Stephen Hawking estava errado. A matéria escura não é composta por mini buracos negros

JPL-Caltech / NASA

Os físicos descartaram a possibilidade de que os buracos negros primordiais – com menos de um décimo de milímetro – componham a maior parte da matéria escura.

Uma equipa internacional de investigadores colocou uma teoria especulativa formulada por Stephen Hawking sob o teste mais rigoroso até ao momento. Detalhes desse estudo foram publicados na revista Nature Astronomy.

Os cientistas sabem que 85% da matéria no Universo é composta de matéria escura. A sua força gravitacional impede que as estrelas da Via Láctea se separem. No entanto, as tentativas de detetar partículas de matéria escura com recurso a experiências subterrâneas, ou experiências com aceleradores, incluindo o maior acelerador do mundo, o Large Hadron Collider, falharam até agora.

Isso levou os cientistas a considerar a teoria de Hawking, de 1974, sobre a existência de buracos negros primordiais nascidos logo após o Big Bang, e a sua especulação de que poderiam constituir uma grande fração da matéria escura que os cientistas estão a tentar descobrir atualmente.

A equipa, liderada por Masahiro Takada, Hiroko Niikura e Naoki Yasuda, do Instituto Kavli de Física e Matemática do Universo, e incluindo investigadores do Japão, Índia e EUA, usaram o efeito de lente gravitacional para procurar buracos negros primordiais entre a Terra e a galáxia de Andrómeda.

A lente gravitacional, efeito primeiramente sugerido por Albert Einstein, manifesta-se na curvatura dos raios de luz vindos de um objeto distante, como uma estrela, devido ao efeito gravitacional de um objeto massivo interveniente, como um buraco negro primordial. Em casos extremos, a curvatura da luz faz com que a estrela pareça muito mais brilhante do que originalmente é.

No entanto, os efeitos de lentes gravitacionais são eventos muito raros, porque requerem que uma estrela na galáxia de Andrómeda, um buraco negro primordial a atuar como lente gravitacional e um observador na Terra estejam exatamente alinhados.

Para maximizar as probabilidades de capturar um evento, os investigadores usaram a câmara digital Hyper Suprime-Cam no telescópio Subaru, no Hawai, que consegue capturar toda a imagem da galáxia de Andrómeda de uma vez, de acordo com um comunicado publicado no site do Instituto.

Tendo em conta a rapidez com que se espera que os buracos negros primordiais se movam no espaço interestelar, a equipa tirou várias fotografias para capturar o brilho de uma estrela enquanto esta se ilumina por um período de alguns minutos a horas devido às lentes gravitacionais.

Partindo de 190 imagens consecutivas da galáxia de Andrómeda, a equipa vasculhou os dados em busca de possíveis eventos de lentes gravitacionais. Se a matéria escura consistisse de buracos negros primordiais com uma determinada massa – neste caso, massas mais leves que a Lua -, os investigadores esperariam encontrar cerca de mil eventos. Mas depois de análises cuidadosas, só conseguiram identificar um caso.

Os resultados da equipa mostraram que os buracos negros primordiais não poderiam contribuir com mais de 0,1% de toda a massa de matéria escura. Portanto, é improvável que a teoria esteja correta.

Uma nova teoria que os cientistas investigam agora é tentar descobrir se os buracos negros binários descobertos pelo detetor de ondas gravitacionais LIGO são, na verdade, buracos negros primordiais.

ZAP //

PARTILHAR

11 COMENTÁRIOS

    • Ronaldinho….É proibido aos Brasileiros comentarem noticias neste site??
      E quais são os sites Brasileiros em que é proibidos os Portugueses comentarem??
      Se calhar é melhor mudar o seu nick, é que Ronaldinho faz alusão a jogadores de futebol do Brasil, aquele país onde vivem os Brasileiros….aqueles que vêm para aqui comentar sabe…
      Enfim

    • Mas que disparate é esse? As pessoas não podem comentar e participar? Há direito de exclusividade agora? Essa é boa! Eu participo em imensos fóruns de diversos países, a maioria nem sequer são lusófonos, quando entendo dar a minha humilde opinião. Não interessa para nada qual a nacionalidade, mas a contribuição de cada um nos diversos debates pois hoje as sociedades sobretudo as Ocidentais estão cheias de dúvidas e problemas comuns! Já agora abandone o nome “Ronaldinho” já que o hábito de usar certos nomes pelo seu diminutivo é típico dos brasileiros, muito mais do que dos portugueses que destinam esse tratamento quase exclusivamente a crianças. Todos são bem-vindos e fazem falta.

  1. A gravidade é uma “força” resultante de interacções, seja de matérias ou energias, gerando deformações ou rasgos no tecido do espaço/tempo; com isso, gerando força de atracção repulsão!
    Não podendo então, existir uma partícula que a defina!
    Se de facto assim funcionar!
    Se algo for encontrado relacionado a gravidade, não será o tão sonhado graviton com uma partícula, e sim um campo!

    Está definição de gravidade vós parece familiar?
    Buracos negros certo?
    De facto, eles são os melhores exemplos da gravidade que nos temos!
    São os espoentes máximos de como a gravidade funciona!

    Ainda não perceberam?
    Com está teoria, podemos perceber que sim:
    Stephen Hawking estava errado, se ele de facto pensava assim.
    A matéria escura não é composta por mini buracos negros, simplesmente porque ela não existe!
    Digo, matéria/energia obviamente!

