Harry e Meghan querem registar a marca Sussex Real (e podem ganhar milhões com pratos e roupa)

Facundo Arrizabalaga / EPA

O príncipe Harry, de Inglaterra, e a atriz norte-americana Meghan Markle

O futuro dos Duques de Sussex, Harry e Meghan, continua a ser uma incógnita depois de terem anunciado que se querem afastar da Família Real e tornarem-se “financeiramente autónomos”. O problema das Finanças poderá ser o mais fácil de resolver, já que o casal pode ser uma verdadeira “mina de ouro” em termos comerciais.

Em Dezembro passado, eventualmente já cientes do anúncio que iam fazer ao mundo, a Fundação dos Duques de Sussex terá entrado com um pedido para registar a marca Sussex Real, conforme avança o jornal britânico The Guardian.

A ideia será patentear uma marca global a pensar em mercados de países como Austrália, Canadá, EUA e Reino Unido, por onde pode passar a futura residência de Harry e Meghan, ou de todo o universo da União Europeia.

A Sussex Real poderá vir a comercializar produtos como roupa, pratos, revistas, calendários, artigos de higiene pessoal, itens desportivos, brinquedos e bebidas alcoólicas, mas também envolver-se na criação de “grupos de apoio emocional”, no apoio a instituições de caridade, serviços de educação e assistência social, e ainda abranger a gestão das redes sociais do casal, segundo avança o The Guardian.

O registo da marca pode revelar-se uma verdadeira “mina de ouro” para os Duques, com especialistas ouvidos pelo jornal inglês a preverem que só no primeiro ano e sem contar com o mercado norte-americano, podem ganhar cerca de 500 mil libras (mais de meio milhão de euros).

A questão financeira é um dos pontos a ser discutido nesta segunda-feira, na reunião de emergência convocada pela Rainha Isabel II para discutir com a restante família real o anúncio feito por Harry e Meghan.

O encontro vai contar com a presença, além da Rainha, dos Príncipes Carlos, William e Harry e admite-se que Meghan intervenha na conversa por via telefónica, já que ela não se encontra no Reino Unido neste momento.

Certo é que a já chamada “Cimeira de Sandringham”, em alusão ao local onde vai decorrer, vai fazer “História real”, como analisa o especialista da BBC em questões monárquicas Jonny Dymond. A decisão a tomar perante o anúncio do casal pode influenciar o futuro de outros elementos da família real britânica, embora não se espere que o encontro resulte numa solução final. Será um primeiro passo para chegar a um acordo com Harry e Meghan quanto aos detalhes do seu afastamento real.

Uma eventual intransigência familiar perante as suas intenções poderá levar o casal a dar uma entrevista televisiva “potencialmente prejudicial” para a família real britânica, avançam alguns media britânicos.

O afastamento tem sido associado a uma eventual má relação entre os Duques de Sussex e William e Kate. O Times of London chegou a avançar que a decisão de Harry e Meghan surgiu após “uma atitude de bullying” do irmão, algo que os dois príncipes negam num comunicado conjunto. “Para irmãos que se preocupam tão profundamente com assuntos relacionados com a saúde mental, o uso de linguagem inflamatória desta forma é ofensivo e potencialmente prejudicial”, sublinham Harry e William.

Entre as diversas questões que é preciso abordar dado o anúncio de Harry e Meghan, estão, por exemplo, a Segurança do casal e do seu filho Archie e especificamente quem a vai pagar, bem como onde vão viver permanentemente, onde vão pagar impostos, se vão manter a casa de Frogmore Cottage, em Windsor, que é propriedade da Rainha e que foi remodelada especialmente para acolher os Duques em obras que custaram mais de 2 milhões de libras (cerca de 2,3 milhões de euros) e que foram pagas pelos contribuintes britânicos.

Os Duques já disseram que podem prescindir do apoio financeiro que lhes chega via Subvenção Soberana paga pelo Estado à família real britânica e que custeará apenas 5% das suas despesas.

