Há na Terra um bilião de espécies (e 99,9% estão por identificar)

Bacterias

Conhecemos apenas um milésimo de 1 por cento das espécies que habitam na Terra. É o que conclui um estudo científico que prevê que haja no nosso planeta um bilião de espécies – das quais 99,9% ainda por identificar.

Esta investigação é descrita como a maior análise já feita a dados microbianos, cruzando informações de bases de dados governamentais, académicas e de outras fontes científicas sobre animais, plantas e organismos microbianos.

Segundo o Science Daily, trata-se da “maior compilação do género, com mais de 5.6 milhões de espécies de 35 mil locais distintos, por todo o mundo, tanto nos oceanos como nos continentes, com excepção da Antárctida”.

“O nosso estudo combina os maiores conjuntos de dados disponíveis com modelos ecológicos e novas regras ecológicas sobre como a biodiversidade se relaciona com a abundância”, explica o biólogo Jay T. Lennon, investigador da Universidade do Indiana, nos EUA, e um dos autores da pesquisa.

“Isto deu-nos uma nova e rigorosa estimativa quanto ao número de espécies microbianas na Terra”, acrescenta Lennon.

Realçando que “estimar o número de espécies na Terra está entre os grandes desafios da biologia”, Jay T. Lennon acrescenta que “até recentemente, faltavam-nos as ferramentas” para fazer essa previsão com rigor.

“O advento de nova tecnologia de sequência genética fornece uma invulgarmente ampla piscina de nova informação“, realça porém o investigador.

Na investigação publicada na revista científica Proceedings of the National Academy of Sciences, os investigadores notam que descobriram leis de escala – por exemplo, o número de espécie em escala com a área da paisagem – que podem prever com precisão o número de espécies de comunidades de plantas e de animais.

“Até agora, não sabíamos se aspectos da biodiversidade escalavam com algo tão simples como a abundância de organismos. Afinal, as relações não são apenas simples, mas poderosas, resultando na estimativa de mais de um bilião de espécies“, sublinha Jay T. Lennon.

Entre estas espécies desconhecidas estão milhares de milhões de microorganismos, nomeadamente bactérias e fungos microscópicos, alguns constituídos por uma única célula, cuja diversidade tem sido subestimada.

“Antes da sequenciação de alta capacidade, os cientistas caracterizavam a diversidade baseando-se em 100 indivíduos, quando sabemos que uma grama de solo contém até mil milhões de organismos, e o número total na Terra é 20 vezes maior em magnitude”, nota Jay T. Lennon.

O Projecto de Microbioma da Terra, uma iniciativa global e interdisciplinar que procura catalogar os microorganismos existentes, catalogou até agora, menos de 10 milhões de espécies.

“Dessas espécies catalogadas, somente cerca de 10.000 cresceram alguma vez em laboratório e menos de 100.000 têm sequências classificadas”, nota Jay T. Lennon.

“Os nossos resultados mostram que isto deixa 100.000 vezes mais microorganismos à espera de serem descobertos – e 100 milhões para serem completamente explorados”, diz o cientista.

“Parece que a biodiversidade microbial é maior do que alguma vez se imaginava“, conclui o investigador.

E é certo que a tarefa de catalogar todos esses microrganismos é se não impossível, absolutamente megalómana.

ZAP

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. “”Bilião” é uma palavra que não existe no dicionário português. Talvez num dicionário de português do Brasil… Ou será que “bilião” é uma expressão científica?

    Nota: Já sei que esta notícia é de 2015, mas a palavra estrangeiro (usada como nacional) saltou-me á vista… Desculpem lá qualquer coisinha.

