Grande devedor do Novo Banco admite ser dono de offshores

Mário Cruz / Lusa

O administrador do Grupo Moniz da Maia, Bernardo Moniz da Maia, durante a sua audição perante a comissão eventual de Inquérito Parlamentar às perdas registadas pelo Novo Banco.

Bernardo Moniz da Maia, empresário da Sogema, e um dos grandes devedores do Novo Banco, disse não ter grande património, embora tenha confessado ser dono de offshores.

Na comissão parlamentar de inquérito sobre o Novo Banco, Bernardo Moniz da Maia disse que não tinha grandes posses. “Em meu nome pessoal não tenho património nenhum especial. Tenho um carro que está em leasing”, disse o empresário da Sogema, citado pelo Expresso.

Moniz da Maia foi chamado para explicar as dívidas de mais de 500 milhões de euros que tinha no Novo Banco. Para além do carro em leasing, o empresário também disse ter um cartão de crédito e auferir “três mil e poucos euros” de uma das sociedades de que é administrador.

Bernardo Moniz da Maia disse ainda que existe “uma pequena conta lá fora, na Suíça, arrestada pela justiça brasileira” e que não tem nada em nome de terceiros.

Embora inicialmente tenha dito não ter nenhuma empresa sua no estrangeiro, acabou por admitir mais tarde que afinal está ligado a uma offshore nas Ilhas Virgens Britânicas. O empresário só admitiu que está ligado a esta sociedade quando confrontado pela deputada Mariana Mortágua.

“Posso ser beneficiário económico”, admitiu aos deputados na comissão parlamentar. “Não tenho presente a estrutura disso neste momento”. Posteriormente, confessou estar ligado a duas fundações, que estão sediadas no Panamá.

Moniz da Maia não assumiu responsabilidades no colapso da Sogema e das suas empresas, e no incumprimento da dívida ao então Banco Espírito Santo.

“O grupo Moniz da Maia nunca atuou de má-fé. Sempre pretendemos encontrar soluções para cumprir as suas obrigações na totalidade”, argumentou, citado pelo semanário.

As respostas deixaram muita frustração nos deputados, que se mostraram insatisfeitos com alguma das respostas do empresário.

“Há aqui bastantes falhas em termos de memória relativamente aquilo que era o objeto das questões aqui colocadas. Analisaremos essa situação”, assumiu a deputada socialista que presidia à sessão, Isabel Oneto.

Daniel Costa, ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Como não é Luís Filipe Vieira e não tem nada a ver com o Benfica, a Joana D´Arc, Ana Gomes, nada tem a dizer. E estes 500 milhões estão no prego. Oportunistas, só cavalgam o que dá primeiras páginas. E há mais, quero ouvi-la falar da Ongoing, de Joaquim Oliveira e outros artistas sem importância mediática, já para não falar das centenas de milhões perdidos com os VMOCS sportinguistas – 150 milhões -, as perdões de juros e os custos das reestruturações. Tenho para mim que uma das razões para o secretismo dos devedores, tem muito, muito, a ver com as dívidas reais de Sporting Clube de Portugal e F C Porto. Pelos meus cálculos, as dívidas dos dois clubes, Sads e Clubes, devem ultrapassar os 750 milhões.

  2. Se calhar colocou o dedo na ferida. A ser verdade comprrendo o silencio dessa grande arauta Ana Gomes. Como nao lhe interessa está de bico calado para nao se descobrirem as verdades. Até nem sou do Bloco Esq mas aplaudo Mariana Mortágua pela interpelaçao ao referido ladrao, peço desculpa cidadao honesto e virtuoso.

  3. Deste senhor é que a ex ministra, Constança Urbano, pode dizer que tem problemas de memória! Coitado, já nem sabe o nome das empresas que administra! São tantas, tão sinistras, tão devedoras que o melhor é mesmo esquecê-las! Fez-me lembrar o Berardo! Este NB é mesmo um fabricante de amnésias! Quando é que acaba esta fantochada? Estas audições só podem dar em nada, já que os ouvidos nada têm para dizer!! Porque é que esperamos?

