“Há doentes a morrer à espera de um exame à apneia do sono”

Os tempos de espera “vergonhosos” no Serviço Nacional de Saúde levam muitos pacientes à morte enquanto aguardam pela realização de exames à síndrome de apneia do sono.

O alerta é deixado pela Associação Portuguesa do Sono (APS) que fala em tempos de espera que podem ir de um ano e meio a dois anos, em hospitais públicos, no acesso a este tipo de exames, conforme dá conta a TSF.

O presidente da APS, Joaquim Moita, fala em tempos de espera “vergonhosos” e “assustadores”, inclusive até para conseguir consultas no Serviço Nacional de Saúde (SNS), dentro da especialidade que trata os problemas de sono.

Estamos, assim, a falar de um “duplo tempo de espera”, conforme aponta o responsável, sendo necessário aguardar pela primeira consulta e, depois, também ficar à espera da realização do exame de análise do sono.

Circunstâncias que estão a provocar mortes, uma vez que “os doentes com apneia do sono não tratada têm sonolência, o que causa acidentes rodoviários, mas também têm maiores probabilidades de enfartes do miocárdio e acidentes vasculares cerebrais“, explica Joaquim Moita na TSF.

A apneia do sono atinge um em cada 3 portugueses, segundo os dados da APS.

O presidente da Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar, Rui Nogueira, refere, igualmente na TSF, que os médicos recebem muitos casos suspeitos da doença, lamentando que, sem o diagnóstico confirmado pelos exames, é difícil prescrever um tratamento adequado.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Nike deixa de vender produtos através da Amazon

A marca desportiva Nike vai deixar de vender as suas peças de roupa e calçado diretamente através da Amazon, acabando com um contrato firmado em 2017, no qual concordava em vender uma variedade limitada de produtos …

Marco António Costa apoia Pinto Luz. Cavaco também era “improvável e desconhecido”

O antigo vice-presidente do PSD declarou, esta segunda-feira, o seu apoio ao candidato Miguel Pinto Luz, afirmando que, em 1985, Cavaco Silva também foi um vencedor "improvável e desconhecido". "Em maio de 1985, o Governo de …

Veneza com "centenas de milhões" de euros de prejuízo por causa das cheias

A cidade de Veneza, com inundações nos últimos dias, voltou este domingo a registar uma maré alta, mas de menor magnitude, tendo as chuvas intensas que afetam Itália levado a alertas para as cidades de …

Vila Galé abandona projeto que ameaçava reserva indígena no Brasil

O Vila Galé anunciou que vai abandonar o projeto para a instalação de um resort na região da Bahia, que tem estado debaixo de críticas por estar previsto para um local de potencial reserva indígena. Em …

Depois de ter sido expulsa da Hungria, universidade criada por George Soros reabre na Áustria

A Universidade da Europa Central, criada pelo bilionário George Soros em Budapeste, na Hungria, em 1991, foi expulsa do país depois que o primeiro-ministro Viktor Orbán a acusou de promover valores liberais no país, incluindo …

Bloco defende fim de portagens nas ex-Scut do interior

A coordenadora do BE defendeu esta segunda-feira, no Porto, o fim das portagens nas ex-Scut do interior do país e a necessidade de "rever" as parcerias público-privadas rodoviárias por serem "absolutamente lesivas para os cofres …

Jovem muçulmana de Tavira já tem equipamento para jogar basquetebol

A jovem atleta do Clube de Basquetebol de Tavira, impedida de alinhar num jogo no passado domingo, já possui o equipamento que lhe permite jogar segundo as regras da modalidade e da religião muçulmana. Fátima Habib …

Presidente da Catalunha começa a ser julgado por desobediência

O presidente do Governo regional da Catalunha reconheceu, esta segunda-feira, que não cumpriu a ordem da comissão nacional de eleições espanhola de remover os símbolos separatistas alegando ser "ilegal" e de cumprimento "impossível". "Sim, eu desobedeci", …

Um restaurante acabou de abrir a um quarteirão da Casa Branca. Chama-se "Comida de Imigrante"

Um restaurante chamado "Immigrant Food" ("Comida de Imigrante") abriu a um quarteirão da Casa Branca. O local quer fazer com que ajudar imigrantes seja tão fácil como pedir comida de um menu. Assim, além de comida, …

Trump admite testemunhar no inquérito para a sua destituição

O Presidente dos EUA admitiu, esta segunda-feira, "considerar seriamente" a possibilidade de testemunhar por escrito no inquérito para a sua destituição, que decorre no Congresso. "Embora não tenha feito nada de errado e não goste de …