Stephen Hawking estava errado. A matéria escura não é composta por mini buracos negros

JPL-Caltech / NASA

Os físicos descartaram a possibilidade de que os buracos negros primordiais – com menos de um décimo de milímetro – componham a maior parte da matéria escura.

Uma equipa internacional de investigadores colocou uma teoria especulativa formulada por Stephen Hawking sob o teste mais rigoroso até ao momento. Detalhes desse estudo foram publicados na revista Nature Astronomy.

Os cientistas sabem que 85% da matéria no Universo é composta de matéria escura. A sua força gravitacional impede que as estrelas da Via Láctea se separem. No entanto, as tentativas de detetar partículas de matéria escura com recurso a experiências subterrâneas, ou experiências com aceleradores, incluindo o maior acelerador do mundo, o Large Hadron Collider, falharam até agora.

Isso levou os cientistas a considerar a teoria de Hawking, de 1974, sobre a existência de buracos negros primordiais nascidos logo após o Big Bang, e a sua especulação de que poderiam constituir uma grande fração da matéria escura que os cientistas estão a tentar descobrir atualmente.

A equipa, liderada por Masahiro Takada, Hiroko Niikura e Naoki Yasuda, do Instituto Kavli de Física e Matemática do Universo, e incluindo investigadores do Japão, Índia e EUA, usaram o efeito de lente gravitacional para procurar buracos negros primordiais entre a Terra e a galáxia de Andrómeda.

A lente gravitacional, efeito primeiramente sugerido por Albert Einstein, manifesta-se na curvatura dos raios de luz vindos de um objeto distante, como uma estrela, devido ao efeito gravitacional de um objeto massivo interveniente, como um buraco negro primordial. Em casos extremos, a curvatura da luz faz com que a estrela pareça muito mais brilhante do que originalmente é.

No entanto, os efeitos de lentes gravitacionais são eventos muito raros, porque requerem que uma estrela na galáxia de Andrómeda, um buraco negro primordial a atuar como lente gravitacional e um observador na Terra estejam exatamente alinhados.

Para maximizar as probabilidades de capturar um evento, os investigadores usaram a câmara digital Hyper Suprime-Cam no telescópio Subaru, no Hawai, que consegue capturar toda a imagem da galáxia de Andrómeda de uma vez, de acordo com um comunicado publicado no site do Instituto.

Tendo em conta a rapidez com que se espera que os buracos negros primordiais se movam no espaço interestelar, a equipa tirou várias fotografias para capturar o brilho de uma estrela enquanto esta se ilumina por um período de alguns minutos a horas devido às lentes gravitacionais.

Partindo de 190 imagens consecutivas da galáxia de Andrómeda, a equipa vasculhou os dados em busca de possíveis eventos de lentes gravitacionais. Se a matéria escura consistisse de buracos negros primordiais com uma determinada massa – neste caso, massas mais leves que a Lua -, os investigadores esperariam encontrar cerca de mil eventos. Mas depois de análises cuidadosas, só conseguiram identificar um caso.

Os resultados da equipa mostraram que os buracos negros primordiais não poderiam contribuir com mais de 0,1% de toda a massa de matéria escura. Portanto, é improvável que a teoria esteja correta.

Uma nova teoria que os cientistas investigam agora é tentar descobrir se os buracos negros binários descobertos pelo detetor de ondas gravitacionais LIGO são, na verdade, buracos negros primordiais.

