Grécia vai fechar os três maiores campos de refugiados nas ilhas do Mar Egeu

A Grécia anunciou, esta quarta-feira, que os três maiores campos de migrantes nas ilhas de Lesbos, Samos e Quios, no Mar Egeu, serão fechados e substituídos por estruturas fechadas que triplicarão a sua capacidade.

“Descongestionar as ilhas é a prioridade nesta fase”, disse o coordenador especial do Governo grego para as migrações, Alkiviadis Stefanis, numa conferência de imprensa.

Os três campos sobrelotados de Lesbos, Samos e Chios — que atualmente abrigam mais de 27 mil migrantes, mas que têm na realidade uma capacidade para 4.500 — serão encerrados, mas a data para o encerramento não foi especificada.

Para substituí-los, estruturas fechadas com cinco mil lugares cada serão erguidas nessas três ilhas próximas da Turquia. As estruturas vão ter no total 15 mil lugares para os migrantes.

No lugar de serem autorizados a entrar e sair livremente nas ilhas, os requerentes de asilo serão fechados dentro dos novos campos para identificação, verificação do seu estatuto e para se decidir sobre a sua realocação ou o seu retorno à Turquia, acrescentou o coordenador especial.

Os outros dois campos, em Cós e Leros, cujas condições são menos dramáticas, serão reformados e ampliados, disse o responsável grego.

O Governo do primeiro-ministro Kyriakos Mitsotakis começou a transferir centenas de requerentes de asilo das ilhas do Mar Egeu para o continente, com o objetivo de realocar 20 mil até ao final de 2019.

Mas o descontentamento surge entre os habitantes do continente e centenas de migrantes continuam a chegar diariamente.

O Ministério da Proteção do Cidadão anunciou que 40 mil pessoas chegaram à Grécia nos últimos quatro meses. No último fim-de-semana, segundo a guarda costeira grega, mais de 1.350 pessoas chegaram às cinco ilhas do Mar Egeu.

Kyriakos Mitsotakis acusou a União Europeia de considerar a Grécia e outros países de entrada na Europa como “parques de estacionamento convenientes para refugiados e migrantes”.

A UE “ignora o problema” do aumento de chegadas de migrantes na Grécia, alertou, numa entrevista ao jornal alemão Handelsblatt. “Isto não pode continuar assim”.

Atualmente, mais de 32 mil pessoas vivem em condições miseráveis nos cinco campos onde são registados os migrantes, nomeadamente em Lesbos, Samos, Leros, Chios e Cós, que têm uma capacidade teórica para apenas 6.200 pessoas.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Prémios de desempenho da Função Pública podem passar a ser pagos a 100%

Os prémios de despenho da Função Pública, até agora pagos a 50%, podem passar a ser pagos na sua totalidade. Depois do período da crise financeira do passado, estas atribuições poderão voltar agora à normalidade. …

Boris imitou "O Amor Acontece" para apelar ao voto. E a última sondagem dá-lhe maioria absoluta

O primeiro-ministro britânico lidera a última sondagem antes das eleições legislativas, apesar da margem mínima, mas admite que pode vir a falhar a maioria. De acordo com o Observador, a última sondagem antes das eleições legislativas, …

Costa chuta regionalização para a próxima legislatura (e espera "estar cá" para a fazer avançar)

O primeiro-ministro remeteu esta terça-feira para a próxima legislatura um eventual referendo para uma regionalização e disse esperar ainda “estar cá” nessa altura, em resposta a perguntas da líder parlamentar do CDS. No debate quinzenal com …

"Pirralha". Bolsonaro critica Greta depois de a ativista alertar para as lutas dos povos indígenas

Jair Bolsonaro chamou "pirralha" à ativista sueca Greta Thunberg, depois de a ambientalista ter alertado para as lutas dos povos indígenas e mostrado preocupação com o assassinato de líderes nativos no Brasil. Ao sair do Palácio …

Novas imagens mostram momento em que treinador do Belenenses se queixa de um soco

Novas imagens mostram o treinador do Belenenses a queixar-se de uma eventual agressão de Sérgio Conceição. O treinador portista arrisca uma suspensão de nove meses. Os treinadores de FC Porto e Belenenses, Sérgio Conceição e Pedro …

Forças Armadas perderam 1220 militares. Cem foram para supermercados

Entre janeiro e setembro, as Forças Armadas perderam 1220 militares. Por dia, conta a TSF que avança os números esta quarta-feira, têm abandonado a carreira uma média de quatro a cinco militares desde o início …

Apesar do apuramento na Champions, Nápoles demite Carlo Ancelotti

O Nápoles anunciou ter demitido, esta terça-feira, o treinador italiano Carlo Ancelotti, apesar deste ter qualificado o clube para os oitavos-de-final da Liga dos Campeões. "O Nápoles decidiu retirar o cargo de treinador da primeira equipa …

BE quer regular as relações laborais na advocacia para acabar com a precariedade

O parlamento discute esta quarta-feira um projeto de lei do BE para regular as relações laborais na advocacia uma vez que, argumenta o deputado bloquista José Manuel Pureza, a “grande maioria” dos advogados está em …

Do pé de guerra à surpresa prometida. Governo vai injetar 800 milhões na Saúde e contratar 8400 profissionais

Há quatro ministros em "pé de guerra" com Mário Centeno, exigindo ao responsável pela pastas das Finanças mais verbas no Orçamento de Estado de 2020 (OE2020) para os ministérios que tutelam, escreve o Correio da …

Trump formalmente acusado de abuso de poder e obstrução ao Congresso

Ao fim de vários audições, a Câmara dos Representantes decidiu formalmente acusar Donald Trump de abuso de poder e obstrução ao Congresso. O presidente norte-americano, Donald Trump, vai ser formalmente acusado de abuso de poder e …