Hospital da Cruz Vermelha acusa Francisco George de pôr em risco sobrevivência da unidade

Arno Mikkor / Wikimedia

Presidente da Cruz Vermelha, Francisco George

Clínicos do Hospital da Cruz Vermelha Portuguesa (HCVP) acusam Francisco George de estar a colocar em risco “a sobrevivência clínica e económica” daquela unidade de saúde de Lisboa.

Mais de 50 clínicos do Hospital da Cruz Vermelha Portuguesa (HCVP) escreveram uma carta com queixas contra Francisco George, presidente da Cruz Vermelha e do Conselho de Administração do HCV. A missiva foi enviada ao Presidente da República, ao Presidente da Assembleia e ao primeiro-ministro.

Francisco George é acusado de “pôr em risco a sobrevivência clínica e económica do hospital”, que “entrou num processo de ruína económica e financeira”. “Manter no cargo o Dr. Francisco George é o caminho mais direto para a falência do Hospital a curto prazo.”

O braço de ferro entre o hospital e o presidente do Conselho de Administração já dura há algumas semanas. Em causa está o facto de, “logo no início da pandemia”, o HCVP ter oferecido “os seus préstimos ao SNS como ‘hospital Covid’”.

A decisão terá sido tomada numa reunião que contou com a presença de Francisco George. “Fomos [depois] surpreendidos pelas declarações do mesmo Dr. Francisco George, na comunicação social, sem termos sido novamente ouvidos”, referem os profissionais na carta, adiantando que o antigo Diretor-Geral de Saúde terá declarado “que o HCVP passaria a ser dedicado ao tratamento exclusivo de doentes Covid”.

Segundo o Público, a missiva refere ainda que “o número de camas oferecido publicamente (110 de internamento e 17 de cuidados intensivos) não corresponde à realidade existente” e essa será uma das razões da contestação e um dos argumentos para considerarem “este comportamento do Dr. Francisco George suicidário”.

Os profissionais apontam ainda que não há trabalhadores suficientes para assumir o funcionamento de 17 camas de cuidados intensivos.

Ao diário, Francisco George garante que, apesar de “estar a trabalhar de manhã à noite no hospital”, o corpo clínico ainda não lhe formalizou diretamente qualquer queixa.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Época balnear arranca no sábado, mas começa mais tarde no Norte

A época balnear arranca no próximo sábado, 6 de junho, mas não em todo o país. No Norte de Portugal só começa a 27 de junho. Segundo o despacho publicado esta quinta-feira em Diário da República, …

Um terço das empresas de restauração não reabriu

Cerca de um terço das empresas de restauração não retomou a atividade e quase metade tem registado uma faturação média inferior a 10%, revelou a associação representativa do setor. A Associação de Hotelaria, Restauração e Similares …

Ministério Público alemão assume que Maddie McCann está morta

O procuradores do Ministério Público alemão acreditam que Madeleine McCann foi assassinada. O investigador Christian Hoppe, do Bundeskriminalamt, revelou que a criança pode ter sido alvejada quando o suspeito assaltava o apartamento da família. O procuradores do …

Nadadores-salvadores devem privilegiar salvamento "sem entrar na água"

A Federação Portuguesa de Nadadores-Salvadores divulgou hoje alguns dos procedimentos que os vigilantes devem adotar na época balnear face à pandemia, como privilegiar o salvamento “sem entrar na água” ou abordar o náufrago pelas costas. “Ainda …

Confederação do Turismo propõe Lay-off simplificado, banco de horas e horário concentrado

A Confederação do Turismo de Portugal (CTP) propôs ao Governo 99 medidas para mitigar as consequências "gigantescas" que a pandemia está a ter no sector, apontando um cenário de "eclipse total e asfixia". Segundo noticiou esta …

Coreia do Norte ameaça romper acordo militar com Seul

A Coreia do Norte ameaçou hoje romper o acordo militar com a Coreia do Sul e fechar o gabinete de ligação transfronteiriça, se Seul não impedir que ativistas continuem a enviar panfletos através da fronteira. A …

Moratórias no crédito prolongadas até 31 de março de 2021

O Governo decidiu estender a moratória nos empréstimos dos bancos às famílias e empresas afetadas pela crise. As prestações e juros só voltarão a ser pagos depois de 31 de março de 2021, apurou o …

Santana Lopes deixou funções executivas no Aliança. Mas não "deserta"

O fundador do partido Aliança deixou, recentemente, as suas funções executivas por "motivos profissionais", mas promete "não desertar", "muito menos em alturas difíceis". No passado dia 15 de maio, Pedro Santana Lopes pediu a suspensão das …

Pela primeira vez em 30 anos, Hong Kong proíbe vigília em memória de Tiannamen

Pela primeira vez em 30 anos, tanto Hong Kong como Macau não vão ter vigílias em homenagem às vítimas do massacre de Tiananmen. A Polícia de Hong Kong proibiu a vigília em memória do massacre de …

Portugal com mais 8 mortos e 331 casos positivos em 24 horas

Portugal registou mais oito mortes e 331 casos positivos de infeção pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas, de acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde. Esta quinta-feira, Portugal registou 1.455 mortes por …