Hackers russos revelam alegado doping de atletas americanas

Tatyana Zenkovich / EPA

-

Hackers informáticos russos divulgaram informações médicas privadas da ginasta Simone Biles e das tenistas Serena e Venus Williams, revelando que as famosas atletas americanas receberam permissão médica para usar drogas consideradas proibidas.

Segundo o New York Times, a Agência Mundial Antidoping (WADA) atribuiu a invasão a um grupo de ciberespionagem russo chamado “Tsar Team”, também conhecido como “Fancy Bear” – um grupo que tem como alvo os Ministérios da Defesa de vários países.

Apesar de confirmar a fuga de informação, a agência “lamenta a situação” e garante que as substâncias não foram usadas de forma irregular.

Segundo a WADA, algumas atletas com determinadas condições médicas podem pedir prescrições para certos medicamentos que estão na lista das substâncias consideradas proibidas.

A especialista em ginástica artística, Simone Biles, terá consumido medicamentos para combater a hiperatividade – que são considerados proibidos no desporto mas foram aprovados pela agência de antidoping – e as irmãs Williams terão ingerido anti-inflamatórios.

“Em cada uma das situações, as atletas fizeram tudo de acordo com as regras globais para obter a permissão para usar aquela medicação”, adiantou o presidente da Agência Antidoping dos Estados Unidos, Travis Tygart.

As famosas atletas já se defenderam das acusações nas redes sociais, destacando que cumpriram todas as normas estabelecidas.

“Tenho défice de atenção e tomo remédios desde criança. Por favor, saibam que eu sempre segui as regras e continuarei a fazê-lo já que o jogo limpo é crucial para o desporto e muito importante para mim”, explicou a ginasta no Twitter.

Venus Williams mostrou-se desapontada com a divulgação das informações confidenciais e adiantou que é uma das grandes defensoras do “mais alto nível do desporto de elite”.

O grupo de hackers afirmou que, nos Jogos Olímpicos, os EUA tiveram uma boa prestação – mas que não foi justa – e admitiram ainda que vão publicar mais informações médicas sobre outros atletas mundiais nos próximos dias.

O governo americano está a investigar o caso, visto haver a suspeita de que os hackers tenham ligações ao Governo russo.

“Estes atos criminosos estão a comprometer muito o esforço da comunidade mundial antidoping para restabelecer a confiança na Rússia”, disse o diretor-geral da WADA, Olivier Niggli.

O porta-voz do presidente Vladimir Putin, Dmitry Pescov, negou que o país tenha alguma coisa a ver com o caso.

BZR, ZAP

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. A questão do “doping” no desporto nasceu no Império dos Cowboys, sendo que eles acham que tem assim direitos de exclusividade.
    Inclusivamente naquela selvajaria denominada por “Futebol Americano” (versão abrutalhada do rugby) , usa-se e abusa-se de drogas dopantes – tendo até sido agora criado um “medicamento” para “tratar” os numerosos casos de traumatismos crânio-encefálicos resultantes desta estupidez tipicamente yankee.

RESPONDER

Dieta ocidental está a deixar as pessoas menos inteligentes

Uma dieta pouco saudável, à base de hambúrgueres e doces está literalmente a deixar as pessoas menos inteligentes apenas no espaço de uma semana. Esta foi a conclusão de um estudo de investigadores da Universidade …

Pedro Proença: Sociedade deve atuar no combate ao racismo

O presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) disse, esta sexta-feira, que a sociedade portuguesa deve atuar no combate ao racismo, violência, xenofobia e intolerância. A Liga vai lançar, durante este fim-de-semana, uma campanha com …

Na última década, Coreia do Norte gastou mais de meio milhão de dólares em cavalos russos

A Coreia do Norte gastou recentemente dezenas de milhares de dólares na aquisição de 12 cavalos provenientes da Rússia, de acordo com os dados alfandegários. A Coreia do Norte gastou quase meio milhão de dólares (584.302 …

O caranguejo "supervilão" do Canadá vai ser transformado em plástico biodegradável

Uma equipa de cientistas no Canadá desenvolveu um plano para transformar uma espécie invasora de crustáceo - conhecida como como caranguejo supervilão - em copos e talheres  de "plástico", usando as suas carapaças para criar …

Covid-19. Tripulante de navio japonês pode ser o primeiro português infetado

Um português que é tripulante do navio Princess Cruises, atracado no porto de Yokohama, no Japão, pode ter sido diagnosticado "positivo" com o novo coronavírus. Contactada pela agência Lusa, a diretora-geral de Saúde, Graça Freitas, afirma …

Harry e Meghan vão deixar de poder usar a marca Sussex Royal

O duque e a duquesa de Sussex vão deixar de poder usar a marca Sussex Royal, anunciou, esta sexta-feira, um porta-voz da casa real. "Estando o duque e a duquesa focados nos seus planos de estabelecer …

Messi marca quatro e embala Barcelona para o topo da La Liga

Um póquer de Lionel Messi embalou o FC Barcelona, este sábado, para a liderança da Liga espanhola, com uma "mão cheia" de golos na receção ao Eibar (5-0). Os catalães subiram ao topo de La Liga …

Fátima esperava pela mãe à porta da escola. Foi torturada e assassinada

A menina de sete anos desapareceu, no dia 11, quando esperava pela mãe à porta da escola, num bairro da capital mexicana. O seu corpo foi encontrado alguns dias depois, com sinais de tortura. Fátima Anton, …

Última residência do czar Nicolau II reabre portas este verão

O Palácio de Alexandre, na Rússia, vai reabrir ao público este verão, depois ter sido sujeito a obras de remodelação profundas durante oito anos. O Palácio de Alexandre, a última residência do czar Nicolau II antes …

Banco de Portugal quer rever regras sobre governo e controlo interno de bancos

O Banco de Portugal (BdP) vai rever as regras de governo e sistemas de controlo interno nos bancos, incluindo práticas remuneratórias, tendo até 23 de março em consulta pública dois projetos regulamentares. Segundo o Banco de …