Harvey Weinstein diz que o seu trabalho em prol das mulheres “foi esquecido”

Justin Lane / EPA

O antigo produtor de cinema Harvey Weinstein queixou-se que o seu trabalho “foi esquecido” na sequência das acusações de dezenas de mulheres que lhe imputaram crimes que vão de assédio sexual a violação.

Numa entrevista ao New York Post, citada pelo Observador, o antigo produtor de cinema afirmou: “O meu trabalho foi esquecido. Fiz mais filmes realizados por mulheres e sobre mulheres do que qualquer outro produtor de filmes – e estou a falar de há 30 anos, não de agora que isso está em voga. Fi-lo primeiro, fui pioneiro”.

Sem comentar as acusações de que foi alvo – mais de 70 mulheres denunciaram casos em que se sentiram violentadas e assediadas sexualmente -, Harvey Weinstein falou de uma dessas atrizes, Gwyneth Paltrow, frisando as condições salariais que lhe concedeu.

Foi “a atriz mais bem paga num filme independente, ganhando mais do que qualquer homem”, disse, referindo-se ao filme “Altos Voos”, de 2003. Como lembrou o New York Times, a atriz acusou Weinstein de a ter “seduzido” e levado até um quarto de hotel quando tinha 22 anos, referindo ainda este tentou fazer-lhe uma massagem.

No seguimento da entrevista, um grupo de 23 mulheres e alegadas vítimas do antigo produtor de cinema publicou uma declaração conjunta, onde atribuem a Weinstein uma “tentativa de manipular e iludir a sociedade novamente”.

“Diz numa nova entrevista que não quer ser esquecido. Bom, não será. Será lembrado como um predador sexual e um abusador que não se arrepende do que fez, que tirou tudo e não merece nada. Vai ser lembrado pela vontade coletiva de incontáveis mulheres que se levantaram e disseram que já chega. Recusamos deixar este predador reescrever o seu legado de abuso”, lê-se ainda na declaração, citada pelo Guardian.

Entre as mulheres que assinaram a declaração estão as atrizes Rosanna Arquette, Ashley Judd e Rose McGowan. Rose McGowan publicou no Twitter: “Não me esqueci de ti, Harvey. O meu corpo não se esqueceu de ti. Quem me dera que tivesse esquecido. Recusei-me a assinar um acordo de confidencialidade depois do que aconteceu porque sabia que iria atrás de ti. E assim foi. Tudo isto é sobre parar um violador inveterado. Tu”.

O julgamento de Harvey Weinstein, que se tem declarado inocente, foi agendado para o dia 06 de janeiro. Entre as acusações mais graves estão uma de violação e uma acusação de uma antiga assistente de produção, que garante ter sido forçada a permitir que este lhe fizesse sexo oral, em 2006.

Há uma semana, foi divulgado que Weinstein chegou a acordo com mais de 30 atrizes e antigas funcionárias, no qual estava prevista uma indeminização de 25 milhões de dólares, pagos pela Weinstein Company.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Recibos verdes podem pedir apoio a partir desta quarta-feira. Será pago ainda este mês

O apoio por quebra de atividade destina-se a trabalhadores independentes que nos últimos 12 meses tenham tido obrigação contributiva em pelo menos 3 meses consecutivos. O formulário para os trabalhadores independentes pedirem apoio por redução de …

"Este mês é perigosíssimo!" Costa avisa que "não podem ir à terra" na Páscoa

"As pessoas não podem ir à terra!" O alerta é de António Costa que avisa que este mês de Abril "é perigosíssimo" por causa da Páscoa. O primeiro-ministro recomenda também aos emigrantes que não venham …

13% dos casos de covid-19 em Portugal são profissionais de saúde. Há 10 médicos nos cuidados intensivos

Um em cada oito infetados com o novo coronavírus em Portugal é profissional de saúde. O número de médicos, enfermeiros, auxiliares e outros trabalhadores de hospitais e centros de saúde que estão contagiados não pára …

Curva em Itália parece estar a aplanar. Confirmado primeiro caso num campo de refugiados grego

A Itália registou mais 4.053 casos positivos e mais 837 mortes em 24 horas, valores semelhantes aos de segunda-feira e que sugerem que a curva da covid-19 parede estar a estabilizar. De acordo com o Observador, …

Há mais de 8 mil infetados e 187 mortes por covid-19 em Portugal

Há mais 27 mortes em relação a terça-feira, aumentando o número total de óbitos para 87. O número de casos confirmados em Portugal já ascende as 8 mil pessoas. O boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da …

Há falhas no sistema que regista casos de covid-19. A "esmagadora maioria" não vai ser contabilizada

O sistema que regista os casos de covid-19 em Portugal é "um pesadelo burocrático", denunciam os infecciologistas. A "esmagadora maioria" dos casos vai acabar por não ser notificada, acrescentam. O problema tornou-se público quando a Direção-Geral …

Mais de 3600 empresas já pediram acesso ao lay-off simplificado

O Governo já recebeu 3600 pedidos de empresas para aderirem ao regime lay-off lançado na semana passada, disse, esta terça-feira, a ministra do Trabalho e da Segurança Social. Ana Mendes Godinho, que falava aos jornalistas no …

Em tempos de crise, os emprestados podem ser a solução do Benfica

Bruno Varela, Cristián Lema, Filip Krovinovic, Gedson Fernandes e Diogo Gonçalves são hipóteses que Bruno Lage tem a seu dispor para regressar dos empréstimos. A suspensão das competições desportivas deixa muitos clubes entre a espada e …

Trump muda de discurso. Próximas duas semanas serão "dolorosas" e podem morrer 100 mil pessoas

Esta terça-feira, o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, falou ao país com um discurso mudado, mais pessimista e alarmista. Com o número de doentes infetados com covid-19 nos Estados Unidos a superar os 187 mil …

Autódromo do Algarve já pode receber corridas de Fórmula 1

Pista de Portimão deverá receber ainda este ano testes privados de uma das equipas do pelotão da Fórmula 1 e pretende candidatar-se a receber os testes de inverno a partir de 2021. O Autódromo Internacional do …