  4. Na verdade esta na moda roubar, desviar e ocultar de formar elegante. Todas as figuras publicas com este carimbo ficam com amnesia e um simtoma a estudar, e perdem memoria facil. Mas se lembram-se de qualquer coisinha…
    ONDE ESTA JUSTICA PARA ACTUAR COM MAO-DE-FERRO e nao com paninhos questes.
    recorrem a malmada e se nao confessao a outros torturas…. porque roubar as claras o povo e CRIME. Fazermos passar por parvos JA BASTA….
    SENHORES DA JUSTICA E POLITICOS PARA QUANTO UMA LEI SEVERA A ESTES COMPORTAMENTOS INADMISSIVEIS NOS DIAS DE HOJE….

  5. Eu só não aplaudo Mariana Mortágua por ter achado graça à amnésia do sr! Eu não tinha achado graça nenhuma! Internava-o uns tempos num dos nossos hospitais psiquiátricos e rapidamente ele quereria lembrar o que fingia esquecer!! Ele foi para ali brincar e o assunto não é mesmo para brincadeiras ! São 500 milhões que ele deve e que os contribuintes portugueses vão ter que pagar se o sr não recuperar a memória!

RESPONDER

Vulcão, La Palma

Aeroporto de Las Palmas inoperacional devido à acumulação de cinzas

O aeroporto de La Palma, na Ilha de Tenerife, nas Canárias, está inoperacional por acumulação de cinzas, resultante da erupção do vulcão Cumbre Vieja, informou hoje a empresa gestora dos aeroportos e do tráfego aéreo …

Siza Vieira reforça que é "trabalho" dos Bancos discutir com os clientes o reembolso das moratórias

O ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, reforça que cabe aos Bancos "discutir com os seus clientes que têm moratórias nos sectores mais afectados" pela pandemia o reembolso das dívidas após o fim destes mecanismos …

Domingos Soares de Oliveira de saída do Benfica

Além de João Varandas Fernandes e José Eduardo Moniz, o administrador Domingos Soares de Oliveira também não vai integrar a lista de Rui Costa para as próximas eleições. Rui Costa confirmou na terça-feira que é candidato …

Depois do Bayern, Barcelona também está atento a Luis Díaz

Luis Díaz continua a somar boas exibições e clubes interessados na sua contratação. Agora fala-se do desejo do Barcelona em contratar o colombiano em janeiro. Luis Díaz atravessa um momento de forma excecional ao serviço do …

Fuse Valley, Matosinhos

Está a nascer em Matosinhos a Silicon Valley portuguesa (e até Siza Vieira está "espantado")

O "Fuse Valley" promete ser a Silicon Valley portuguesa, em Matosinhos, num empreendimento inovador da Farfetch e da Castro Group que até deixa o ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, "espantado". A abertura está prevista …

Portugal aguarda "luz verde" da EMA para avançar com terceira dose aos idosos

Portugal aguarda a autorização da Agência Europeia de Medicamentos para avançar com a administração da terceira dose da vacina contra a covid-19 a maiores de 65 anos. Com base nos resultados de dois grandes estudos científicos …

E depois de Merkel? Alemanha já sente falta da Chanceler que saiu da sombra para salvar o seu "delfim"

Angela Merkel tinha prometido ficar afastada das eleições legislativas deste domingo, na Alemanha, mas saiu da sombra para apoiar o seu "delfim", o candidato da CDU, Armin Laschet, que deverá disputar a vitória com o …

Já há refugiados afegãos a realizarem entrevistas de emprego em Portugal

Já há refugiados afegãos a realizarem entrevistas de emprego em Portugal, disse a secretária de Estado para a Integração e as Migrações, Cláudia Pereira. Em três semanas, chegaram 178 refugiados afegãos a Portugal. A secretária de …

Arranca hoje a conferência dos Trabalhistas - num clima de "guerra civil" entre Starmer e os Corbynistas

A proposta de Starmer de mudar a sistema de eleição do líder dos Trabalhistas tem suscitado muitas críticas, num partido que já estava profundamente dividido entre os membros mais conservadores e os membros leais a …

Multinacional oferece emprego qualificado em Portugal mas não tem candidatos

Um engenheiro de Mirandela regressou à terra para instalar na cidade transmontana o polo principal de uma nova multinacional na área da energia que está a recrutar, mas não consegue candidatos para emprego qualificado. Manuel Lemos …