Grécia e Itália em tribunal por criminalizarem ajuda humanitária

Um grupo internacional de advogados apresentou queixas contra Grécia e Itália no Tribunal Europeu dos Direitos Humanos, em Estrasburgo, para denunciar a criminalização da ajuda humanitária e dos defensores dos direitos humanos que protegem os migrantes.

Em declarações à Lusa, Violeta Moreno-Lax, um dos membros da Rede Global de Ação Legal (GLAN), explicou que a organização usa estratégias legais inovadoras, entre as quais apresentar queixas junto dos tribunais europeus para “denunciar violações dos direitos humanos” em várias áreas, entre as quais a violência contra migrantes e a criminalização das organizações-não governamentais (ONG) de resgate humanitário no Mediterrâneo.

“Temos apoiado ONG como o Sea Watch em ações contra Itália”, adiantou a consultora jurídica.

As ações em causa, apresentadas em maio de 2018, envolvem um episódio ocorrido a 6 de novembro de 2017, quando a guarda costeira líbia, em coordenação com as autoridades italianas, interferiu num salvamento que estava a ser realizado pelo navio humanitário da organização alemã, provocando um naufrágio onde morreram 20 pessoas, entre as quais duas crianças.

A responsável da GLAN assume também o objetivo de “proteger os defensores de direitos humanos através de meios legais”. O caso mais recente, que deu entrada em abril deste ano, visa expor a “provação judicial” de dois anos e meio a que foi sujeito Salam Kamal-Aldeen, fundador da ONG Team Humanity, nos tribunais gregos, devido às medidas repressivas contra o resgate humanitário.

A também investigadora da Queen Mary University of London adiantou que Malta pode igualmente vir a ser visada numa ação. O caso envolve uma pessoa que seguia a bordo de um navio e foi obrigado a desembarcar na Líbia, em vez de Malta.

Segundo Violeta Moreno-Lax, o incidente aconteceu em novembro do ano passado e a pessoa acabou detida na Líbia. No entanto, admite que não é fácil avançar com o processo devido ao agravamento do conflito naquele país e à dificuldade em aceder à vítima, que está escondida por questões de segurança.

A GLAN mantém também contacto com a tripulação do navio Iuventa, da qual fez parte o português Miguel Duarte, e que é atualmente acusado em Itália de auxílio à imigração ilegal.

“Para já existe um grupo de advogados que os vão apoiar a nível doméstico. Nós podemos intervir se, e quando, o caso chegue a Tribunal de Cassação [última instância judicial italiana], falhe e exista necessidade de ação internacional”, adiantou à Lusa.

“Se houvesse uma situação dessas” – o que segundo a especialista em direito das migrações, “iria demorar muitos anos” – a GLAN mostra-se disponível para cooperar com os advogados atualmente responsáveis pelo caso.

Miguel Duarte é um dos 10 elementos do “Iuventa”, um navio pertencente à organização não-governamental (ONG) alemã de resgate humanitário no Mediterrâneo Jugend Rettet, que está a ser investigado em Itália.

O caso suscitou uma onda de solidariedade e apoio a nível nacional, que juntou desde anónimos doadores de uma campanha de financiamento colaborativo (‘crowdfunding’) para apoiar a defesa do jovem estudante ao primeiro-ministro, António Costa; Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa e dirigentes de partidos políticos.

Além do tema da violência nas fronteiras e contra migrantes, a GLAN desenvolve também atividades noutras áreas, como guerra e ocupação; justiça ambiental e económica, e responsabilidade nas cadeias de abastecimento.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

"Um tsunami de dívidas". O mundo deve a si mesmo 277 mil milhões de dólares

Prevê-se que até ao final deste ano, a dívida da economia mundial atinja os 277 mil milhões de dólares. A pandemia de covid-19 é um dos fatores responsáveis. A pandemia de covid-19 não só está a …

Empresas podem negar trabalho a quem não se quiser vacinar

"É obviamente possível" que as empresas evitem contratar um trabalhador se não quiserem ser vacinadas contra a covid-19. A presidente do Comité Económico e Social Europeu (CESE), Christa Schweng, admitiu a possibilidade de uma empresa se …

"A Suitable Boy". Um beijo numa série da Netflix provocou um escândalo (social e político) na Índia

A Netflix está a enfrentar uma reação negativa na Índia por causa de uma cena de um beijo entre duas personagens na série A Suitable Boy ("Um bom partido"). O partido no poder já pediu …

Irmãos transformaram 7 linhas de código num império de 36 mil milhões de dólares

Patrick e John Collison são dois jovens empreendedores irlandeses que fundaram a Stripe, uma empresa que criou uma solução alternativa para os pagamentos online, avaliada em 36 mil milhões de dólares. Em vez de construirem soluções …

ECDC. Portugal terá "níveis muito baixos" de novos casos se mantiver restrições

Se Portugal mantiver as restrições adotadas atualmente, irá registar em dezembro “níveis muito baixos” de novos casos de covid-19. O Centro Europeu para Prevenção e Controlo das Doenças (ECDC), criado com a missão de ajudar os …

Com apenas 14 anos, Xiaoyu é o adolescente mais alto do mundo. Mede 2,21 metros

Ren Keyu nasceu na China a 18 de outubro de 2006, e no dia em que comemorou o seu 14º aniversário recebeu também o título do Guinness World Records do adolescente mais alto do mundo, …

Jerónimo "não está a prazo" no PCP (e vai continuar a negociar com o PS)

O PCP continua disponível para negociar com o PS, mas não a troco de nada. Quanto ao quinto mandato consecutivo enquanto secretário-geral do partido, Jerónimo avisou, este domingo, que não está "a prazo". No discurso de …

Hackers expõem na cloud dados que roubaram de utilizadores do Spotify. Foi um acidente

Um grupo de piratas informáticos compilou uma base de dados com cerca de 250.000 palavras-passe do Spotify e armazenaram os dados na cloud. No entanto, esqueceram-se de proteger o armazenamento com uma palavra-passe. De acordo com …

Disney vai colocar em lay-off mais de 30.000 trabalhadores em 2021

A gigante norte-americana Walt Disney Company anunciou esta semana que vai colocar em regime de lay-off 32.000 trabalhadores no primeiro semestre de 2021 devido às quebras financeiras causadas por causada da pandemia de covid-19. A …

Ventura responde a Rodrigues dos Santos (e os ânimos à direita tornam-se cada vez mais ácidos)

Depois de Francisco Rodrigues dos Santos ter afirmado, em entrevista ao Sol, que o CDS "não fará alianças políticas com o partido Chega", André Ventura reagiu em tom irónico: "Como é que o Chega conseguirá …