Há 10% de probabilidade de um supervulcão destruir um país inteiro ainda este século

Jon Sullivan / Wikimedia

A lagoa de Morning Glory, no Parque Nacional de Yellowstone, EUA. Erupções de água quente à superfície são indícios da enorme câmara de magma no subsolo

A lagoa de Morning Glory, no Parque Nacional de Yellowstone, EUA. Erupções de água quente à superfície são indícios da enorme câmara de magma no subsolo

Nos Estados Unidos, mais concretamente no Parque Nacional de Yellowstone, em Wyoming, há um supervulcão capaz de destruir todo o país, segundo afirmam alguns especialistas. Como este, pelo planeta há muitos. E podem entrar em erupção ainda este século.

Um dos nomes que mais tem alertado para a possível erupção de um supervulcão é Michio Kaku, um conhecido investigador em Física Teórica, com uma vasta obra publicada, onde se inclui “Mundos Paralelos” ou mais recentemente “O Futuro da Mente”. O físico é conhecido pela sua capacidade de transformar temas científicos para que possam ser compreendidos por todos.

Depois de ter dado uma “mãozinha” numa teoria, a Teoria das Cordas, que acabou por ajudar na explicação da Teoria de Tudo – que já tinha sido investigada até por Albert Einstein -, o professor pronunciou-se agora sobre a possível erupção de um vulcão ainda este século.

À Fox News, Michio Kaku disse que “é mais provável que aconteça uma categoria 7 do que 8 – a maior. Nos próximos 100 anos, há 10% de possibilidade de erupção de um supervulcão com categoria 7”.

Mas o físico pediu “calma” às pessoas que temeram pela sua vida, especialmente os americanos que enfrentaram o medo do Yellowstone: “Não entrem em pânico, não estamos à espera que aconteça durante o nosso tempo de vida“, pede o físico.

A última erupção, que aconteceu há 70 mil anos, no Lago Toba, na Ilha de Samatra, na indonésia, alcançou ainda o oeste do continente americano e cobriu-o com cinzas tóxicas.

Como o vulcão americano, há muitos outros – Caldeira de Valles, no México, Lago Taupo, na Nova Zelândia, Caldeira do Ngorongoro, na Tanzânia, são alguns exemplos -, mas Kaku alertou que a atividade do Supervulcão pode estar a crescer e que, caso entre em erupção, pode acabar com o território americano.

O Yellowstone é considerado um supervulcão porque uma erupção sua poderia durar semanas e os seus efeitos teriam consequências dramáticas para o nosso planeta, da morte de milhões de pessoas à extinção em massa de plantas e animais.

Michio Kaku reconheceu ainda que “a quantidade de lava que há no Supervulcão é duas vezes superior à que os cientistas julgavam ao início”, mas a Fox News adiantou que, mesmo que entre em erupção, pode ser “uma pequena quantidade”, ainda que este seja um supervulcão, com uma potência 100 vezes superior à de um vulcão normal.

CF, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Qual o tamanho mínimo para que um planeta possa ser habitável? Cientistas responderam

Uma equipa de cientistas de Harvard revelou o tamanho crítico abaixo do qual um planeta nunca pode ser habitável, mesmo que esteja numa área com uma distância à sua estrela que permita a existência de …

Criatura com "cabeça de canivete suíço" deu origem aos escorpiões e às aranhas

Encontrada no Canadá, esta nova espécie de fóssil provou ser o quelicerado mais antigo, situando a origem dos escorpiões e das aranhas há 500 milhões de anos. Com o tamanho de um dedo polegar, olhos em …

Benfica 2-0 Gil Vicente | "Águia" q.b. bate minhotos aguerridos

O Benfica cumpriu frente ao Gil Vicente, no Estádio da Luz, e venceu por 2-0, com um golo a fechar a primeira parte e outro a abrir a segunda. A formação “encarnada” sentiu muitas dificuldades para …

Há cidades que, em 2050, vão ser quentes demais para se visitar

Em 2050, há cidades que vão ser vítimas do flagelo das alterações climáticas. As altas temperaturas vão impedir que os turistas explorem cada recanto destas metrópoles. Os efeitos das alterações climáticas são cada vez mais visíveis.. …

As legislativas não se ganham nas sondagens, alerta Costa

Após ter sido divulgada mais uma sondagem este sábado, António Costa afirmou que as eleições não se ganham nas sondagens e apelou para a mobilização de modo a garantir a vitória. O secretário-geral do PS, António …

Prémios IgNobel: uma máquina para mudar fraldas e uma pizza anticancro

Os vencedores da 29.ª edição dos prémios IgNobel foram anunciados na quinta-feira, na Universidade de Harvard, no Estado norte-americano do Massachusetts. Os prémios IgNobel - uma paródia dos prémios atribuídos pelas academias suecas e norueguesa - …

Atriz Felicity Huffman condenada a 14 dias de prisão

A atriz de "Donas de Casa Desesperadas" foi ainda multada em 30 mil dólares e terá de cumprir 250 horas de serviço comunitário. Depois de cumprido o tempo de prisão, Felicity Huffman ficará um ano …

Casa Branca confirma morte de um dos filhos de Osama Bin Laden

Hamza Bin Laden, que teria cerca de 30 anos, era um dirigente destacado da al-Qaeda. “A morte de Hamza Bin Laden priva a al-Qaeda das suas relevantes capacidades de liderança e da ligação simbólica ao …

Portugal perde na Taça Davis frente à Bielorrússia

Pedro Sousa, colocado em 123.º no 'ranking' ATP, perdeu por 3-2 contra a Bielorrússia, na eliminatória do Grupo I da Zona Europa/África da Taça Davis. Este sábado, o tenista Pedro Sousa foi derrotado no último encontro …

Governo abre mais de 2000 vagas para estágios na Administração Local

Há mais de 2000 estágios para atribuir em todo o país e as candidaturas estão abertas até 11 de outubro. Norte e Centro lideram o número de vagas. Na quarta-feira, foi divulgado, em Diário da República, …