  2. Os astrónomos e os físicos andam obcecados pela matéria escura, porque entendem que esta é a responsável pela coesão de uma galáxia, ou seja, as estrelas da galáxia a que pertencem, não fogem dela. As galáxias comportam-se como o nosso sistema solar ou outros. Da mesma forma que o nosso Sol atrai os planetas e obriga-os a executar um movimento de translação em torno da nossa estrela, uma galáxia tem no seu centro um buraco negro com massa descomunal que dada a sua força gravitacional, obriga todas as estrelas que estão dentro do seu raio de ação a descreverem um movimento de translação em torno de si. De acordo com a teoria da relatividade, quanto mais massivo for um buraco negro, mais pronunciada será a curvatura do espaço nas suas imediações, indo esbater-se à medida que a distância aumenta. Ora, todas as estrelas que se encontrarem dentro da curvatura espacial causada pelo buraco negro central, limitam-se a seguir essa curvatura e assim não fogem da galáxia.

  3. Joaquim Ferreira, disseste tudo o que eu penso!
    Só acho estranho e triste ao mesmo tempo, que: pessoas que se dizem estudadas e conhecedoras do assunto, ainda não terem chegado a esta conclusão óbvia!
    Os Físicos Astrónomos e Astrofísicos andam literalmente a dormir!
    Parecem todos uns copy peste, sem capacidades de pensarem com as próprias cabeças, e fazerem isto andar pra frente!
    Será preciso esperar dezenas de anos, para se confirmar o óbvio!

  4. Não sou nenhum entendido dos céus, mas para mim, intuitivamente, parece-me que as galáxias são o que restaram da massa visível do universo, ou seja, o resto já foi consumido por buracos negros. E o maior deles é o que está na fronteira do universo, sugando tudo para o infinito (universo em expansão), chupando inclusive os maiores buracos negros (mas menores do que o da fronteira) que se encontram entre as galáxias. Parte do big bang foi a grande explosão e outra parte é o buraco negro inicial sugando a matéria para o infinito e além. Essa parte que suga é mais forte do que a parte que expeliu, que explodiu.

RESPONDER

Só as mulheres podem parar o Apocalipse nuclear

O aumento da participação feminina no setor nuclear ajudaria a reduzir a ameaça de um Apocalipse, afirmou recentemente a analista Xanthe Scharf. O conflito nuclear continua a ser a maior ameaça imediata à segurança global. Os …

Esqueleto que caiu de um penhasco pode ter pertencido a uma princesa

Há mais de um século, um tronco esculpido que continha o antigo esqueleto de uma mulher caiu de um penhasco à beira-mar na pequena vila costeira polaca de Bagicz. Agora, os investigadores determinaram que a mulher …

Apanhado no Facetime. Prisão perpétua para português por violação e agressão em Inglaterra

Um português a residir em Inglaterra foi condenado a prisão perpétua por violação e agressão a uma jovem de 19 anos, tendo uma captura de ecrã durante uma chamada de FaceTime sido um elemento chave. Samuel …

Estranha síndrome genética está a cegar famílias inteiras

Médicos na Austrália descobriram uma condição ultra-rara que está gradualmente a cegar famílias inteiras em redor do mundo. Agora, estão a tentar encontrar uma cura. Os primeiros sinais da condição surgiram na Austrália, quando uma mãe, …

Juventus é campeã pela oitava vez consecutiva. E Ronaldo estava lá

A Juventus conquistou este sábado a Serie A pela oitava vez consecutiva, depois de vencer em casa a Fiorentina por 2-1, em jogo da 33ª jornada. Poucos dias após a eliminação nos quartos de final da …

Coletes Amarelos: novo sábado de violência em Paris

Mobilizados há mais de cinco meses, os "coletes amarelos" voltaram este sábado às ruas para o seu "acto XXIII" marcado por uma nova escalada da tensão entre manifestantes e forças de autoridade. Tiros de gás lacrimogéneo, …

Porto vs Santa Clara | Dragão suficiente assume liderança

O FC Porto venceu hoje o Santa Clara por 1-0, em partida da 30.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, que permite aos ‘dragões' regressarem, à condição, ao comando do campeonato. O FC Porto cumpriu …

Notre-Dame pode não ser a única. Vários monumentos em todo o mundo estão em risco

O incêndio na catedral de Notre-Dame, em Paris, levantou questões sobre a forma como os órgãos responsáveis pelo património cultural realizam políticas de conservação e detetam possíveis problemas. Além disso, a Unesco indicou que vários locais de …

Hubble espreita aglomerado cósmico azul

Os enxames globulares são objetos inerentemente belos, mas o alvo desta imagem do Telescópio Espacial Hubble da NASA/ESA, Messier 3, é frequentemente reconhecido como um dos mais esplêndidos de todos. Contendo, incrivelmente, meio milhão de estrelas, …

Comer carne vermelha (mesmo moderadamente) aumenta risco de cancro do intestino

O maior estudo alguma vez realizado no Reino Unido sugere que devemos reduzir (ainda mais) o consumo de carne vermelha. Um estudo financiado pela Cancer Research UK e desenvolvido pela Universidade de Oxford, no Reino Unido, …