Há 406 farmácias com testes comparticipados pelo Estado

Mahmoud Khaled / EPA

Há 406 farmácias de 104 laboratórios em Portugal continental com testes comparticipados pelo Estado. Saiba quais.

O Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA) atualizou recentemente a lista das farmácias e laboratórios que disponibilizam testes rápidos de antigénio comparticipados pelo Estado. A lista pode ser consultada aqui.

De acordo com o comunicado do INSA, trata-se de “uma lista dinâmica, que se encontra em expansão à medida que mais estabelecimentos mostram disponibilidade para esta prestação, para a qual é requisito a inscrição na Entidade Reguladora da Saúde”.

“O pagamento destes testes às farmácias e laboratórios processa-se com base nas regras definidas para a comparticipação de medicamentos ou meios complementares de diagnóstico e terapêutica, com as necessárias adaptações”, lê-se ainda.

Desde o dia 1 de julho que os testes rápidos de antigénio (TRAg) à covid-19 passaram a ser comparticipados a 100% pelo Estado, uma medida criada para aumentar a utilização pela população e reforçar o controlo da pandemia.

O Observador destaca que este regime excecional e temporário de comparticipação de testes vai prolongar-se até 31 de julho, “sem prejuízo da sua eventual prorrogação”.

O preço máximo para efeitos de comparticipação a pagar é de dez euros e a comparticipação é limitada a um máximo de quatro testes por mês e por utente. A medida não se aplica a quem já tenha o certificado de vacinaçãoou o certificado de recuperação, nem aos menores de 12 anos.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.