    • Caro leitor,
      A palavra “bilião” existe, obviamente, no dicionário português (de Portugal).
      Representa a quantidade “1 com doze zeros”.
      O facto de inúmeras vezes a palavra “bilião” ser erradamente usada em vez de “milhar de milhão” (normalmente por má tradução do brasileiro bilhão ou anglo-saxonico billion), não quer dizer que não exista em pt-PT. E nem sequer se coloca a questão de saber se é “muito ou pouco usada”. É 100% correcta, desde que usada a identificar a quantidade correcta, caso em que é aliás a única que o pode ser.
      A ordem das grandezas, em pt-PT é: milhão, milhar de milhão, bilião, milhar de bilião, trilião…
      Os anglos-axonicos usam, para as mesmas grandezas: million, billion, trillion, quadrillion…
      No caso desta notícia, segundo a nossa fonte:
      Summary: Earth could contain nearly 1 trillion species
      Um bilião, portanto.

RESPONDER

Entre "bomba atómica" e "cozinhado" de última hora, Marcelo recebeu Rangel (para irritação de Rio)

O Presidente da República recebeu Paulo Rangel numa altura em que tenta ainda "cozinhar" um entendimento de última hora para aprovação do Orçamento de Estado para 2022, de modo a evitar a "bomba atómica" da …

Sarabia (2E) do Sporting disputa a bola com Ricielli (2D) do Famalicão durante jogo da Taça da Liga

Sporting 2-1 Famalicão | Leões roubaram a bola e não deram hipóteses

O Sporting venceu o Famalicão 2-1, em jogo do grupo B da Taça da Liga, no qual, apesar da diferença mínima, não deu hipóteses ao adversário e controlou-o desde o primeiro ao último minuto. Finalmente Rúben …

Cidade australiana está a dar terrenos de graça para atrair novos moradores

Uma cidade em Queensland, na Austrália, está a doar terrenos numa tentativa de aumentar a sua população de apenas 800 pessoas. Em declarações ao site news.com.au, as autoridades da cidade australiana de Quilpie explicaram que estão …

Princesa Mako e o marido Komuro Kei

Entre escândalos na imprensa e stress pós-traumático, nada deteve o amor da Princesa Mako pelo plebeu Kei Komuro

A monarca japonesa vai abandonar a vida real e viver nos EUA com o marido, um advogado plebeu que conheceu em 2012 na Universidade. A imprensa tem escrutinado a vida de Komuro Kei, que consideram …

Depressão: o relato de Vanessa Fernandes

Escrava do seu sucesso, a vencedora de uma medalha nos Jogos Olímpicos confessa que teria ficado destruída, caso não tivesse pedido ajuda. A ideia era sempre "ganhar e ser a melhor" mas, nos bastidores, Vanessa Fernandes …

Squid Game. Coreia do Norte ataca Coreia do Sul com base no novo sucesso da Netflix

A série "Squid Game", que é a mais vista de sempre na Netflix, tornou-se tão popular que nem a Coreia do Norte ficou indiferente — mas por maus motivos. Enquanto a série sul-coreana tem conquistado espectadores …

O jogador do Santa Clara, Chindris, festeja um golo contra o FC Porto

Santa Clara 3-1 FC Porto | Eficácia atira dragões para fora da Taça da Liga

O Santa Clara recebeu e venceu hoje o FC Porto por 3-1, atirando os portistas para fora da Taça da Liga, num jogo em que a eficácia açoriana fez a diferença. Os golos do triunfo açoriano …

O Presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque

Albuquerque mostrou-se disponível para negociar o OE, mas Rio diz que "a Madeira não está à venda"

O presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque, manifestou hoje disponibilidade para conversar com o Governo sobre o OE, mas Rui Rio garantiu que os deputados madeirenses não vão contrariar o partido. “Se for para …

Golpe de Estado no Sudão. Confrontos nas ruas causam sete mortos e 140 feridos

Milhares de sudaneses têm saído às ruas para protestarem a tomada do poder pelos militares. A comunidade internacional tem sido unânime na condenação ao golpe de Estado. Na sequência do golpe de Estado de segunda-feira, os …

Amnistia Internacional pede que EUA retirem acusações a Assange e a Londres que evite extraditá-lo

A Amnistia Internacional (AI) pediu aos Estados Unidos que retirem as acusações contra o fundador da Wikileaks, Julian Assange, e ao Reino Unido que evite extraditá-lo, pedido feito hoje antes do início, quarta-feira, de nova …