Hospital de Bonecas veste prematuros dos verdadeiros

Muitos adultos ou quase têm visitado o Hospital de Bonecas, em Lisboa, para tirar as teimas, ou seja, confirmarem que foram ali compradas as roupas que usaram enquanto bebés prematuros, conta a proprietária.

Também loja de brinquedos e museu, este hospital está no número 7 da Praça da Figueira desde 1830. Nos tempos em que as roupas de tamanho 00 ainda não eram fabricadas em massa, a maternidade Alfredo da Costa fazia encomendas de “cento e tal, duzentas” botinhas, diz Manuela Cutileiro.

Como a experiência é muita em fazer roupa para bonecos, a maternidade, que concentrava os equipamentos necessários para cuidar de bebés nascidos antes do tempo, era uma das principais clientes para “botinhas, gorros e camisinhas”.

“Andávamos todas a fazer ‘crochet’ pelo caminho para conseguir corresponder [às encomendas] porque as botas eram feitas à mão, não eram feitas em fábrica”, recorda Manuela Cutileiro, especificando que os gorros eram feitos numa máquina de tricotar.

“Tudo muito artesanal”, garante a anfitriã deste espaço, que recorda que era uma altura em que a esperança de sobrevivência dos prematuros era muito baixa e não era um negócio que interessasse às fábricas.

O Hospital de Bonecas era a “última esperança, para vestir essa gente tão pequenina”.

Agora, pela porta, Manuela Cutileiro vê entrar “muitas vezes, os pais com filhos já grandes” e que contam que as primeiras roupas foram ali compradas, sobretudo as roupas com que saíam da maternidade”.

“Vinham cá muito comprar as roupinhas de lã, os casaquinhos, os cueiros, e ainda hoje vêm cá confirmar se era verdade, ou não”, nota à agência Lusa.

A procura pelas roupas para prematuros continua, mas não tanto como antigamente.

“Até porque as modas dos bebés são um bocadinho diferentes e nós continuamos a manter a nossa traça antiga de pronto-a-vestir para bebés, mas de qualquer maneira continuamos a vender, vendemos muita botinha, os cueiros”, enumera Manuela Cutileiro.

Os clientes continuam a chegar por “saberem que toda a vida” se fez ali roupa para bonecos e afinal um “bebé prematuro é muito a dimensão de um nenuco [uma marca de brinquedo]”. E se no hospital se fazem “tamanhos pequeninos, devem-se adaptar às crianças”.

As roupas para os bebés têm, porém, cuidados extra, a nível dos materiais e usados, assim como na inclusão de fitas. “Coisas que não os aleijem”, resume.

A produção de roupa vendida no Hospital de Bonecas também se estende a figuras religiosas e fatos de Carnaval.

“Fazemos muitos fatos para meninos Jesus, para nossas senhoras, para senhores dos Passos, além das bonecas e da roupa de Carnaval”, informa a proprietária, referindo que as encomendas já passaram as fronteiras de Portugal.

“Fazemos um bocadinho de tudo, aquilo que nos pedem”, mas sempre em tamanhos pequenos ou pequeninos.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Pizza para Itália e salmão para a Noruega. Emissora pede desculpa por imagens usadas nos Jogos Olímpicos

O canal de televisão sul-coreano MBC pediu desculpa publicamente após usar imagens para representar países durante a cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio. Fotos de pizza para a comitiva italiana, de salmão para a …

"Quanto mais cedo, melhor". A dona da Marlboro apoia a proibição dos cigarros até 2030

O CEO da Philip Morris Internacional, dona da Marlboro, apoia a proibição da venda de cigarros, mas os activistas anti-tabaco já acusaram a empresa de hipocrisia por tentar comprar uma farmacêutica enquanto lucra com o …

Bezos e Branson não são astronautas, clarifica Administração da Aviação norte-americana

Dúvida instalou-se depois dos voos que levaram os dois bilionários ao espaço. Novas diretrizes da Administração Federal de Aviação vêm esclarecer.  Após os voos que os tornaram nos primeiros turistas espaciais, Jeff Bezos e Richard Branson …

Soldados afegãos buscam refúgio no Paquistão após perderem postos na fronteira

Quase meia centena de soldados afegãos buscaram asilo no Paquistão após perderem para os Talibãs o controle das posições militares na fronteira, informou o exército paquistanês esta segunda-feira. Centenas de soldados do exército afegão e oficiais …

Portugal ultrapassa Estados Unidos em população com vacinação completa

EUA vivem atualmente um planalto no seu processo de vacinação, com pouco mais de meio milhão de cidadãos a serem vacinados diariamente. Desaceleração no ritmo de inoculações é atribuída a motivações pessoais da população e …

Mulher que vestia camisola com capa do Charlie Hebdo ferida em Londres

Uma mulher que vestia uma camisola estampada com uma capa da revista satírica francesa Charlie Hebdo foi ferida levemente com arma branca no domingo em Hyde Park, em Londres, informou a polícia, que pediu colaboração …

Novo Banco. Comissão de inquérito aprova que resolução do BES foi "fraude política"

A comissão de inquérito ao Novo Banco aprovou uma proposta do PCP de alteração ao relatório referindo que a resolução do BES e a sua capitalização inicial, de 4.900 milhões de euros, foi "uma fraude …

BCP prevê saída de mais de 800 trabalhadores e admite despedimento coletivo

O presidente do BCP disse esta segunda-feira que deverão sair do banco mais de 800 trabalhadores, abaixo da meta inicial de 1.000, mas que depende dos funcionários que aceitarem rescindir e mantém a possibilidade de …

Jogos Olímpicos. Ouro e prata para atletas de...13 anos

Pódio muito jovem na estreia do skate feminino. A espreitar o pódio ficou uma norte-americana com quase o triplo da idade. O skate está a "viver" os seus primeiros dias na história dos Jogos Olímpicos. Inserido …

SEF e PSP reforçam fiscalização às regras aplicáveis nas viagens de avião

O SEF e a PSP reforçaram a fiscalização nos aeroportos às regras do tráfego aéreo devido às variantes de covid-19 e ao aumento do número de voos previsto para as próximas semanas, segundo um despacho …