Horas extra em Belém custaram meio milhão de euros. Marcelo culpa as 35 horas

Rui Ochôa / Presidência da República / Lusa

O presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa

O aumento dos gastos com horas extraordinárias nas contas da Presidência da República, para os 523 mil euros em 2017, deve-se à entrada em vigor das 35 horas que obrigaram a despesas suplementares, garante Marcelo Rebelo de Sousa.

O Presidente da República justifica, assim, os valores apresentados no relatório de auditoria financeira ao exercício de 2017 da Presidência da República, que foi divulgado na segunda feira.

O Correio da Manhã (CM) avançou, citando o relatório, que o Palácio de Belém pagou em 2017, 523 mil euros em horas extraordinárias, o que constitui mais 70 mil euros do que em 2016.

“Isso justifica-se essencialmente por causa do funcionamento do Museu aos fins-de-semana e por algumas deslocações mais intensas, mas, sobretudo, a grande razão é esta: é o novo horário“, justifica o Presidente da República citado pelo Diário de Notícias (DN).

“O cumprimento das 35 horas obrigou, não havendo a possibilidade de ter mais pessoal, a ter gastos mesmo assim inferiores aos anteriores, em despesas extraordinárias”, defende ainda Marcelo Rebelo de Sousa.

Na auditoria efectuada, o Tribunal de Contas recomenda à Presidência a implementação, na secretaria-geral, de um sistema “que permita o controlo efectivo do trabalho realizado, incluindo o pagamento de horas de trabalho suplementar”.

O Conselho de Administração garantiu que “está em avaliação a implementação de um sistema de registo electrónico da assiduidade ajustado às necessidades dos serviços da Presidência”.

Em declarações aos jornalistas à margem do Congresso promovido pela União Internacional de Advogados, na Alfândega do Porto, Marcelo Rebelo de Sousa explica que o “problema se coloca, sobretudo, na área que está agora em reforma no Museu”, esperando-se que o novo sistema informático possa ajudar a resolver a situação.

Lamentando que “não tem havido orçamento” para “o novo sistema informático”, Marcelo destaca que espera que “no próximo ano, já esteja tudo sistematizado“. “Agora só está uma parte”, diz.

O Tribunal de Contas também aconselha a Presidência a apertar o controlo sobre os gabinetes dos ex-presidentes da República que custam cerca 998 mil euros por ano, segundo revela o CM.

A entidade nota, nomeadamente, que é importante “criar um sistema que impeça o desaparecimento de bens, como sucedeu no passado”, frisa o DN.

O relatório fala ainda de “fragilidades” no âmbito do “registo e processamento das receitas das lojas do museu”, constata o referido jornal.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Num país moderno, que pense no bem estar dos seus cidadãos para que estes possam ter disponibilidade para a familia, para o lazer, actividades culturais e artisticas, etc, a tendência será sempre de diminuir o numero de horas semanais de trabalho. Veja-se o exemplo de muitos países europeus; aqueles com os melhores níveis de vida, são tb aqueles em que a carga horária semanal é menor. Uma coisa está sempre ligada á outra.
    Eu, apesar de trabalhar no sector privado, já tenho semana de 35 horas á muitos anos. Gostaria sinceramente de a ver transposta para todos os trabalhadores portugueses.

RESPONDER

"Posso sempre confiar" nos americanos. Coleção de cartas manuscritas da princesa Diana vai a leilão

Em 25 de junho de 1997, alguns meses antes da morte da princesa Diana em agosto, dezenas dos seus vestidos foram leiloados na Christie's, em Nova Iorque. Agora, algumas das suas cartas manuscritas sobre esse …

Governos desligaram a Internet centenas de vezes em 2019

Dezenas de Governos de todo o mundo desligaram os seus países da Internet de forma intencional mais de 200 vezes durante o ano passado, afetando milhões de utilizadores, revela um novo relatório do grupo de …

Falha de protocolo do Governo americano pode ter ajudado a espalhar o coronavírus

Uma whistleblower do Departamento de Saúde e Serviços Humanos norte-americano defende que uma falha no protocolo de saúde pública pode ter levado à disseminação do coronavírus dentro do país. Uma denunciante do Departamento de Saúde e …

Coronavírus pode fazer com que Liverpool não seja campeão inglês

O Liverpool pode não se sagrar campeão inglês devido ao surto do novo coronavírus. Caso o Governo britânico suspendesse a competição, os 'reds' poderiam não ser considerados campeões. O coronavírus continua a ameaçar o mundo inteiro …

Sissoco Embaló demite primeiro-ministro e ambos falam em "golpe de Estado"

Umaro Sissoco Embaló, candidato às presidenciais dado como vencedor pela Comissão Nacional de Eleições da Guiné- Bissau, e que quinta-feira tomou posse simbolicamente como Presidente do país, demitiu hoje o primeiro-ministro guineense, Aristides Gomes. Num decreto …

"Neve sangrenta" está a cair do céu na Antártida

Nas últimas semanas, o gelo em redor da Base de Pesquisa Vernadsky da Ucrânia foi revestida com o que os investigadores chamam de "neve de framboesa". Uma publicação no Facebook do Ministério da Educação e Ciência …

Face Oculta: Sobrinho de Manuel Godinho diz que não se orgulha do que fez

O sobrinho do sucateiro Manuel Godinho, principal arguido do processo Face Oculta, disse hoje estar arrependido do que fez quando trabalhava para o tio nos negócios da gestão de resíduos. “Não me orgulho nada daquilo que …

Há uma "Greta" que nega as alterações climáticas: Naomi Seibt

Naomi Seibt é uma jovem alemã de 19 anos que é a voz dos negacionistas das alterações climáticas. As comparações com Greta Thunberg são inevitáveis. Greta Thunberg tem sido provavelmente a voz mais ativa no que …

Alcochete. Mustafá sai em liberdade e Bruno de Carvalho conta a sua versão

O líder da claque sportinguista Juventude Leonina, Nuno 'Mustafá' Mendes saiu em liberdade e Bruno de Carvalho diz que o "colocaram do lado errado da barricada". O coletivo de juízes que está a julgar o caso …

Ángel ajudou a esposa a morrer. Agora, doou toda a sua herança à investigação

Ángel Hernández, o homem que ajudou a sua mulher a pôr fim à vida há dez meses, em Espanha, decidiu doar a herança da sua esposa (300.000 euros) para o estudo da esclerose múltipla progressiva, …