Há novas teorias sobre a origem dos “círculos de fada” no deserto da Namíbia

Beavis729 / Wikimedia

Os “círculos de fada” no deserto da Namíbia

Os “círculos de fada” no deserto da Namíbia

O deserto da Namíbia está repleto de padrões circulares cuja origem tem sido debatida por vários investigadores. Mas agora há duas novas explicações para o mistério, que podem finalmente estar corretas.

Os chamados “círculos de fada” que aparecem no meio da vegetação no deserto da Namíbia podem medir entre dois e 25 metros de largura e têm intrigado os cientistas.

Vários mitos criados pelo povo Himba, dizem que estes fenómenos são pegadas dos deuses e que aquela região teria poderes espirituais e mágicos.

Agora, os cientistas da Universidade de Princeton, nos EUA, dizem ter finalmente descoberto a verdadeira origem desses círculos misteriosos e divulgaram as teorias num artigo publicado na Nature.

A primeira explicação defende que os círculos são criados por térmitas que vivem no subsolo e comem as raízes das plantas. Esses insetos tornam o solo poroso e estabelecem reservatórios permanentes de água da chuva 50 centímetros abaixo da superfície, o que os sustenta e ao ecossistema circundante.

Outra ideia alternativa acrescenta que os “círculos de fada” são explicados pelas plantas que competem pela água. Essas plantas ajudam as suas vizinhas mantendo a água na superfície, mas prejudicam as plantas mais afastadas.

A teoria da competição de água pode explicar os padrões regulares, mas ainda não foi comprovada em testes, diz a bióloga Corina Tarnita, citada pela New Scientist.

Enquanto isso, a teoria das térmitas é apoiada por observações de ninhos de insetos nos círculos, mas os especialistas não conseguem entender a uniformidade dos padrões. Para obter respostas, os cientistas criaram modelos virtuais onde simularam o impacto das colónias de térmitas no solo.

“As térmitas criam a sua própria colónia. Se encontrarem uma colónia menor, matam-na e expandem seu próprio território. Mas se descobrirem uma que é do mesmo tamanho, acabam por criar uma fronteira“, destacou a bióloga.

Essas fronteiras dos ninhos serão os limites dos círculos maiores e a competição de água entre as plantas será responsável por criar os restantes círculos pequenos.

“Os círculos de fadas chamaram tanta atenção, que as pessoas não prestaram atenção à forma como a vegetação surge entre os círculos”, afirmou Tarnita, sublinhando que os dois mecanismos estão a agir em simultâneo.

Mas nem todos os especialistas estão convencidos com esta explicação. O ecologista Stephan Getzin, do Centro Helmholtz para a Investigação Ambiental, na Alemanha, diz ter observado padrões semelhantes numa região do deserto australiano onde não existem térmitas.

“Se houver círculos de fadas sem a presença de térmitas, essa teoria não pode ser considerada como uma forte explicação para o fenómeno”, destacou.

Estes padrões também já foram observados no estado do Arizona (EUA), no Brasil, no Quénia e em Moçambique.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Há mais recuperados do que apontam os dados oficiais

A diretora-geral da Saúde admitiu esta segunda-feira que o número de doentes recuperados de covid-19 é superior ao apontado pelos dados oficiais, disponibilizados no boletim diário da DGS, por atrasos na notificação. “Sabemos que há mais …

E agora, o Famalicão-Benfica em versão musical

Senhoras e senhores, bem-vindos à CoronaLiga 2020/2021. Não é ao mambo número cinco. O Lou Bega não sabe o que está a dizer. Ou a cantar. David Lubega. Talvez muita gente não saiba que nasceu em …

StayAway Covid conta mais de um milhão de utilizadores

StayAway Covid, a aplicação móvel que permite rastrear as redes de contágio de covid-19, já foi descarregada por mais de um milhão de pessoas, 19 dias após o seu lançamento. O administrador do Instituto de Engenharia …

Bielorrússia. 440 pessoas detidas violentamente após se juntarem na "marcha da justiça"

Mais de 440 pessoas foram detidas no domingo em várias cidades da Bielorrússia por participarem em protestos contra o Presidente do país, Alexander Lukashenko, informou esta segunda-feira o Ministério do Interior bielorrusso. Em todo o país, …

"Sim" vence referendo para reduzir um terço dos deputados em Itália

O “sim” à redução em um terço dos deputados em Itália venceu o referendo realizado no domingo e hoje com 60% a 64% dos votos, segundo sondagens à boca das urnas citada pela agência Lusa. O …

Depois de vários boicotes à atividade de Navalny, Supremo dissolve o seu partido político

O Supremo tribunal da Rússia dissolveu hoje o partido político "A Rússia do Futuro", fundado pelo líder da oposição Alexei Navalny, hospitalizado na Alemanha após ser envenenado com o agente neurotóxico Novichok, de acordo com …

"Solução Milagrosa" também é vendida em Portugal para tratar covid-19. Infarmed avisa que é "uma lixívia"

A Solução Mineral Milagrosa, ou MMS, está também a ser vendida em Portugal como tratamento para a covid-19, tal como tem acontecido noutros países. Mas o Infarmed alerta que este produto é, basicamente, "uma lixívia" …

Carlos César defende que o próximo PR deverá ser um "contribuinte de estabilidade política"

O presidente do PS, Carlos César, disse hoje que o próximo chefe de Estado português deve ser um "contribuinte da estabilidade política", atuando "contra todos os extremismos" e valorizando as autonomias da Madeira e Açores. Carlos …

Marcelo assinala 75 anos da ONU com a frase que veio "mudar o mundo para sempre"

O Presidente da República apelou hoje ao compromisso de todos para com a ONU, 75 anos depois da sua criação. Marcelo Rebelo de Sousa defendeu que isso se torna ainda mais urgente com as consequências …

Pelo menos 270 baleias piloto estão encalhadas na Tasmânia. Austrália já lançou operação de resgate

Cerca de 270 baleias piloto ficaram encalhadas numa área remota da ilha da Tasmânia, no sul da Austrália, e três baleias corcundas conseguiram encontrar o caminho do mar após permanecerem num rio infestado de crocodilos …