Há 10% de probabilidade de um supervulcão destruir um país inteiro ainda este século

Jon Sullivan / Wikimedia

A lagoa de Morning Glory, no Parque Nacional de Yellowstone, EUA. Erupções de água quente à superfície são indícios da enorme câmara de magma no subsolo

A lagoa de Morning Glory, no Parque Nacional de Yellowstone, EUA. Erupções de água quente à superfície são indícios da enorme câmara de magma no subsolo

Nos Estados Unidos, mais concretamente no Parque Nacional de Yellowstone, em Wyoming, há um supervulcão capaz de destruir todo o país, segundo afirmam alguns especialistas. Como este, pelo planeta há muitos. E podem entrar em erupção ainda este século.

Um dos nomes que mais tem alertado para a possível erupção de um supervulcão é Michio Kaku, um conhecido investigador em Física Teórica, com uma vasta obra publicada, onde se inclui “Mundos Paralelos” ou mais recentemente “O Futuro da Mente”. O físico é conhecido pela sua capacidade de transformar temas científicos para que possam ser compreendidos por todos.

Depois de ter dado uma “mãozinha” numa teoria, a Teoria das Cordas, que acabou por ajudar na explicação da Teoria de Tudo – que já tinha sido investigada até por Albert Einstein -, o professor pronunciou-se agora sobre a possível erupção de um vulcão ainda este século.

À Fox News, Michio Kaku disse que “é mais provável que aconteça uma categoria 7 do que 8 – a maior. Nos próximos 100 anos, há 10% de possibilidade de erupção de um supervulcão com categoria 7”.

Mas o físico pediu “calma” às pessoas que temeram pela sua vida, especialmente os americanos que enfrentaram o medo do Yellowstone: “Não entrem em pânico, não estamos à espera que aconteça durante o nosso tempo de vida“, pede o físico.

A última erupção, que aconteceu há 70 mil anos, no Lago Toba, na Ilha de Samatra, na indonésia, alcançou ainda o oeste do continente americano e cobriu-o com cinzas tóxicas.

Como o vulcão americano, há muitos outros – Caldeira de Valles, no México, Lago Taupo, na Nova Zelândia, Caldeira do Ngorongoro, na Tanzânia, são alguns exemplos -, mas Kaku alertou que a atividade do Supervulcão pode estar a crescer e que, caso entre em erupção, pode acabar com o território americano.

O Yellowstone é considerado um supervulcão porque uma erupção sua poderia durar semanas e os seus efeitos teriam consequências dramáticas para o nosso planeta, da morte de milhões de pessoas à extinção em massa de plantas e animais.

Michio Kaku reconheceu ainda que “a quantidade de lava que há no Supervulcão é duas vezes superior à que os cientistas julgavam ao início”, mas a Fox News adiantou que, mesmo que entre em erupção, pode ser “uma pequena quantidade”, ainda que este seja um supervulcão, com uma potência 100 vezes superior à de um vulcão normal.

CF, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Dois satélites "reformados" podem estar prestes a colidir na órbita da Terra

Dois satélites desativados passarão muito próximos um do outro em 29 de janeiro e, de acordo com a empresa de rastreamento de satélites LeoLabs Inc, há uma probabilidade de 1 em 100 de colidirem. Embora a …

FC Porto 2-1 Gil Vicente | “Dragão” afasta crise com reviravolta

O FC Porto voltou a sorrir. Após dois desaires – ambos diante do Braga – nos últimos três jogos, os “azuis-e-brancos” regressaram aos triunfos e derrotaram o Gil Vicente por 2-1 esta terça-feira, num embate …

Aeroporto de Southampton tem uma equipa canina para acalmar os passageiros

O Aeroporto de Southampton, no Reino Unido, tem uma equipa canina para acalmar os nervos dos passageiros que não gostam muito de andar de avião. Se alguma vez aterrar em Southampton, no Reino Unido, não se admire …

"Padres-robôs" dão bênçãos, fazem casamentos e até funerais

A Inteligência Artificial está a pavimentar o seu caminho em várias religiões espalhadas pelo mundo. "Padres-robôs" são capazes de dar bênçãos, fazer casamentos e até funerais. Há um novo padre em Kodaiji, um templo budista com …

Livro sugeria que o 11 de setembro tinha sido "orquestrado pela CIA". Editora obrigada a corrigir

A editora francesa Ellipses Publications teve que corrigir um livro de História no qual era sugerido que os ataques terroristas de 11 de setembro de 2001, nos Estados Unidos (EUA), foram "orquestrados pela CIA". Segundo noticiou …

Paulo Coelho vai destruir rascunho de livro infantil escrito com Kobe Bryant

O escritor brasileiro Paulo Coelho anunciou hoje que pretende apagar o rascunho de um livro infantil que se encontrava a escrever em conjunto com o antigo basquetebolista norte-americano Kobe Bryant, que morreu no domingo num …

Encontrado famoso navio que desapareceu misteriosamente no Triângulo das Bermudas há 95 anos

Os destroços de um navio que desapareceu misteriosamente no Triângulo das Bermudas há 95 anos foram descobertos na costa da Florida, nos Estados Unidos. O SS Cotopaxi - um navio mercante norte-americano - deixou Charleston, na …

Ana Gomes diz que diretiva europeia sobre branqueamento de capitais é aplicável a Rui Pinto

A ex-eurodeputada socialista Ana Gomes disse hoje em Lisboa que pode aplicar-se ao ‘hacker’ Rui Pinto a diretiva europeia sobre branqueamento de capitais e financiamento do terrorismo, sem esperar pela transposição de legislação sobre o …

"Há grandes chances de Jesus sair em maio para o FC Porto", diz Carlos Alberto

Carlos Alberto, atual comentador desportivo e antigo jogador do FC Porto, acredita que os 'dragões' vão avançar para a contratação de Jorge Jesus, em maio. Recentemente, a ideia de Jorge Jesus no FC Porto tem ganho …

Raras lesmas cor-de-rosa fluorescente sobreviveram aos incêndios na Austrália

Uma rara espécie de lesma cor-de-rosa fluorescente (Triboniophorus aff. graeffei) conseguiu sobreviver aos incêndios que assolaram a Austrália no início de janeiro e que deixaram milhões de animais mortos e outros tantos sem abrigo. Tratam-se …