Há mais cinco dias para pagar o IVA (e mais mudanças noutros impostos)

Os deputados aprovaram esta sexta-feira, a proposta do Governo que altera diversos códigos fiscais, entre os quais mais cinco dias para o pagamento do IVA e eliminação de garantia para dívidas mais baixas de IRS e IRC.

Os contribuintes vão ter mais cinco dias para pagar o IVA. Os deputados aprovaram a proposta do Governo que permitirá aos contribuintes abrangidos pelos regime mensal de IVA entregar o imposto até ao dia 15 do segundo mês seguinte ao que respeitam as operações e aos que se enquadram regime trimestral, até ao dia 20 do segundo mês a contar do trimestre do ano a que respeitam as operações. O parlamento aprovou também a eliminação de garantia para dívidas mais baixas de IRS e IRC.

A proposta foi aprovada esta sexta-feira em votação final, após ter sido debatida na comissão de Orçamento, Finanças e Modernização Administrativa. De acordo com o Expresso, teve votos favoráveis do PS, PCP, Verdes, BE e PAN e abstenção de PSD e CDS-PP. O PCP indicou que entregará uma declaração de voto sobre este tema.

O diploma procede a um conjunto de alterações a vários códigos fiscais, introduzindo ajustamentos em normas relativas às obrigações declarativas dos contribuintes e procurando melhorar a operacionalização dos serviços da administração fiscal. Em maio, a Diretora-geral da Autoridade Tributária e Aduaneira, Helena Borges, tinha referido no parlamento, que o alargamento em cinco dias do prazo do pagamento do IVA iria permitir aos contribuintes a opção pelo débito direto.

A legislação altera também um dos artigos do Código do Imposto Municipal sobre os Imóveis (IMI), clarificando que é ao serviço de Finanças que “compete averbar na matriz predial de todos os prédios inscritos em nome do autor da herança o número de identificação fiscal atribuído à herança indivisa e a identificação dos herdeiros, com a menção das respetivas quotas-partes”.

No caso do Imposto Municipal sobre Transmissões Onerosas (IMT) há uma mudança cirúrgica ao artigo que prevê a anulação do imposto quando um prédio tenha sido revendido no prazo de três anos, passando a estipular-se o prazo de um ano para que o interessado requeira a anulação do IMT pago.

Além disto, procede a várias alterações dos pedidos de pagamento de impostos em prestações, definindo que estes devem ser sempre submetidos por via eletrónica, no prazo de 15 dias a contar do termo do prazo para o pagamento voluntário.

Na sua redação atual, a lei determina que estes pedidos devem ser apresentados nas direções distritais de Finanças da área fiscal do domicílio do devedor. O diploma agora aprovado estabelece também que o pedido para os pagamentos em prestações seja apresentado antes da instauração do respetivo processo de execução fiscal e que o valor das dívidas que podem ser pagas em prestações com isenção de garantia passe a ser de 5 mil euros, no caso do IRS, e de 10 mil euros, no caso do IRC.

Para se beneficiar desta medida, será necessário que o contribuinte não tenha outras dívidas fiscais. Por outro lado, em caso de falha do pagamento de prestações de uma dívida em que foi prestada garantia, é alargado de 10 para 30 dias o prazo para a entidade que a prestou efetuar o pagamento da dívida até ao valor da garantia prestada. Findo este prazo, o fisco avança com o processo de execução fiscal.

O diploma cria ainda um regime de “justo impedimento”, especificando as situações que impedem o contabilista certificado de cumprir as obrigações declarativas fiscais dos contribuintes que constam da sua carteira de clientes. A lei autoriza ainda a interconexão de dados entre a Caixa de Previdência dos Advogados e Solicitadores e a Autoridade Tributária.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Pedro Alves escolhido para a presidência executiva do Banco Montepio

Pedro Gouveia Alves, atual presidente do Montepio Crédito, foi escolhido para novo CEO do Banco Montepio. O nome reuniu o consenso de Carlos Tavares e de Tomás Correia. O Banco Montepio escolheu Pedro Alves como novo …

Tancos. Sindicato dos procuradores sugere que ordem para não inquirir Costa e Marcelo é ilegal

O Sindicato dos procuradores sugere que a ordem do diretor do Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP) que travou a inquirição de António Costa e de Marcelo Rebelo de Sousa, como testemunhas no …

Guardas prisionais voltam à greve pela quinta vez desde setembro

Esta será a quinta greve dos guardas prisionais, convocada pelo SNCGP, desde setembro. O presidente do sindicato diz que, caso se mantenha o silêncio do Governo, vão ser marcadas mais paralisações para dezembro. Os guardas prisionais …

PSD apresenta queixa sobre votos da emigração. Publicação dos resultados das eleições suspensa

O PSD apresentou uma reclamação ao Tribunal Constitucional a pedir a revisão dos resultados. A publicação dos resultados fica suspensa, pondo em causa as tomadas de posse da Assembleia da República e do Governo. Nesta medida, …

"Em defesa do Alto Minho". Empresário de Viana do Castelo candidata-se à liderança do CDS

O empresário Carlos Meira, militante de Viana do Castelo do CDS-PP, vai ser candidato à liderança do partido no congresso da sucessão da ainda líder, Assunção Cristas, que está marcado para 25 e 26 de …

Benfica renova com Ferro até 2024

O Benfica renovou o contrato com o jovem defesa-central até 2024, revelou, esta quinta-feira, o clube encarnado no seu site oficial. A renovação do contrato com Ferro já tinha sido tema na conferência de imprensa de …

Acordo para o Brexit garante milhões aos homens mais ricos do Reino Unido

Os três homens mais ricos do Reino Unido acabaram de ficar mais ricos apenas com o acordo entre o Governo de Boris Johnson e a União Europeia para o Brexit. O anúncio de acordo fez …

Funcionários da Groundforce julgados por furto de malas no Aeroporto de Lisboa

23 funcionários da Groundforce vão ser julgados por furto de centenas de objetos tirados de dentro de bagagens no Aeroporto de Lisboa. 23 funcionários da Groundforce, que trabalhavam no Aeroporto de Lisboa até 2016, vão ser …

Clássico entre Barcelona e Real Madrid adiado

As duas equipas espanholas têm de chegar a um acordo para uma nova data, até à próxima segunda-feira, para a realização do clássico da 10.ª jornada. O jogo FC Barcelona-Real Madrid, agendado para 26 de outubro, …

Dez escolas fechadas em Lisboa por protestos contra falta de funcionários

As 10 escolas do Agrupamento Vergílio Ferreira, em Lisboa, não abriram as portas, esta sexta-feira, devido a um protesto de trabalhadores não docentes, revoltados com a falta de pessoal. A paralisação irá prolongar-se durante toda …