Harry recebe uma “mesada” do Príncipe Carlos e há rumores de que ele terá ameaçado tirar-lhe esse dinheiro perante o anúncio.

Mas o príncipe rebelde nem precisaria muito do dinheiro do pai, já que herdou 7 milhões de libras (cerca de 8,2 milhões de euros) aquando da morte da mãe, Diana. A própria Meghan também tem o seu pé de meia dos tempos em que foi uma actriz de sucesso.

Estima-se que a fortuna pessoal do casal ronda entre os 10 milhões e os 15 milhões de libras (entre 11,7 e 17,6 milhões de euros). Mas podem tornar-se uma verdadeira “mina de ouro” se decidirem trabalhar no sector privado. Para isso poderiam ter que abdicar do título real, para não levantarem questões éticas, nem conflitos de interesse com a família real.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Juiz Neto de Moura muda nome com que assina acórdãos

O juiz Neto de Moura, envolvido em algumas decisões polémicas sobre violência doméstica, alterou o nome com que assina os acórdãos, avança o Jornal de Notícias na sua edição impressa deste domingo. De acordo com …

Violenta tempestade faz pelo menos 30 mortos em Minas Gerais

A violenta tempestade que desde quinta-feira assola o estado de Minas Gerais, sudeste do Brasil, já provocou pelo menos 30 mortos e 17 desaparecidos, anunciou este domingo a Proteção Civil. De acordo com o novo balanço, …

Descobertas quatro novas espécies de tubarões que caminham

Foram descobertas quatro novas espécies de tubarões que caminham usando as suas barbatanas. Ao todo são já conhecidas nove espécies deste tipo de tubarões. Investigadores encontraram tubarões que caminham nas águas do norte da Austrália e …

Caso suspeito de infeção por coronavírus em Portugal deu negativo

A Direção-Geral da Saúde (DGS) informou este domingo que o primeiro caso suspeita de coronavírus em Portugal, com um paciente sob observação no Hospital de Curry Cabral, em Lisboa, deu negativo após  análises. "A Direção-Geral da …

Francisco Rodrigues dos Santos é o novo líder do CDS

A moção de estratégia de Francisco Rodrigues dos Santos, sob o título "Voltar a Acreditar", foi a mais votada na madrugada domingo no 28.º congresso do CDS, em Aveiro, avançaram à agência Lusa fontes partidárias. A …

Cientistas descobrem proteína capaz de imitar os efeitos do exercício físico

A proteína, chamada de Sestrin, é capaz de proporcionar benefícios musculares muito semelhantes aos da prática de exercício físico. Um grupo de cientistas da Universidade de Medicina do Michigan, nos Estados Unidos, descobriu uma proteína …

Inscrição hebraica com 2.800 anos revela antigo nome bíblico

Uma equipa de arqueólogos encontrou um jarro com 2.8000 anos com a inscrição em hebraico "Benayo" no sítio arqueológico de Abel Beth Maacah, no norte de Israel, local várias vezes mencionado na Bíblia Hebraica.  De …

Braga vence FC Porto e conquista Taça da Liga. Sérgio coloca lugar à disposição

O Sporting de Braga venceu hoje o FC Porto por 1-0 e conquistou a Taça da Liga, com Ricardo Horta a marcar o golo decisivo aos 90+5, garantindo um troféu que os bracarenses já tinham …

Rara moeda de ouro com a cara de Eduardo VIII vendida por preço recorde

Uma rara moeda de ouro com o perfil do rei britânico Edward VIII foi vendida a um comprador particular pelo valor recorde de 1,3 milhões de dólares. A informação é avançada pela Royal British Mint, a …

Depois dos incêndios, Austrália está prestes a experimentar uma "bonança" de aranhas mortais

Depois dos incêndios florestais que assolaram o país, os australianos começaram a implorar por chuva. O bónus de aranhas mortais não estava incluído no pedido, mas os especialistas do Australian Reptile Park acreditam que é …