Arqueólogos encontraram uma guerreira Eslava num cemitério Viking

(dr) Mirosław Kuźma

Ilustração da mulher Eslava encontrada num cemitério Viking na Dinamarca

Os arqueólogos pensavam que, por ter sido encontrada num cemitério Viking na Dinamarca, esta mulher pertencia a este grupo de guerreiros. Estavam enganados: afinal, esta mulher era de origem Eslava.

Quando os arqueólogos descobriram os restos mortais de uma mulher, ao lado de um machado, num cemitério Viking na Dinamarca, pensaram que se trataria uma guerreira. Mas, agora, escreve o Live Science, uma análise mais profunda permitiu revelar o mais inesperado: esta mulher não era Viking.

De acordo com o comunicado do Ministério da Ciência e do Ensino Superior da Polónia, esta mulher era, afinal, de origem Eslava e provavelmente de uma região do Leste da Europa que agora faz parte do território polaco.

Ao lado dos restos mortais encontrados no cemitério dinamarquês, na ilha de Langeland, estava também uma moeda que revelou que o local do enterro tem cerca de mil anos e o túmulo da mulher era o único que tinha uma arma, pode ler-se na mesma nota.

Ao longo da história, mulheres por esse mundo fora manejaram armas e, nos últimos anos, os arqueólogos encontraram evidências de que algumas mulheres Vikings foram mesmo enterradas com elas.

Mas, de acordo com Leszek Gardeła, arqueólogo da Universidade de Bonn, na Alemanha, que descobriu os restos mortais da mulher, em muitos desses casos não havia restos humanos nas sepulturas e, por isso, o sexo dos antigos ocupantes era geralmente inferido pela presença de joias e outros objetos que normalmente pertenciam a mulheres.

No entanto, o esqueleto desta Eslava estava deitado no túmulo e não mostrava ferimentos evidentes que indicassem como morreu. O machado assemelhava-se a ferramentas similares do sul do Báltico — região que inclui países que fazem fronteira com o Mar Báltico, como a Polónia, a Alemanha e a Lituânia — e a construção do seu túmulo é uma reminiscência de estruturas de cemitérios daquela parte do mundo durante a Idade Média.

Durante este período na Dinamarca, Eslavos e Escandinavos viveram juntos, fator que poderia explicar porque é que esta mulher “escolheu” um cemitério dinamarquês para descansar em paz.

Até agora, cerca de 30 sepulturas de mulheres com armas foram descobertas na Noruega, Dinamarca e Suécia. Deste número, dez foram descobertas por Gardeła. As suas descobertas vão ser publicadas em 2020, como parte de um projeto que investiga mulheres Vikings e Eslavas que foram guerreiras, intitulado “Amazonas do Norte”.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Ter um machado ao lado não configura ninguém como guerreiro(a) !
    A conclusão é simplista e infantil.
    Há explicações bem mais aceitáveis, como por exemplo possuir um estatuto elevado, ou ainda receber uma homenagem!
    Aliás, nem há notícias escritas de guerreiras!
    Quando deixam as tretas políticas interferir na investigação científica, dá disparates destes!

    • Como eu disse (e tu não estás atento) ter um machado ao lado não faz de ninguém um guerreiro! Terão que se esforçar mais para conseguir impingir essa treta políticamente correcta de que havia mulheres guerreiras!
      Quando a política de mete na ciência só sai às asneira!

RESPONDER

Os asteróides Ryugu e Bennu podem ser "filhos" de um mesmo pai

Os asteróides Ryugu e Bennu podem ter sido formados a partir de um outro asteróide de grandes dimensões, sugere uma investigação internacional. Simulações numéricas de grandes ruturas de asteróides, como as que ocorrem no cinturão de …

Diário de oficial nazi revela localização de tesouro escondido na Polónia durante a 2.ª Guerra Mundial

Um diário que esteve na posse de uma sociedade secreta durante décadas contém um mapa que descreve a localização de mais de 30 toneladas de ouro escondidas pelos nazis durante a Segunda Guerra Mundial. Escrito há …

"Pés de café" ajudam robôs a andar mais rápido (e sem tropeçar)

Uma das principais aplicações para robôs com pernas é a exploração de locais de desastre. No entanto, para atravessar os escombros, estas máquinas precisam de ter "pés" firmes. Uma equipa de investigadores da Universidade da Califórnia, …

Famalicão 2-1 FC Porto | Dragões falham reentrada

O FC Porto ficou hoje com a liderança da I Liga portuguesa de futebol em risco, ao perder em casa do Famalicão, por 2-1, na 25.ª jornada, que marca o regresso após a paragem devido …

Empresas chinesas compram soja dos EUA apesar de suspensão imposta pelo Governo

Empresas estatais chinesas terão comprado pelo menos três carregamentos de soja aos Estados Unidos (EUA), mesmo após o Governo ter levantado uma suspensão. Esta surgiu depois de Washington afirmar que terminaria com o acordo comercial …

Musk quer bombardear Marte. Pode ser só um "pretexto" para enviar armas nucleares para o Espaço

O plano de Elon Musk de bombardear Marte é apenas um pretexto para o lançamento de armas nucleares para o Espaço, disse o diretor da agência espacial russa Roscosmos, Dmitry Rogozin. Bombardear Marte para tornar o …

Quase 20 mil toneladas de combustível derramadas em rio na Rússia

https://cache-igi.cdnvideo.ru/igi/video/2020/6/2/%D0%BD%D0%BE%D1%80%D0%B8%D0%BB%D1%8C%D1%81%D0%BA.mp4 Quase 20 mil toneladas de combustível foram acidentalmente derramadas num rio no extremo norte da Rússia, levando as autoridades a declarar uma situação de "emergência" e levantando preocupações entre ambientalistas e residentes. Em comunicado, a associação …

Mais verde e mais barato. Suécia segue a Alemanha e instala a primeira turbina eólica de madeira

A Suécia instalou uma nova e interessante turbina eólica: uma torre construída em madeira. A Alemanha também já tem esta nova tecnologia. Construída a partir de materiais de fontes sustentáveis e que oferecem desempenho comparável às …

Já não mostra só as filas do supermercado. App "Posso ir?" também diz se pode ir à praia

A aplicação móvel que permite aos utilizadores consultar as filas e as afluências aos supermercados também mostra como está a praia. Agora, a aplicação "Posso ir?" vai também dizer-lhe se é ou não prudente ir dar …

Discurso xenófobo. Na Áustria, "a islamofobia tornou-se uma forma dominante de racismo"

A Áustria regista um aumento preocupante do discurso xenofóbico, em particular em relação aos muçulmanos e refugiados, alerta um relatório do Conselho da Europa. A Comissão do Conselho da Europa contra o Racismo e a Intolerância …