Grupo de elefantes foge e causa rasto de destruição de 500 quilómetros na China

Um grupo de 15 elefantes causou um rasto de destruição no sudoeste da China. A manada selvagem destruiu celeiros e campos de cultivo depois de ter fugido de uma reserva natural. 

Segundo o The Guardian, uma manada de 15 elefantes originou o caos no sudoeste da China. Os animais comeram campos inteiros de milho e esmagaram inúmeros celeiros, depois de terem escapado de uma reserva natural em abril.

Na semana passada, os elefantes também esvaziaram um tanque de água e atormentaram os moradores preocupados com as suas plantações, referiu a emissora estadual CCTV.

https://twitter.com/CCTVAsiaPacific/status/1399719886193139712

Para já, ainda não está claro por que razão os elefantes asiáticos selvagens – uma espécie protegida na China – se afastaram da reserva natural nacional de Xishuangbanna, na província de Yunnan.

Contudo, desde abril, os animais têm andado à solta e já percorreram cerca de 500 quilómetros, o que levou a que centenas de pessoas fossem mobilizadas para garantir a segurança pública.

Na terça-feira, as autoridades de Yunnan revelaram que o rebanho estava a 20 quilómetros da capital da província de Kunming, onde vivem milhões de pessoas.

Desde meados de abril, os elefantes já destruíram cerca de 56 hectares de campos, causando perdas estimadas de 6,8 milhões de yuans (878 mil euros), disse a CCTV.

A população de elefantes selvagens em Yunnan é estimada como estando na casa dos 300, ao passo que na década de 1980 não chegavam aos 200.

No entanto, ultimamente tem havido mais relatos destes animais vaguearem pelas aldeias e a prejudicar as colheitas nos últimos anos, com as plantas que normalmente comem a serem gradualmente substituídas por variedades não comestíveis no meio da expansão da floresta.

  ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Novo ano letivo marcado pelo recorde de pedidos de bolsas de estudo no superior

Número crescente de alunos e perda de rendimentos das famílias são duas das razões apontadas para os pedidos recorde. O ano letivo 2021/22 ainda agora arrancou, mas já está a bater recordes no que respeita aos …

Urgências em Lisboa estão cheias. Situação pode piorar nas próximas semanas

As urgências do Hospital de Santa Maria, em Lisboa, e do Hospital Beatriz Ângelo, em Loures, estão em situação crítica, com tempos de espera elevados. A situação de calamidade multiplica-se em vários hospitais do país, de …

Portugal já tem 86% da população totalmente vacinada contra a covid-19

A vacinação completa contra a covid-19 abrange já 86% da população portuguesa e são já mais de nove milhões de pessoas as que têm pelo menos uma dose da vacina, de acordo com os dados …

Direção do CDS desautoriza Telmo Correia e defende eleições "o mais brevemente possível"

A direção do CDS-PP não gostou de ouvir o líder parlamentar dizer que a melhor altura para realizar eleições legislativas seria no final de janeiro ou fevereiro. Depois de uma reunião com o presidente da Assembleia …

Órban e Le Pen apoiam a Polónia e criticam "imperialismo" da UE

O primeiro-ministro húngaro, Viktor Órban, e a líder da União Nacional (RN, na sigla em francês), Marine Le Pen, manifestaram esta terça-feira apoio à Polónia no conflito que mantém com a UE, a qual acusam …

Após goleada frente ao Bodø/Glimt, Mourinho põe de lado quatro jogadores

Em duas convocatórias consecutivas, José Mourinho deixou de fora quatro futebolistas que participaram na derrota por 6-1 frente ao Bodø/Glimt. Naquela que foi a maior derrota de sempre da carreira de José Mourinho, o Tottenham perdeu …

O que cai e o que fica: as medidas que o chumbo do OE deita por terra e as que permanecem

O grosso das medidas previstas na proposta de Orçamento do Estado para 2022 não deverá sair do papel. As aprovadas em Conselho de Ministros, por sua vez, manter-se-ão viáveis, já foram discutidas fora da sede …

Truque permite que o Orçamento não seja votado esta quarta-feira

Há um mecanismo que, se for acionado, permite que o Orçamento do Estado para 2022 sobreviva mesmo que não seja votado. O Orçamento do Estado para 2022 pode baixar à comissão sem votação. Este mecanismo, nunca …

Conceição reconhece supremacia do Santa Clara e admite culpa na derrota

O treinador do FC Porto, Sérgio Conceição, reconheceu que o Santa Clara foi superior e diz-se culpado pela derrota pesada que deixa o clube fora da Taça da Liga. O FC Porto está fora da Taça …

"Vechtpartij", quadro de Jan Steen.

Antigos jogos de bebida acabavam em vinho derramado e esfaqueamentos

Hoje vistos como jogos de diversão para jovens, na antiguidade, os drinking games (jogos de bebida) eram comuns em toda a sociedade — e, por vezes, terminavam mal. O kottabos era um antigo jogo de bebida …