Já há preparativos para a aproximação do asteróide Apophis em 2029

Os cientistas já revelaram algumas das observações que vão levar a cabo durante a aproximação do asteróide Apophis à Terra, que atingirá a sua distância mais próxima do nosso planeta em meados de abril de 2029.

A 13 de abril de 2029 uma mancha perfurará o céu, tornando-se mais brilhante e mais rápida. Será o asteróide 99942 Apophis, vulgarmente conhecimento como Deus do Caos, a aproximar-se da Terra, conta a agência espanhola Europa Press.

Este corpo rochoso de enormes dimensões (340 metros de largura) passará muito “perto” da Terra, ficando no ponto máximo da sua aproximação a 31 mil quilómetros do nosso planeta. Nesse momento, o Apophis estará mais perto do que alguns satélites, que chegam a estacionar em órbitas a 36 mil km de altitude.

Apesar de este corpo passar a uma distância considerada curta a nível astronómico, a probabilidade de o Apophis impactar com a Terra é quase nula: menos de 1 em 100.000.

Na habitual Conferência de Defesa Planetária de 2019, que decorreu em Maryland, nos Estados Unidos, vários cientistas discutiram planos de observação para este evento celestial que está ainda a uma década de distância.

“A aproximação de Apophis em 2029 será uma incrível oportunidade para a Ciência”, disse Marina Brozovic, cientista do Laboratório de Propulsão a Jato da NASA. “Observaremos este asteróide com telescópios óticos e de radar. Com observações de radar, poderemos conseguir ver com detalhe a sua superfície a alguns metros de distância”.

O asteróide, que se verá sob a forma de um ponto de luz em movimento, começará a ser visível a olho nu no céu noturno sobre o hemisfério sul, sobrevoando a Terra da costa leste até à costa oeste da Austrália. Depois, atravessará o Oceano Índico e, mais tarde, cruzará o equador, movendo-se ainda para oeste, sobre África.

No seu ponto mais próximo da Terra, por volta das 12 horas em Lisboa, o Apophis estará sobre o Oceano Atlântico, atravessando-o em apenas uma hora.

Boa “janela” para a Ciência

Desde que foi descoberto, em junho de 2004, vários telescópios têm acompanhado este asteróide enquanto este continua a sua órbita em torno do Sol.

Os cientistas conhecem bem a sua trajetória futura deste corpo, mas o ano de 2029 será o ano das grandes observações. Com a aproximação deste corpo, os cientistas esperam descobrir mais sobre a sua forma, composição e até sobre o seu interior.

“Já sabemos que um encontro próximo com a Terra mudará a órbita de Apophis, mas os nossos modelos mostram também que o foco próximo pode mudar a forma como es asteróide gira, e pode haver algumas mudanças na superfície, como pequenas avalanches”. disse Davide Farnocchia, astrónomo do CNEOS, o Centro de Estudos de Objetos Próximos da Terra do Laboratório de Propulsão a Jato da NASA.

“O Apophis é um representante de aproximadamente 2.000 asteróides potencialmente perigosos atualmente conhecidos”, completou Paul Chodas, diretor do CNEOS.

“Ao observar Apophis durante seu sobrevoo em 2029, obteremos informações científicas importantes que poderão um dia ser usadas para a defesa planetária”.

Apesar de ser muito pouco provável que um asteróide venha a colidir com a Terra nos próximos anos, as agências espaciais têm reunido esforços para melhorar os programas destinados para o acompanhamento e desvio destes corpos em rota de colisão com a Terra.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. “Este corpo rochoso de enormes dimensões (340 metros de largura) passará muito “perto” da Terra, ficando no ponto máximo da sua aproximação a 31.000 quilómetros do nosso planeta – estará mais perto do que qualquer nave espacial já esteve.”. De que naves falam? de ETs? É que todas as outras que se conhecem estiveram, sem exceção, mais perto que isso.

