Depois de 300 anos, a Grande Mancha Vermelha de Júpiter está a diminuir

Jason Major / MSSS / SwRI / JPL-Caltech / NASA

A Grande Mancha Vermelha de Júpiter, uma tempestade maior que a Terra e suficientemente poderosa para destruir pequenas tempestades que são atraídas para ela, é uma das características mais reconhecíveis da atmosfera de Júpiter.

A tempestade, um anticiclone, possui velocidades de vento de até 500 quilómetros por hora. Esta característica proeminente, observada desde 1830, e possivelmente já existia em 1660, tem sido fonte de grande fascínio e estudo científico.

Muito sobre a Grande Mancha Vermelha ainda é desconhecido, incluindo exatamente quando e como se formou, o que lhe dá uma cor vermelha marcante e porque persistiu durante muito mais tempo que outras tempestades observadas na atmosfera de Júpiter.

No entanto, os astrónomos pensam que a sua posição em latitude, consistentemente observada a 22 graus ao sul do equador de Júpiter, está ligada às proeminentes faixas de nuvens na atmosfera de Júpiter. Estudar atmosferas de todos os tipos aprofunda a compreensão sobre como elas se formam e funcionam.

Ao contrário de Júpiter, a Terra tem massas de terra que causam grandes tempestades a perder energia devido ao atrito com uma superfície sólida. Sem este recurso, as tempestades de Júpiter são mais duradouras.

Os investigadores não entendem muito bem porque é que a mancha ainda vive, mas sabe- se que as tempestades de Júpiter, localizadas em faixas de nuvens com o mesmo sentido de rotação, tendem a ser mais duradouras. Estas bandas alternadas coloridas, chamadas de cintos (escuras) e zonas (claras), são paralelas ao equador de Júpiter.

Os pesquisadores não têm certeza o que causa a coloração das bandas e zonas, mas as diferenças na sua composição química, temperatura e transparência da atmosfera à luz têm sido sugeridas como fatores contribuintes.

Estas bandas também são contra-rotativas, o que significa que se movem em direções opostas em relação aos seus vizinhos. Os limites entre as faixas e zonas são marcados por fortes ventos chamados jatos zonais. A Grande Mancha Vermelha é confinada por um jato a leste para o norte e um jato para o oeste ao sul, confinando a tempestade a uma latitude constante.

No entanto, a Grande Mancha Vermelha sofreu mudanças consideráveis ​​na longitude ao longo do tempo, e evidências recentes sugerem que a taxa de movimento longitudinal para o oeste está a aumentar.

Como a Grande Mancha Vermelha, as faixas sofreram poucas mudanças de latitude ao longo do tempo em que foram observadas. Os cientistas não entendem completamente a estrutura de bandas, mas há evidências que sugerem que as zonas de cores claras são regiões de material em ascensão e os cinturões escuros são regiões de material que se afundam na atmosfera.

Na Terra, há uma fronteira bem definida entre a atmosfera e a superfície do planeta, que é amplamente coberta por água líquida. No entanto, não existem grandes oceanos de água conhecidos sob as nuvens de Júpiter. Com base no que os investigadores sabem, a atmosfera passa suavemente para um interior de hidrogénio líquido dentro do planeta.

Pode haver um núcleo sólido em Júpiter, mas é mais provável que seja enterrado bem fundo sob uma espessa camada de hidrogénio líquido metálico, uma forma de hidrogénio que age como um condutor elétrico.

Uma análise de dados históricos e obtidos recentemente sobre a Grande Mancha Vermelha mostrou que ela está a diminuir e a tornar-se mais redonda e mais alta e sua cor também variou com o tempo. Contudo, a NASA continua sem saber a razão.

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Mais uma prova de alterações climáticas noutro planeta do nosso sistema solar. Aliás, se observarem com o vosso telescópio (se for potente) verão que a grande mancha está a mudar de cor há muito tempo! (mais fácil, olhem para as fotos publicadas pelo ZAP abaixo desta notícia)
    TODOS os planetas estão a mudar. Não é só a Terra.
    As alterações climáticas por que estamos a passar são muito mais profundas do que aquilo que nos querem fazer crer, abrangem TODO o nosso sistema solar, não querendo tirar a importância de que o Homem precisa de mudar os seus hábitos e comportamentos para com o nosso lindo Planeta.
    É interplanetário, causas não antropogénicas, e isso muda toda a propaganda com que nos alimentam todos os dias…

Responder a Jo Cancelar resposta

Veneno de vespa pode ter muito "potencial" na composição de antibióticos

Com o passar dos anos, a população começa a ficar mais resistente a certos medicamentos e estes deixam de fazer efeito. Agora, uma equipa de investigadores desenvolveu novas moléculas anti-microbianas a partir do veneno de …

"Ou és infetado ou morres de fome". Trabalhadores da Amazon nas Filipinas denunciam condições precárias

Trabalhadores contratados pela empresa de segurança Ring da Amazon que trabalham em call centers nas Filipinas denunciam condições de trabalho que dizem ser precárias, mostrando-se ainda mais preocupados com a situação por causa da pandemia …

"Momento muito duro". André Almeida sofreu rotura de ligamentos e arrisca paragem longa

O futebolista internacional português André Almeida sofreu uma entorse do joelho direito, que resultou numa “rotura do ligamento cruzado anterior e do ligamento lateral interno”, informou esta segunda-feira o Benfica. O lateral dos encarnados saiu aos …

Apoio à retoma. Empresas com perdas de 25% podem reduzir horário até 33% já esta terça-feira

Empregadores com quebra de faturação igual ou superior a 25% vão poder reduzir até 33% o horário dos trabalhadores, entre outubro e dezembro, segundo a alteração ao regime de retoma progressiva de empresas em crise. O …

Chega quer tornar voto obrigatório e sanções para quem não cumprir

O deputado único do Chega entregou uma nova proposta no âmbito do projeto de revisão constitucional do partido para tornar o voto obrigatório para todos os cidadãos que o possam exercer e sanções para quem …

A Alemanha quer tornar o teletrabalho um direito legal

O Governo alemão prepara-se para publicar um projeto de lei que dará aos trabalhadores do país o direito legar de trabalhar a partir de casa. A medida aplicar-se-á a todos as atividades laborais que possam …

Novo surto em lar de Beja e 90 alunos em isolamento em Famalicão

Um surto de covid-19 identificado no Lar de Idosos do Centro Paroquial e Social do Salvador, em Beja, já infetou 31 pessoas, sendo 24 utentes e sete funcionários, divulgou a Unidade Local de Saúde do …

Mais de 600 anos depois, encontram-se (várias) semelhanças entre a covid-19 e a peste negra

Numa altura em que o vírus da covid-19 se tem espalhado por todo o mundo, as comparações com outras doenças pandémicas são inevitáveis. Um exemplo disso foi a peste negra que em 1348 fez com …

Nacionalista apoiado pela Turquia eleito Presidente de Chipre do Norte

O nacionalista Ersin Tatar, apoiado pela Turquia, foi no domingo eleito "Presidente" da autoproclamada República Turca de Chipre do Norte (RTCN), numa vitória surpreendente face ao dirigente cessante, Mustafa Akinci, anunciou o conselho eleitoral. Com 51,74% …

China alerta que detectou coronavírus vivo numa embalagem de comida congelada

O Centro para o Controlo e Prevenção de Doenças da China alerta que detectou amostras vivas do novo coronavírus em embalagens de comida congelada, pelo que estas podem ser um veículo de contágio. Já tinham sido …