Há um fato especial que quer fazer da morte uma coisa mais “verde”

O fato é revestido com esporos de cogumelos para que o corpo seja decomposto de uma forma mais ecológica e para garantir que não prejudica a natureza.

Se o número de pessoas em busca de uma vida mais sustentável tem aumentado nos últimos anos, é seguro dizer que o mesmo acontece quando se trata da morte.

A empresa norte-americana Coeio é um exemplo disso mesmo, agora que está prestes a lançar um novo produto que, apesar de à primeira vista ser um bocado mórbido, só quer ajudar a ter uma morte mais sustentável.

Batizado de The Infinity Burial, este é um fato especial para ser usado no dia do enterro e que faz com que o corpo seja decomposto de uma forma mais ‘saudável’.

O fato é bordado à mão e é revestido com esporos de cogumelos para que estes consigam limpar as toxinas do corpo e acelerar o processo de decomposição.

A ideia foi originalmente apresentada pela sua criadora, Jae Rhim Lee, em 2011, durante uma apresentação do TED mas só agora vai ser lançada oficialmente.

“Esta tecnologia acelera o nosso regresso à terra através da decomposição, limpa as toxinas que fomos acumulando ao longo da vida e acelera a entrega de nutrientes às plantas”, explica Mike Ma, co-fundador do projeto, citado pelo Mashable.

A ideia também passa por estimular as pessoas a deixarem de optar pelos habituais caixões, um método que esgota um recurso natural tão importante como a madeira e que usa produtos tóxicos para preservar o corpo.

De acordo com o site da empresa, os fundadores estão neste momento à procura de pessoas que estejam interessadas em ajudar a desenvolver e a melhorar o produto.

A Coeio já tem o seu primeiro cliente, Dennis White, um homem de 63 anos com uma doença terminal que quer ter uma morte mais verde.

Este fato especial vai estar disponível já a partir deste ano, com um custo aproximado de mil dólares, cerca de 900 euros. A empresa nova-iorquina também vai disponibilizar uma versão para animais.

ZAP / Hypeness

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Ahahahah deixa-me rirrrrrr, la vão as FUNERARIAS á VIDA e a MORTE coitada vai á FALENCIA tambem iiiiiii,ao menos morremos e na apanhamos FRIO com os tais FATOS ehehehehh, ja na vamos de CAIXÃO ççççççç, e ja não apanhamos FRIO risssssss,ou será que os FATOS resistem ao FOGO e ao GELO õ.õ ahahahahaiiiiiiii, e os FORNOS CREMATORIOSvão queimar os CORPOS com os FATOS vestidos õ.õ ahahahah será que os FATOS como sãoBIODEGRADVEIS ai iiiii vai ser uma MINA de LUCROS para as NOVAS FUNERARIAS da NOVA ERA risssss ahaha iiiiiiii…..

    A.G.P.

RESPONDER

"DeepNude". Inteligência Artificial "tirou a roupa" a mulheres nas redes sociais

A empresa de informação Sensity alertou que mais de 100 mil imagens foram carregadas para um canal de Telegram onde um bot "tirou a roupa" de mulheres. A empresa de segurança Sensity revelou recentemente que existe …

Poluição atmosférica "custa" a cada citadino europeu 1.276 euros por ano

A poluição atmosférica "custa" 1.276 euros por ano a cada cidadão europeu residente em cidades, de acordo com um estudo da Aliança Europeia de Saúde Pública (EPHA) divulgado esta quarta-feira. O estudo chegou ao valor médio …

"Emergência arqueológica". O degelo dos Alpes está a "libertar" artefactos escondidos há milhares de anos

As alterações climáticas podem estar a ajudar os arqueólogos a encontrar artefactos escondidos nos glaciares do Alpes há milhares de anos. O derretimento dos glaciares dos Alpes está a "liberta" objetos que permaneceram congelados no tempo …

Thermite RS3 é o primeiro robô de combate a incêndios dos EUA (e está pronto a entrar ao serviço)

O Corpo de Bombeiros de Los Angeles, nos Estados Unidos, deu as boas-vindas ao mais recente membro da equipa: um bombeiro robótico. O Thermite RS3 é um rover de controlo remoto capaz de bombear milhares de …

Inventor dinamarquês que matou jornalista no seu submarino escapou da prisão (mas já foi apanhado)

O inventor dinamarquês Peter Madsen, condenado a prisão perpétua por torturar e assassinar a jornalista sueca Kim Wall, fugiu da prisão esta terça-feira.  As autoridades dinamarquesas capturaram-no minutos depois. Peter Madsen, o dinamarquês condenado a prisão …

Molécula descoberta por menina de 14 anos pode levar a uma cura para a covid-19

A jovem norte-americana de 14 anos, Anika Chebrolu, descobriu uma molécula que pode levar a uma potencial cura para a covid-19. Enquanto cientistas dos quatro cantos do mundo trabalham no desenvolvimento de uma vacina para a …

Cerca de 1.300 reclusos fogem de prisão no Congo após ataque do Estado Islâmico

Cerca de 1.300 reclusos escaparam de uma prisão na República Democrática do Congo na manhã de terça-feira, após um ataque reivindicado pelo Estado Islâmico, informou a Organização das Nações Unidas (ONU). Embora as autoridades locais tenham …

Amesterdão vai usar flores para impedir que os ciclistas estacionem bicicletas nas pontes

A cidade conhecida pelo uso de bicicletas, vai agora tomar uma medida em relação ao estacionamento destas nas pontes. Tudo para proteger as vistas para os seus famosos canais. Amesterdão orgulha-se de ser uma das cidades …

Morreu voluntário envolvido no ensaio da vacina de Oxford. Tinha 28 anos e era médico recém-formado

As autoridades de saúde brasileiras divulgaram esta quarta-feira a morte de um voluntário dos testes da vacina contra a covid-19, desenvolvida pelo laboratório AstraZeneca e pela Universidade de Oxford. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), …

Milo, o "comunicador de ação" que permite conversar em grupo durante atividades ao ar livre

Chegou o Milo, o novo aparelho que vai revolucionar as aventuras em grupo. Este pequeno dispositivo permite-lhe conversar com o seu grupo à distancia sem precisar de levar o smartphone para o meio da montanha, …