Hospital de Bonecas veste prematuros dos verdadeiros

Muitos adultos ou quase têm visitado o Hospital de Bonecas, em Lisboa, para tirar as teimas, ou seja, confirmarem que foram ali compradas as roupas que usaram enquanto bebés prematuros, conta a proprietária.

Também loja de brinquedos e museu, este hospital está no número 7 da Praça da Figueira desde 1830. Nos tempos em que as roupas de tamanho 00 ainda não eram fabricadas em massa, a maternidade Alfredo da Costa fazia encomendas de “cento e tal, duzentas” botinhas, diz Manuela Cutileiro.

Como a experiência é muita em fazer roupa para bonecos, a maternidade, que concentrava os equipamentos necessários para cuidar de bebés nascidos antes do tempo, era uma das principais clientes para “botinhas, gorros e camisinhas”.

“Andávamos todas a fazer ‘crochet’ pelo caminho para conseguir corresponder [às encomendas] porque as botas eram feitas à mão, não eram feitas em fábrica”, recorda Manuela Cutileiro, especificando que os gorros eram feitos numa máquina de tricotar.

“Tudo muito artesanal”, garante a anfitriã deste espaço, que recorda que era uma altura em que a esperança de sobrevivência dos prematuros era muito baixa e não era um negócio que interessasse às fábricas.

O Hospital de Bonecas era a “última esperança, para vestir essa gente tão pequenina”.

Agora, pela porta, Manuela Cutileiro vê entrar “muitas vezes, os pais com filhos já grandes” e que contam que as primeiras roupas foram ali compradas, sobretudo as roupas com que saíam da maternidade”.

“Vinham cá muito comprar as roupinhas de lã, os casaquinhos, os cueiros, e ainda hoje vêm cá confirmar se era verdade, ou não”, nota à agência Lusa.

A procura pelas roupas para prematuros continua, mas não tanto como antigamente.

“Até porque as modas dos bebés são um bocadinho diferentes e nós continuamos a manter a nossa traça antiga de pronto-a-vestir para bebés, mas de qualquer maneira continuamos a vender, vendemos muita botinha, os cueiros”, enumera Manuela Cutileiro.

Os clientes continuam a chegar por “saberem que toda a vida” se fez ali roupa para bonecos e afinal um “bebé prematuro é muito a dimensão de um nenuco [uma marca de brinquedo]”. E se no hospital se fazem “tamanhos pequeninos, devem-se adaptar às crianças”.

As roupas para os bebés têm, porém, cuidados extra, a nível dos materiais e usados, assim como na inclusão de fitas. “Coisas que não os aleijem”, resume.

A produção de roupa vendida no Hospital de Bonecas também se estende a figuras religiosas e fatos de Carnaval.

“Fazemos muitos fatos para meninos Jesus, para nossas senhoras, para senhores dos Passos, além das bonecas e da roupa de Carnaval”, informa a proprietária, referindo que as encomendas já passaram as fronteiras de Portugal.

“Fazemos um bocadinho de tudo, aquilo que nos pedem”, mas sempre em tamanhos pequenos ou pequeninos.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Rússia e China vetam ajuda humanitária na Síria. Juntos, já negaram apoio 26 vezes

A Federação Russa e a China vetaram esta sexta-feira uma resolução germano-belga que prentendia manter a situação relativa à ajuda humanitária transfronteiriça na Síria, por a quererem reduzir, contra todos os outros membros do Conselho …

ADN herdado dos neandertais pode aumentar o risco de covid-19

Uma nova investigação concluiu que um segmento de ADN herdado dos neandertais presente em alguns humanos pode aumentar o risco de covid-19. De acordo com o estudo levado a cabo por cientistas da Alemanha e …

Ricardo Salgado vai ser acusado de liderar organização criminosa dentro do BES

O Ministério Público (MP) prepara-se para acusar Ricardo Salgado de liderar uma associação criminosa enquanto esteve à frente do Grupo Espírito Santo (GES), avança o jornal Público este sábado. De acordo com o matutino, esta …

FC Pingzau: O clube que sonha com a Champions e que também pode ser seu por 500 euros

Deter parte de um clube com aspirações à Liga dos Campeões é possível e já pode fazê-lo por apenas 500 euros.O FC Pingzau é o clube austríaco detido por adeptos com o objetivo de chegar …

Uma pitada de poeira de rocha pode ajudar a evitar alterações climáticas catastróficas

O uso de poeira de rocha na agricultura traz não só vantagens para a colheita, mas também para o ambiente. Esta técnica permite uma remoção eficiente do dióxido de carbono. Espalhar poeira de rocha nos terrenos …

ANA avança com plano de "saídas voluntárias"

A ANA, gestora dos aeroportos nacionais, vai avançar com "um plano de saídas voluntárias", no âmbito do redimensionamento das equipas. A ANA - Aeroportos de Portugal, gestora dos aeroportos nacionais, vai avançar com “um plano de …

Cientistas detetaram estranhos objetos astronómicos circulares (e não fazem ideia do que são)

Recorrendo a telescópios, uma equipa de astrofísicos detetou quatro estranhos objetos astronómicos. Foram encontrados nos comprimentos de onda de rádio e são circulares e mais brilhantes do que as suas bordas. Estes estranhos e inesperados …

Especialista alerta sobre possíveis vírus extraterrestres que podem chegar à Terra em futuras missões

O cientista e antigo colaborador da NASA Scott Hubbard alertou para a possível chegada de vírus extraterrestres à Terra em futuras missões espaciais, notando que o interesse pela exploração do Espaço tem aumentado. O antigo …

Covid-19. A morada e a cor da pele são um fator de risco no Brasil

Enquanto que na Europa a idade é um fator de risco da covid-19, no Brasil, o sítio onde moram e a cor da sua pele definem essa fronteira entre os que têm maior ou menor …

Lagos dos Estados Unidos estão a ficar cobertos de verde. Nem os mais remotos escapam

Vários lagos montanhosos dos Estados Unidos estão a tornar-se verdes devido ao crescimento de algas que prosperam por causa das alterações climáticas, concluiu um estudo conduzido por cientistas da Universidade do Colorado. De acordo com a …