  2. Nesta página está escrito: “a aproximação do asteróide Apophis à Terra, que atingirá a sua distância mais próxima do nosso planeta em meados de abril de 2029.”, um pouco mais abaixo, lê-se: “A aproximação de Apophis em 2019 será uma incrível oportunidade para a Ciência”, parece-me que é uma gafe. Mas não ficamos por aqui, porque se escreve o seguinte: “probabilidade de o Apophis impactar com a Terra é quase nula: menos de 1 em 100.000.” Também neste caso, um pouco mais à frente se diz: “Apesar de ser muito pouco provável que um asteróide venha a colidir com a Terra nos próximos anos – a probabilidade é de 1 em 300.000, segundo a NASA.” Bem, espero que não me levem a mal por expor estas minhas dúvidas.
    Obrigado, L. M..

RESPONDER

Empresa canadiana debaixo de fogo por publicar anúncios de emprego destinados a não vacinados

Uma empresa de canoagem, sediada no Canadá, está debaixo de fogo depois de ter colocado anúncios de emprego destinados, exclusivamente, a pessoas não vacinadas contra a covid-19. "Por favor, NÃO se candidate se tiver tomado quaisquer …

Disparam ataques a jornalistas. Bruxelas insta países da UE a aumentar proteção

Os países da União Europeia (UE) foram instados por Bruxelas a tomar medidas para proteger os jornalistas, após um aumento no número de ataques a membros da imprensa. A Comissão Europeia exortou os governos a criarem …

Facebook e Google criticados por anúncios de "reversão do aborto"

O Facebook já veiculou anúncios de "reversão do aborto" 18,4 milhões de vezes desde janeiro de 2020, de acordo com um relatório do Center for Countering Digital Hate (CCDH), promovendo um procedimento "não comprovado, antiético" …

Líder militar dos EUA temeu que Trump iniciasse guerra nuclear com a China - e chegou a ligar aos chineses

As revelações aparecem em Peril, o novo livro de Bob Woodward e Robert Costa sobre os bastidores da Casa Branca. Trump já respondeu. O General Mark Milley, o chefe do Estado-Maior das Forças Armadas dos EUA, …

França suspende 3.000 profissionais de saúde que recusaram vacina contra covid-19

A França suspendeu 3.000 profissionais de saúde sem remuneração por se recusarem a tomar a vacina contra a covid-19, revelou o ministro responsável pela pasta, Olivier Véran. Segundo Véran, citado esta quinta-feira pelo Guardian, "várias dezenas" …

Austrália, Reino Unido e EUA assinam pacto de defesa para conter China

A Austrália, os Estados Unidos (EUA) e o Reino Unido anunciaram o "Pacto de Aukus", que visa frente às pretensões territoriais da China no Indo-Pacífico e envolverá a construção de uma frota de submarinos com …

Governo tem margem de 1600 milhões de euros nas negociações do Orçamento

Os dados são de um relatório do Conselho das Finanças Públicas, que deixa alertas para que o executivo não se estique muito no aumento da despesa e no corte à receita. Segundo escreve o Público, o …

Mundial de Futsal. Portugal esmaga as Ilhas Salomão por 7-0 e tem um pé nos oitavos

Portugal lidera o grupo C e pode garantir o apuramento caso Marrocos não perca contra a Tailândia. A seleção portuguesa de futsal, campeã europeia em título, somou hoje o segundo triunfo em dois jogos no grupo …

"Dezenas de pessoas" da comitiva de Putin infetadas com covid-19

O Presidente russo, Vladimir Putin, informou que dezenas de pessoas da sua comitiva testaram positivo para o coronavírus, doença que afetou mais de 7 milhões de habitantes no país. Putin entrou em isolamento no início desta …

Uber investe 90 milhões em novo ‘hub’ e sede em Lisboa e espera contratar mais 200 pessoas

A Uber está a investir 90 milhões de euros num novo ‘hub’ e sede de operações em Lisboa, hoje inaugurados, criando mais de 400 empregos diretos e pretendendo contratar mais 200 pessoas até final do …