/

Antes dos guindastes, Grécia Antiga pode ter usado outra máquina para levantar blocos

Os guindastes apareceram pela primeira vez na antiguidade grega, há mais de 2500 anos, mas um novo estudo sugere que uma máquina de elevação primitiva já estava em uso por volta de 150 anos antes.

O guindaste apareceu pela primeira vez no final do século VI a.C. pela mão dos gregos. Anteriormente, acreditava-se que os gregos tinham levantado blocos de pedra mais pesados através de rampas feitas de terra ou de tijolos de argila.

O estudo publicado na Annual of the British School at Athens descobriu que os construtores dos primeiros templos de pedra da antiguidade grega incluindo os templos de Isthmia e Corinto elaboraram uma máquina de elevação primitiva.

O artigo explica que esta máquina de elevação inicial pode ser vista como um importante precursor do guindaste, e também foi capaz de levantar blocos de 200 a 400 quilos.

O único autor do estudo, Alessandro Pierattini, da Universidade de Notre Dame, revela que o engenho foi originalmente inventado pelos coríntios, que usaram o dispositivo para construir navios e colocar sarcófagos em escavações estreitas e profundas.

“O trabalho reexamina templos de meados do século VII em Corinto e Isthmia e os seus cortes peculiares — duas ranhuras de corda paralelas na parte de baixo e uma na extremidade”, revelou Alessandro Pierattini.

Segundo a Gizmodo, os construtores gregos redirecionaram a força e utilizaram uma corda a passar sobre uma armação para conseguir pôr o engenho a funcionar.

“Este engenho representa um passo crucial no desenvolvimento da arquitetura da pedra grega, marcando um afastamento tanto da construção de tijolos de barro — que era a norma para a maioria dos edifícios gregos —, quanto de experiências anteriores com a construção de pedras”, escreveu Pierattini no seu estudo.

A principal prova da existência deste dispositivo vem de ranhuras gravadas no fundo das pedras usadas para construir os templos de Corinto e Isthmia. Historiadores da antiguidade estão familiarizados com estas marcas, mas não sabem se foram usados para levantar os blocos durante o processo de construção, ou para movê-los nas pedreiras.

“O artigo demonstra que os construtores dos primeiros templos em Corinto e Isthmia já estavam a usar alavancas para a colocação final dos blocos. Isto representa o primeiro uso documentado da máquina de elevação na arquitetura grega“, concluiu Pierattini.

  DR, ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.