Há caranguejos tão grandes que poderão ter comido Amelia Earhart

(dr) Trym Ivar Bergsmo / Finnmark Reiseliv

Exemplar do gigantesco caranguejo dos cocos

O mistério do desaparecimento de Amelia Earhart, em 1937, continua por resolver, e uma das teorias aponta que o seu avião se despenhou numa remota ilha do Pacífico, onde a aviadora terá sido atacada, desmembrada e enterrada por caranguejos de coco.

Tal como a maior parte das teorias acerca do desaparecimento da mítica aviadora do século passado, a teoria parece louca (no mínimo), mas um novo vídeo agora divulgado reforça esta possibilidade.

O vídeo em causa, filmado por Mark E. Laidre, biólogo da Universidade de Dartmouth, nos EUA, mostra o ataque de um caranguejo de coco (Birgus latro) a uma ave, no Arquipélago de Chagos, território britânico no Oceano Índico.

Segundo o The Washington Post, o vídeo prova em definitivo que estes invertebrados, que chegam a atingir o tamanho de um cão, conseguem trepar a árvores e caçar pássaros nos seus ninhos, tirando partido de pinças que são “quase tão fortes como as mandíbulas de um leão”.

A teoria de que estes gigantescos caranguejos, que também vivem na remota ilha de Nikumaroro onde se acredita que o avião de Earhart se despenhou, terão sido responsáveis pela morte da aviadora, sai assim (ainda louca mas) reforçada.

Pinças tão fortes como mandíbulas de um leão

Segundo explica num artigo publicado no jornal Frontiers in Ecology and the Environment, Mark E. Laidre teve oportunidade de confirmar o poder de caça destes invertebrados,

O biólogo passou dois meses no arquipélago britânico de Chagos em trabalho de campo, para estudar o comportamento do que é considerado “o maior invertebrado terrestre”.

Foi nesse âmbito que, em Março de 2016, Laidre conseguiu registar o vídeo, que mostra o ataque de um destes caranguejos a um atobá-de-pé-vermelho adulto (Sula sula na designação científica), “um dos maiores pássaros de Chagos”, como frisa Laidre.

“O atobá estava a dormir num ramo baixo, a menos de um metro acima da árvore. O caranguejo subiu lentamente e agarrou a asa do atobá com a sua pinça, partindo-lhe o osso e obrigando-o a cair ao chão, onde ficou incapaz de voar. O caranguejo aproximou-se então do pássaro, agarrando-o e partindo-lhe a outra asa”, relata o biólogo.

“O atobá lutou e bicou o caranguejo, mas este manteve o seu aperto com ambas as garras, pontapeando o pássaro com as suas pernas ambulatoriais”, conta Laidre.

Em cerca de 20 minutos, “mais cinco caranguejos de coco” se acercaram do local, possivelmente atraídos pelo cheiro do sangue detectado com o “sentido olfactivo neurologicamente agudo” que possuem.

Os caranguejos acabaram por lutar pela presa e “rasgaram o pássaro durante várias horas”, levando os pedaços para comerem, conclui Laidre.

AD / Wikimedia

A lendária aviadora Amelia Earhart junto ao seu Lockheed Electra, 6 de junho 1937

A capacidade letal dos caranguejos de coco é impressionante, mas não confirma a tese de que Amelia Earhart pode ter sido vítima destes invertebrados. O mais provável é que a aviadora tenha mesmo morrido no impacto, se o seu avião de facto se despenhou.

E essa é uma morte bem mais suave do que acabar comida por caranguejos gigantes.

SV, ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

Responder a AT Cancelar resposta

Desagravou-se a seca no país, mas Algarve mantém seca extrema

24,5% do continente estava em seca fraca, 23,8% em chuva fraca, 23,3% em seca moderada e 10,9% em seca severa. Sotavento algarvio manteve-se em situação de seca extrema. Portugal continental registou em novembro um desagravamento da …

Procurador do MP investigado por ajudar traficante a fugir da prisão

Carlos Figueira, procurador do Ministério Público de Lisboa, está a ser investigado pela Polícia Judiciária por corrupção. O magistrado é suspeito de ter ajudado um traficante a fugir da prisão. Um procurador do Tribunal de Execução …

Refugiados em greve de fome por falta de condições em campo bósnio

Centenas de refugiados de um campo improvisado em Vucjak, na Bósnia, estão em greve de fome pelo segundo dia consecutivo para protestar contra a situação degradante em que se encontram. Os refugiados no campo improvisado …

Ex-aliada de Bolsonaro denuncia grupo difusor de notícias falsas ligado ao Presidente

A deputada brasileira Joice Hasselmann, ex-líder do Governo de Jair Bolsonaro no congresso, denunciou na quarta-feira a atuação de um grupo difusor de "fake news" (notícias falsas) ligado ao atual Presidente, Jair Bolsonaro, e que …

Banco BiG: EUA e China vão chegar a acordo, mas não será duradouro

No "Outlook" para 2020, os analistas do banco BiG defendem que será improvável que Estados Unidos e China cheguem a um consenso suficiente para reverter as taxas aduaneiras impostas. De acordo com os analistas do banco …

Alemanha expulsa dois diplomatas russos. Rússia vai tomar medidas

Dois diplomatas russos, acusados pelo Ministério Público alemão de falta de cooperação na investigação de um homicídio, foram expulsos da Alemanha. A Rússia já reagiu e avisou que tomará medidas. Esta quarta-feira, a Alemanha expulsou "com …

Segurança Social demora quase cinco meses a pagar pensões

Em 2018, os beneficiários da Segurança Social tiveram de esperar, em média, 147 dias - cerca de cinco meses -, entre o dia que se aposentaram e o momento que começaram a receber a pensão …

Empresas fechadas e 28 mil despedimentos. Setor têxtil pode atravessar crise

Até 2025, a indústria têxtil em Portugal pode ver um terço das empresas a fecharem e 28 mil trabalhadores a serem despedidos. Este é o pior cenário equacionado no setor nos próximos anos. O setor da …

Ministério Público arquiva queixa de Aguiar-Branco contra Ana Gomes por difamação

Aguiar Branco tinha levantado um processo de difamação a Ana Gomes por declarações sobre alegadas ligações entre o seu escritório de advogados e o grupo Martifer. O Ministério Público (MP) arquivou a queixa apresentada pelo ex-ministro …

66 louvores a funcionários. Centeno é o ministro mais "agradecido" de todo o Governo

Mário Centeno e os seus secretários de Estado publicaram em Diário da República 66 louvores. O seu gabinete garante que não há qualquer significado político associado - nem mesmo uma despedida anunciada. O louvor é dado …