civil cumpriu, na quinta-feira, mandados de prisão e busca ligados ao crime. De acordo com a TV Globo, os agentes …

Morreu a primeira mulher portuguesa a integrar um Governo

Maria Teresa Cárcomo Lobo foi nomeada subsecretária de Estado da Saúde em agosto de 1970 por Marcelo Caetano. Morreu este mês no Rio de Janeiro, no Brasil, aos 89 anos. A notícia da morte de Maria …

Putin, o espião soviético, tinha cartão de identificação da secreta alemã

Quando era membro do KGB, o Presidente russo estava colocado em Dresden, na Alemanha. Agora, descobriu-se nos arquivos que tinha também identidade da Stasi. Foi encontrado nos arquivos da polícia secreta, em Dresden, um cartão de …

Ataque em Estrasburgo. Número de vítimas mortais sobe para quatro

Um dos feridos do atentado de terça-feira em Estrasburgo morreu esta sexta-feira, elevando para quatro o número total de vítimas mortais, anunciou a Procuradoria de Paris. Duas pessoas morreram no próprio dia do ataque, depois de …

Preço do pão pode aumentar no próximo ano

O preço do pão poderá subir em 2019, acompanhando o aumento do salário mínimo e do valor da matéria-prima, disse à agência Lusa o presidente da Associação dos Industriais da Panificação, Pastelaria e Similares do …

Auditorias sobre fogos de 2017 ainda não estão prontas

Quase um ano e meio depois dos incêndios que assolaram o país em 2017, as inspeções e processos disciplinares destinados a apurar responsabilidades que correm na Inspeção Geral da Administração Interna (IGAI) não estão ainda …

PJ detém suspeito de 160 crimes informáticos por tentar clonar cartões multibanco

A Polícia Judiciária (PJ) deteve um homem suspeito de 160 crimes de burla informática e associação criminosa por ter instalado dispositivos em máquinas multibanco para capturar dados das bandas magnéticas e códigos de acesso para …

Falhas do piloto na origem da queda de avioneta na praia da Caparica

Falhas na gestão da emergência e quebra de procedimentos pelo piloto instrutor levaram à aterragem do Cessna 152 numa praia da Costa de Caparica, Almada, em agosto de 2017, causando a morte a duas pessoas, …

Greve do Metro do Porto desconvocada após acordo

A greve na Metro do Porto, marcada para os dias 17 e 31 de dezembro, foi desconvocada depois de a empresa ter chegado a acordo com o Sindicato dos Maquinistas de Caminho-de-Ferro. A greve dos profissionais …

Parlamento aprova benefícios fiscais para arrendamento de longa duração

O parlamento aprovou esta quinta-feira, na generalidade, quatro dos dez projetos de lei do PSD sobre arrendamento, destacando-se a atribuição de benefícios fiscais a contratos a partir de dois anos e o aperfeiçoamento do Balcão …