Grécia torna obrigatória vacina para pessoas com mais de 60 anos

Yanni Koutsomitis / Flickr

O primeiro-ministro grego, Kyriakos Mitsotakis

Esta terça-feira, a Grécia anunciou que vai tornar a vacinação contra a covid-19 obrigatória para as pessoas com 60 anos ou mais.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Esta é mais uma tentativa do país de controlar uma nova vaga da doença, que está a colocar pressão num sistema de saúde fragilizado.

O governo anunciou que os cidadãos com 60 anos ou mais que não estiverem vacinados até 16 de janeiro terão de pagar uma multa mensal de 100 euros.

“Estamos a concentrar os nossos esforços na proteção dos nossos concidadãos e, por essa razão, a sua vacinação será obrigatória a partir de agora”, disse o primeiro-ministro grego Kyriakos Mitsotakis, citado pela Reuters.

Mitsotakis admitiu que esta não foi uma decisão fácil, mas que é necessária para proteger mais de meio milhão de idosos não vacinados.

Na Grécia, cerca de 63% da população grega, de 11 milhões, tem o esquema vacinal completo.

O Syriza, o principal partido da oposição, criticou a medida por ser punitiva e com uma multa demasiado elevada. “Não foi feito em lado nenhum”.

De recordar, que já este mês, quem não estava vacinado foi proibido pelo governo de frequentar o interior de vários locais, como restaurantes, cinemas, museus e ginásio, mesmo apresentando teste negativo.

O país registou um aumento de infeções este mês, com os casos diários a baterem recordes.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.