ZAP //

PARTILHAR

12 COMENTÁRIOS

    • Ronaldinho….É proibido aos Brasileiros comentarem noticias neste site??
      E quais são os sites Brasileiros em que é proibidos os Portugueses comentarem??
      Se calhar é melhor mudar o seu nick, é que Ronaldinho faz alusão a jogadores de futebol do Brasil, aquele país onde vivem os Brasileiros….aqueles que vêm para aqui comentar sabe…
      Enfim

    • Mas que disparate é esse? As pessoas não podem comentar e participar? Há direito de exclusividade agora? Essa é boa! Eu participo em imensos fóruns de diversos países, a maioria nem sequer são lusófonos, quando entendo dar a minha humilde opinião. Não interessa para nada qual a nacionalidade, mas a contribuição de cada um nos diversos debates pois hoje as sociedades sobretudo as Ocidentais estão cheias de dúvidas e problemas comuns! Já agora abandone o nome “Ronaldinho” já que o hábito de usar certos nomes pelo seu diminutivo é típico dos brasileiros, muito mais do que dos portugueses que destinam esse tratamento quase exclusivamente a crianças. Todos são bem-vindos e fazem falta.

  1. A gravidade é uma “força” resultante de interacções, seja de matérias ou energias, gerando deformações ou rasgos no tecido do espaço/tempo; com isso, gerando força de atracção repulsão!
    Não podendo então, existir uma partícula que a defina!
    Se de facto assim funcionar!
    Se algo for encontrado relacionado a gravidade, não será o tão sonhado graviton com uma partícula, e sim um campo!

    Está definição de gravidade vós parece familiar?
    Buracos negros certo?
    De facto, eles são os melhores exemplos da gravidade que nos temos!
    São os espoentes máximos de como a gravidade funciona!

    Ainda não perceberam?
    Com está teoria, podemos perceber que sim:
    Stephen Hawking estava errado, se ele de facto pensava assim.
    A matéria escura não é composta por mini buracos negros, simplesmente porque ela não existe!
    Digo, matéria/energia obviamente!

  2. Os astrónomos e os físicos andam obcecados pela matéria escura, porque entendem que esta é a responsável pela coesão de uma galáxia, ou seja, as estrelas da galáxia a que pertencem, não fogem dela. As galáxias comportam-se como o nosso sistema solar ou outros. Da mesma forma que o nosso Sol atrai os planetas e obriga-os a executar um movimento de translação em torno da nossa estrela, uma galáxia tem no seu centro um buraco negro com massa descomunal que dada a sua força gravitacional, obriga todas as estrelas que estão dentro do seu raio de ação a descreverem um movimento de translação em torno de si. De acordo com a teoria da relatividade, quanto mais massivo for um buraco negro, mais pronunciada será a curvatura do espaço nas suas imediações, indo esbater-se à medida que a distância aumenta. Ora, todas as estrelas que se encontrarem dentro da curvatura espacial causada pelo buraco negro central, limitam-se a seguir essa curvatura e assim não fogem da galáxia.

    • Sua teoria é interessante, porém infundada, a teoria do big bang acredita que a gravidade é resultante da explosão dessa energia, logo não sendo necessário um “buraco negro original” para gerar essa energia constantemente, lembrando que o big bang não é a teoria somente da criação de nossa galaxia, e sim de todo o universo, e referente a matéria escura, os cientistas acreditam que ela existe exatamente por ela interagir de forma contraria a força gravitacional, por exemplo; se eu jogasse uma bola para cima em um ambiente com todos os fatores conhecidos calculados, vento, velocidade, aceleração pela queda etc. obviamente a bola cairia para baixo, mas do nada uma energia invisível desviasse ela para uma direção totalmente oposta e com mais velocidade ou menos. dai que buscamos uma partícula dessa matéria “invisível” para de fato provar sua existência, há também outros motivos para acreditar em sua existência, como o fato da gravidade poder destruir tudo por seu movimento, se não existir nada que ajudasse a segurar a matéria la no lugar como uma energia oposta.

  3. Joaquim Ferreira, disseste tudo o que eu penso!
    Só acho estranho e triste ao mesmo tempo, que: pessoas que se dizem estudadas e conhecedoras do assunto, ainda não terem chegado a esta conclusão óbvia!
    Os Físicos Astrónomos e Astrofísicos andam literalmente a dormir!
    Parecem todos uns copy peste, sem capacidades de pensarem com as próprias cabeças, e fazerem isto andar pra frente!
    Será preciso esperar dezenas de anos, para se confirmar o óbvio!

