Em 1965, um homem sobreviveu sem comer durante 382 dias

Raghu Rai, Le Rétroviseur / Flickr

Segundo um mito urbano, um homem conseguiu livrar-se de 113 quilogramas depois de passar mais de um ano sem comer nada. Mas é possível que o corpo humano sobreviva sem comida durante tanto tempo?

Curiosamente, esta história estranha não é apenas um conto popular moderno e parece ter realmente acontecido. Publicado no Postgraduate Medical Journal em 1973, um estudo de caso realizado por médicos da Escola de Medicina da Universidade de Dundee, na Escócia, documenta a história de um homem de 27 anos, “grosseiramente obeso”, na Escócia, que passou 382 dias em jejum na tentativa de perder peso.

O homem pareceu conseguir reduzir o seu peso de 206 para 81 quilos e permaneceu com uma saúde surpreendentemente boa. Cinco anos após o jejum extremo, o seu peso permaneceu estável em 88 quilos.

“Inicialmente não havia intenção de tornar o jejum prolongado, mas como ele se adaptou tão bem e estava ansioso para alcançar o peso ‘ideal’, o jejum continuou no que é atualmente o mais longo período de tempo registado”, escreveram os médicos.

O homem não comeu nenhum alimento sólido durante esse tempo, embora recebesse suplementos de potássio e sódio, vitaminas e uma pequena quantidade de fermento (que contém proteína). Os médicos notam no artigo que o paciente só teve uma evacuação de fezes entre 37 a 48 dias de cada vez.

O homem visitava regularmente o hospital para fazer o teste de sangue e urina para verificar os níveis de glicose no sangue e as concentrações de eletrólitos no plasma. Embora a maioria desses níveis tenha diminuído com o passar dos meses, ele conseguiu permanecer em boa saúde e boa disposição.

“Apesar da hipoglicemia, o paciente permaneceu livre de sintomas, sentia-se bem e andou normalmente”, acrescentou o relatório do caso.

Como é que isto foi possível? Se comermos alimentos regularmente ao longo do dia, o corpo irá obter a maior parte da sua energia a partir da glicose na corrente sanguínea e no fígado. As células usam a glicose para a síntese de ATP, uma molécula que transporta energia dentro das células.

Se não houver glicose imediatamente disponível no sangue ou no fígado, seremos capazes de produzi-la a partir de glicogénio, uma longa cadeia de glicose que pode ser armazenada no fígado e nos músculos até que seja necessária. Além disso, o corpo pode quebrar a gordura corporal em glicerol, que pode eventualmente ser convertido em glicose e ácidos godos, que podem ser convertidos em cetonas.

Como o homem tinha uma quantidade tão grande de glicerol, localizada na gordura corporal, conseguiu sobreviver a esse último processo durante um tempo surpreendentemente longo, com apenas uma pequena ajuda dos suplementos.

No entanto, é extremamente provável que tivesse morrido se não fossem os suplementos de potássio, sódio e levedura, que são essenciais para funções biológicas dentro do corpo. Por exemplo, o potássio é absolutamente essencial para impulsos nervosos e contrações musculares.

Ainda assim, se estiver acima do peso e quer perder quilos, o jejum não é uma maneira conveniente de o fazer. Muitas pessoas morreram a tentar jejuar e os riscos dessa “dieta” extrema superam os benefícios.

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Dieta ocidental está a deixar as pessoas menos inteligentes

Uma dieta pouco saudável, à base de hambúrgueres e doces está literalmente a deixar as pessoas menos inteligentes apenas no espaço de uma semana. Esta foi a conclusão de um estudo de investigadores da Universidade …

Pedro Proença: Sociedade deve atuar no combate ao racismo

O presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) disse, esta sexta-feira, que a sociedade portuguesa deve atuar no combate ao racismo, violência, xenofobia e intolerância. A Liga vai lançar, durante este fim-de-semana, uma campanha com …

Na última década, Coreia do Norte gastou mais de meio milhão de dólares em cavalos russos

A Coreia do Norte gastou recentemente dezenas de milhares de dólares na aquisição de 12 cavalos provenientes da Rússia, de acordo com os dados alfandegários. A Coreia do Norte gastou quase meio milhão de dólares (584.302 …

O caranguejo "supervilão" do Canadá vai ser transformado em plástico biodegradável

Uma equipa de cientistas no Canadá desenvolveu um plano para transformar uma espécie invasora de crustáceo - conhecida como como caranguejo supervilão - em copos e talheres  de "plástico", usando as suas carapaças para criar …

Covid-19. Tripulante de navio japonês pode ser o primeiro português infetado

Um português que é tripulante do navio Princess Cruises, atracado no porto de Yokohama, no Japão, pode ter sido diagnosticado "positivo" com o novo coronavírus. Contactada pela agência Lusa, a diretora-geral de Saúde, Graça Freitas, afirma …

Harry e Meghan vão deixar de poder usar a marca Sussex Royal

O duque e a duquesa de Sussex vão deixar de poder usar a marca Sussex Royal, anunciou, esta sexta-feira, um porta-voz da casa real. "Estando o duque e a duquesa focados nos seus planos de estabelecer …

Messi marca quatro e embala Barcelona para o topo da La Liga

Um póquer de Lionel Messi embalou o FC Barcelona, este sábado, para a liderança da Liga espanhola, com uma "mão cheia" de golos na receção ao Eibar (5-0). Os catalães subiram ao topo de La Liga …

Fátima esperava pela mãe à porta da escola. Foi torturada e assassinada

A menina de sete anos desapareceu, no dia 11, quando esperava pela mãe à porta da escola, num bairro da capital mexicana. O seu corpo foi encontrado alguns dias depois, com sinais de tortura. Fátima Anton, …

Última residência do czar Nicolau II reabre portas este verão

O Palácio de Alexandre, na Rússia, vai reabrir ao público este verão, depois ter sido sujeito a obras de remodelação profundas durante oito anos. O Palácio de Alexandre, a última residência do czar Nicolau II antes …

Banco de Portugal quer rever regras sobre governo e controlo interno de bancos

O Banco de Portugal (BdP) vai rever as regras de governo e sistemas de controlo interno nos bancos, incluindo práticas remuneratórias, tendo até 23 de março em consulta pública dois projetos regulamentares. Segundo o Banco de …