Hospitais de Coimbra estão “muito próximos” do limite de capacidade

Rammn de la Rocha / EPA

O Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) está “muito próximo do limite de capacidade” de resposta à covid-19, devido à falta de recursos humanos, disse esta segunda-feira o presidente do conselho de administração da entidade.

“Estamos com cerca de 46 doentes na unidade de cuidados intensivos (UCI), muito próximo do limite de capacidade, que na UCI não é apenas de camas, mas fundamentalmente de recursos humanos”, disse o presidente do CHUC, Carlos Santos, que falava aos jornalistas no final de uma visita à Maternidade Bissaya Barreto, em Coimbra.

Segundo Carlos Santos, há 49 camas de nível 3 na UCI e 16 de nível 2, frisando que ainda há disponibilidade de algumas camas num piso dos Hospitais da Universidade, mas que o problema situa-se na “disponibilidade imediata de recursos humanos”.

O responsável alertou ainda que o aumento de camas na unidade de cuidados intensivos para doentes covid-19 também implica a desativação de outras atividades do hospital.

“De cada vez que acionamos um maior número de camas em cuidados intensivos, é necessário mobilizar profissionais de outras especialidades“, explicou, salientando que a atividade cirúrgica no Hospital dos Covões, que faz parte do CHUC, está parada.

De acordo com Carlos Santos, para além da capacidade de UCI, o CHUC tinha um dispositivo de 90 camas em enfermaria para doentes estáveis de covid-19, que neste momento já se situa nas 150 camas, havendo, de momento, quatro vagas.

Questionado pelos jornalistas, o presidente do CHUC confirmou que houve um surto que afetou alguns profissionais no Hospital dos Covões na semana passada, referindo que esses mesmos profissionais estão em isolamento profilático, não tendo informação de quantos é que foram infetados.

Presidente pede “urgência” na nova maternidade

O presidente do conselho de administração do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) afirmou ainda nesta segunda-feira que a construção de uma nova maternidade na cidade é “urgente” e que já “peca por tardia”.

A construção de uma nova maternidade na cidade é uma decisão “que já peca, nesta altura, por tardia”, afirmou o presidente do CHUC, Carlos Santos, quando questionado pela agência Lusa no final de uma visita à Maternidade Bissaya Barreto, que integra, juntamente com a Maternidade Daniel de Matos, o centro hospitalar.

“Não tenho indicação da tutela [de quando será construída], mas esse momento é sentido por todos nós como uma necessidade urgente. Sobre essa matéria não há dúvidas da parte de ninguém sobre uma decisão urgente sobre a questão da localização do novo serviço de obstetrícia e neaonatologia”, vincou.

Os desafios que o CHUC tem de enfrentar de momento com a pandemia vincam ainda mais a necessidade de ser tomada uma decisão “rapidamente”, a partir de “critérios técnicos e clínicos”. O presidente do conselho de administração vincou ainda que a decisão tem de ser tomada a partir de “uma visão a longo prazo”, para que a opção tomada seja “correta, racional e entendida por todos”.

A visita à Maternidade Bissaya Barreto surgiu após obras de remodelação de uma área para assegurar a separação de circuitos para grávidas com covid-19, garantindo condições de segurança e conforto para todas as utentes.

Segundo a diretora do serviço de Obstetrícia B, Céu Almeida, é criado agora um circuito independente para grávidas e puérperas com sintomas de covid-19, podendo o teste ser feito no local, havendo um piso da maternidade dedicado a grávidas que testaram positivo.

“Com esta remodelação, temos um circuito exclusivo, de entrada exterior para grávidas potencialmente infetadas, garantindo a segurança para todas. Sente-se alguma insegurança e as grávidas estão a vir cada vez mais tarde para a urgência. Pensam que não têm segurança, mas há condições, seja para grávidas infetadas ou grávidas sem infeção”, frisou a diretora do Departamento de Obstetrícia, Ginecologia, Reprodução e Neonatologia, Teresa Almeida Santos.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Biden propõe estímulo de 1,9 mil milhões. Republicana promete processo de destituição após tomada de posse

O presidente eleito norte-americano Joe Biden pretende aplicar 1,9 mil milhões de dólares em medidas de aceleração da vacinação para a covid-19 e assistência financeira a indivíduos e empresas. Biden, cuja tomada de posse está marcada …

StayAway Covid só enviou 2.708 alertas de contágio. 60% já desinstalaram a app

Apenas 39% das quase três milhões de pessoas que instalaram a StayAway Covid é que a continuam a usar. A app só enviou 2.708 alertas de contágio. A StayAway Covid, a aplicação móvel criada para rastrear …

DGS define quais os cancros que não podem ficar por operar. Hospital de campanha fechado por falta de profissionais

Até ao final do mês os hospitais vão ter como foco a prestação de cuidados intensivos, podendo deixar de assegurar a atividade programada. A oncologia é uma área vital e os polos do Instituto Português …

"Vão fechar o Tozé". Mayan corta o cabelo (e alerta para dificuldades dos pequenos empresários)

O candidato presidencial Tiago Mayan Gonçalves foi esta quinta-feira cortar o cabelo a um barbeiro, no Porto, para alertar para as dificuldades decorrentes do encerramento desta atividade a partir de sexta-feira no âmbito do …

ERC cancela debates de Vitorino Silva com todos os candidatos no Porto Canal

A Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) cancelou os debates de Vitorino Silva com todos os candidatos presidenciais no Porto Canal, na sequência da queixa apresentada pelo PCP à Comissão Nacional de Eleições (CNE). Esta …

Bancos contestam lei da banca (mas Deco aplaude). Centeno admite ajustar medidas

O Banco de Portugal (BdP) quer alterar o Código da Atividade Bancária (CAB). Se por um lado, os bancos contestam algumas das normas, por outro, outras entidades, como a Deco, aplaudem as medidas. A consulta pública …

Mulher com covid-19 em coma e ventilada conseguiu o "milagre" de dar à luz

Em outubro de 2020, Elisângela Neves, de 31 anos, foi infetada com covid-19 quase morreu. A mulher estava grávida de 27 semanas, mas precisou de ser ventilada e ligada a uma máquina que respirou por …

Mais de 95% dos vacinados do São João apresentaram anticorpos em 15 dias

Entre 95 a 97% dos profissionais de saúde vacinados contra a covid-19 no Hospital de São João, no Porto, apresentaram, 15 dias após a primeira toma, anticorpos que conduzem à imunidade, revelou esta quinta-feira o …

É mais "um conjunto de meias medidas". Governo criticado por manter escolas e universidades abertas

As novas medidas tomadas pelo Conselho de Ministros para controlar a pandemia de covid-19 entraram esta sexta-feira em vigor. No entanto, as exceções decididas pelo Governo relativamente ao novo confinamento têm sido alvo de duras …

Berlusconi hospitalizado no Mónaco com problemas cardíacos

Silvio Berlusconi, antigo primeiro ministro italiano, está hospitalizado no Mónaco, depois de ter sofrido uma arritmia cardíaca. O ex-primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, está hospitalizado desde segunda-feira no Mónaco, após sofrer um problema cardíaco, explicou esta quinta-feira …