Governo está a estudar alargamento dos manuais gratuitos aos 5.º e 6.º anos

Depois de neste ano lectivo ter disponibilizado manuais escolares gratuitos a todos os alunos do Primeiro Ciclo, o Governo está a estudar estender essa medida aos 5º e 6º anos do Segundo Ciclo.

Neste ano, no âmbito da medida de gratuitidade dos manuais escolares, foram reutilizados cerca de 15 mil manuais escolares do 1.º ano, conforme refere a secretária de Estado Adjunta da Educação, Alexandra Leitão, em declarações ao Público.

O Governo aplicou, neste ano, a medida dos manuais escolares gratuitos a todos os alunos do Primeiro Ciclo, do primeiro ao quarto ano, e espera poder alargar a iniciativa também ao Segundo Ciclo, conforme assume a governante.

“Estamos a estudar, a apurar dados, a ver possibilidades orçamentais“, salienta Alexandra Leitão.

Em causa estão cerca de 200 mil alunos dos 5.º e 6.º anos no que será um investimento significativo do Estado.

Neste ano lectivo, saíram dos cofres públicos 12 milhões de euros para suportar o alargamento da medida dos manuais escolares gratuitos aos cerca de 320 mil alunos do Primeiro Ciclo, segundo dados do Público.

O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, já garantiu que o seu partido se vai debater pela extensão da gratuitidade dos manuais escolares até ao 9.º ano, no sentido de abranger toda “a escolaridade obrigatória”.

“O Orçamento de Estado 2018 é uma oportunidade para fazer esse caminho, alargando ao segundo e terceiro ciclos [5.º e 6.º e 7.º, 8.º e 9.º anos, respectivamente], levando a gratuitidade dos manuais escolares tão longe quanto possível”, referiu o líder comunista, garantindo que o PCP não vai “desperdiçar” esta oportunidade nas negociações com o Governo.

Pais com manuais estragados devem fazer queixa

Este processo de entrega de manuais escolares gratuitos arrancou no passado ano lectivo, apenas para os alunos do 1.º ano do Primeiro Ciclo.

Mas a reutilização desses manuais está a suscitar alguma polémica, já que há casos de pais que se queixam de ter recebido livros com correcções escritas a caneta pelos professores, desenhos pintados a várias cores, autocolantes colados e escrita a lápis das crianças.

A secretária de Estado Adjunta da Educação aconselha então esses pais a apresentarem queixa, contactando a Escola e a Direcção-Geral de Estabelecimentos Escolares.

“A indicação que demos às escolas foi a de que pedissem a verba integral para o 1.º ano”, sublinha Alexandra Leitão no Público.

“Atendendo à idade das crianças e às características dos manuais, sempre dissemos que as expectativas de reutilização eram baixas“, continua a governante, realçando que “os manuais são construídos para serem escritos, recortados e pintados da primeira à última página”.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

O planeta extrassolar mais próximo da Terra pode ter companhia

Uma equipa internacional de astrofísicos encontrou evidências da existência de um segundo planeta a orbitar Próxima Centauri, a estrela mais próxima do Sol. Na prática, o mundo extrassolar mais próximo de nós pode ter companhia. …

Uma estrela ajudou a perceber quando é que a Via Láctea devorou outra galáxia

Recentemente, astrónomos descobriram que uma colisão com uma galáxia satélite encheu a Via Láctea de estrelas. Agora, graças a uma única estrela, já é possível perceber quando é que isso aconteceu. A galáxia satélite Gaia-Enceladus foi, …

Homem pede "julgamento por combate" com espadas japonesas para resolver disputa legal com a ex-mulher

Para resolver uma disputa legal com a sua ex-mulher, David Ostrom sugere que seja feito um "julgamento por combate" com espadas japonesas. Há precedentes legais que o podem favorecer em tribunal. O insólito aconteceu no Iowa, …

Crimes violentos podem aumentar drasticamente nos EUA devido ao aquecimento global

O número de crimes violentos nos Estados Unidos pode aumentar drasticamente nos próximos anos devido ao aquecimento global, concluiu uma nova investigação levada a cabo por cientistas da Universidade do Colorado, em Boulder. "Dependendo da rapidez …

Twitter pede desculpa por permitir anúncios direcionados a neonazis

O Twitter emitiu esta quinta-feira um pedido de desculpa público depois de a BBC denunciar que a rede social estava a permitir anúncios direcionados a neonazis, islamofóbicos e outros grupos de ódio. A emisorra britânica …

Carlos Silva alega falta de apoio do PS e anuncia saída da liderança da UGT

O secretário-geral da UGT não é candidato a um novo mandato na central sindical, alegando que o “desgaste tem sido tremendo” e que é visto como força de bloqueio. “Não quero continuar”, “já está decidido e …

A maior aeronave do mundo vai ficar ainda maior. Medirá quase 100 metros

A maior aeronave do mundo vai ficar ainda maior: o dirigível híbrido Airlander 10, que media 92 metros de comprimento, vai bater o seu próprio recorde. De acordo com a emissora britânica BBC, a aeronave passará a …

Mortes nos Comandos. Governo só indemniza famílias se for condenado

O Governo deu ordem para parar as negociações com as famílias dos recrutas que morreram durante o 127.º Curso de Comandos, que decorreu na região de Alcochete, em 2016. Segundo o Jornal de Notícias, o Governo …

Eduardo Cabrita diz que polícias compram equipamento "porque querem"

O ministro da Administração Interna afirmou que os agentes policiais que compram equipamento de proteção do seu próprio bolso fazem-no porque o querem. Numa entrevista ao Diário de Notícias e à TSF, divulgada este fim-de-semana, o …

Chuva deixa Austrália entre incêndios e cheias. Número de mortos sobe para 29

A chuva trouxe algum alívio aos bombeiros e habitantes do leste da Austrália, mas também causou cheias e novos problemas. As equipas ainda combatem cerca 100 focos de incêndio na região e o número de …