  4. Não sou nenhum entendido dos céus, mas para mim, intuitivamente, parece-me que as galáxias são o que restaram da massa visível do universo, ou seja, o resto já foi consumido por buracos negros. E o maior deles é o que está na fronteira do universo, sugando tudo para o infinito (universo em expansão), chupando inclusive os maiores buracos negros (mas menores do que o da fronteira) que se encontram entre as galáxias. Parte do big bang foi a grande explosão e outra parte é o buraco negro inicial sugando a matéria para o infinito e além. Essa parte que suga é mais forte do que a parte que expeliu, que explodiu.

RESPONDER

Já pode comprar ações de obras de arte como se fosse a bolsa de valores

Já é possível comprar ações de obras de arte como se da bolsa de valores se tratasse. A plataforma Masterworks está a tentar trazer a arte das elites para todos. No outono de 2018, uma obra …

"Vamos lutar até aos portões do inferno". Plano de vacina obrigatória de Biden suscita críticas e processos

O anúncio do plano de vacinação Joe Biden suscitou aplausos do lado Democrata, mas muitas críticas de governadores Republicanos, que estão a processar a administração norte-americana. Ainda não passou uma semana desde o anúncio, mas o …

Constitucional contra saída "desprestigiante" de Lisboa. PS critica eleitoralismo da proposta do PSD

O Tribunal Constitucional caracterizou como "desprestigiante" a saída de Lisboa para Coimbra proposta pelo PSD, o que motivou críticas. A decisão final só vai ser conhecida depois das autárquicas. Em causa está o projecto de lei …

Hospital de Nova Iorque deixa de realizar partos face à demissão do pessoal médico que recusa vacinar-se

Antes de sair de cena Andrew Cuomo emitiu um mandato que visava estabelecer a vacinação obrigatória entre profissionais de saúde do estado de Nova Iorque. Um pequeno hospital do condado de Lewis, no estado de Nova …

"Foi um grande erro". Morte de 1400 golfinhos num dia nas Ilhas Faroé criticada até por adeptos da caça

Quase 1500 golfinhos foram mortos no domingo na caça tradicional das Ilhas Faroé, o que motivou críticas até entre os defensores do ritual. Activistas que defendem o fim da caça afirmam que este foi o …

Teorias da 'Síndrome de Havana' "violam as leis da física", dizem cientistas cubanos

Cuba divulgou um relatório, o mais detalhado até à data, no qual cientistas locais criticam as alegações de que diplomatas norte-americanos e canadianos foram submetidos a ataques misteriosos quando estavam destacados no país. O relatório, desenvolvido …

Bill Gates diz que não estamos prontos para a próxima pandemia

Um novo relatório da Fundação Bill e Melinda Gates referiu que as nações não estão a fazer o suficiente para se prepararem para a próxima pandemia, desafiando os países a investir a longo prazo em …

Grécia investiga acidente que vitimou testemunha no julgamento de Netanyahu

As autoridades gregas abriram na terça-feira uma investigação sobre a queda de um avião privado israelita na qual morreu uma testemunha de acusação no julgamento de corrupção do ex-primeiro-ministro Benjamin Netanyahu. O ex-oficial do Ministério das …

Gouveia e Melo: "Nós já ganhámos a este vírus"

O responsável pela 'task-force' que coordena o programa de vacinas contra a covid-19, vice-almirante Henrique Gouveia e Melo, assumiu esta quarta-feira que Portugal "já ganhou a este vírus". "Nós já ganhámos a este vírus, pelo menos, …

Mais 1247 casos e 10 mortos por covid-19. Incidência e R(t) descem

Nas últimas 24 horas, Portugal registou mais 1247 casos de covid-19 e 10 óbitos. O número de doentes internados também baixou e o R(t) continua a recuar, estando perto do verde na matriz de risco. De …