Governo dá tolerância de ponto no Carnaval

Flou-Net / Flickr

O Governo decidiu dar tolerância de ponto na terça-feira de Carnaval, no próximo dia 28 de fevereiro, aos trabalhadores da Função Pública, refere um despacho assinado pelo primeiro-ministro.

Segundo o despacho a que a Lusa teve acesso esta terça-feira, o Governo justifica que “embora a terça-feira de Carnaval não conste da lista de feriados obrigatórios”, existe em Portugal “uma tradição consolidada de organização de festas neste período”.

Desta forma, prossegue o Governo, é concedida “tolerância de ponto aos trabalhadores que exercem funções públicas nos serviços da administração direta do Estado, sejam eles centrais ou desconcentrados, e nos institutos públicos, no dia 28 de fevereiro de 2017”.

A proposta para que o dia de Carnaval fosse feriado nacional deu entrada na Assembleia em novembro de 2015 mas a discussão acabou por ser adiada devido à reposição dos feriados obrigatórios.

O tema voltou no início de janeiro, com propostas dos Verdes e do PAN, que acabaram por ser chumbadas no Parlamento, com votos contra do PS, PSD e CDS-PP.

“A tolerância de ponto que Governo e administração pública a nível local é suficiente para valorizar esta festividade. Em matéria de feriados, o PS já fez o que lhe competia, repondo quatro feriados que o PSD retirou aos portugueses”, advogou, na altura, o socialista Luís Soares.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Boa tarde,

    O assunto sobre o eventual feriado no dia de Carnaval foi no inicio do ano levado ao parlamento tendo o PS informado que dá tolerância de ponto e assim sendo não era necessário declarar feriado. Parece-me que o PS e o Governo esquecem que tolerância de ponto é feriado ou tolerância de ponto no sector privado.
    Assim sendo “uns são filhos da mãe” e “outros são filhos da Pxxx”.
    Concordo que, se o estado do pais o permite, se alivie a carga fiscal e se reponha as regalias retiradas mas ao que se vê é tudo para o público e o privado nada…

    Uma vez mais se constata que vai ser o privado “a pagar as regalias” que se está a dar ao sector publico.

    Bem hajam …. que certamente não tem o meu voto nas próximas eleições..

  2. Realmente vivemos num pais que parecem dois totalmente distintos. Feriados e tolerâncias de ponto mas só para alguns. Regalias e mais regalias!

  3. Tolerância de ponto já eu tive em 1969! Nos tempos do fascismo! Não se calam com isso e até parece que ele está a dar alguma coisa que não existisse há mais de 50 anos. Aos que se queixam que no privado não têm eu respondo que se o fascismo ainda existisse hoje, se calhar também já tinham. Naquele tempo não havia tanto gatuno, chupista, vadio e gente sem trabalhar e a ganhar brutos ordenados como hoje!!

    • mais um individuo que toda a vida esteve no funcionalismo publico. experimente sair para o privado para começar a perceber a realidade. melhor ainda no privado está sempre a meio caminho do desemprego e o final do mês pode ser uma incógnita quer para receber o ordenado (sim porque há patrões que não pagam) quer para receber a carta de despedimento (sim porque também podem ser despedidos). Não ter estes dois cenários sempre presentes só mesmo na função publica. será que isto é que se chama fascismo?!?! não compreendo essa palavra.

    • Então em 1969 não havia tanto “gatuno chupista” e o povo tinha muito menos do que o que tem hoje?!
      Deves andar muito distraído…
      Coitado de quem, em pleno 2017 ainda vive na ignorância e não sabe que nesse tempo o pais estava entregue a meia-dúzia de famílias que dispunham de tudo e todos!

RESPONDER

Renováveis baixaram fatura da luz em 2,4 mil milhões na última década

A produção de eletricidade a partir de fontes renováveis permitiu ao sistema elétrico português acumular uma poupança de 2,4 mil milhões de euros ao longo dos últimos 10 anos. Esta é a principal conclusão de um …

Constitucional chumba barrigas de aluguer pela segunda vez

O Tribunal Constitucional chumbou, esta quarta-feira, pela segunda vez, o diploma do Parlamento sobre gestação de substituição, depois de um chumbo no ano passado. O BE apresentou uma proposta em que se previa "que a gestante …

Furacão Humberto ganha força a caminho das Bermudas

O furacão Humberto aumentou de intensidade nas últimas horas e atingiu a categoria 3 a caminho das Bermudas, informou o Centro Nacional de Furacões dos EUA (NHC) nesta quarta-feira. O terceiro furacão da temporada no Atlântico, …

Brasil é o país lusófono com mais refugiados. Já Portugal tem as maiores remessas dos emigrantes

Um relatório das Nações Unidas (ONU) revelou que o Brasil é o país lusófono que acolhe mais refugiados, Portugal é o que recebe mais remessas dos emigrantes e Moçambique teve o maior aumento de estrangeiros …

Ryanair deixa de voar entre Porto e Lisboa em outubro (mas fica com base mais reduzida em Faro)

A transportadora aérea irlandesa Ryanair vai deixar de voar entre Porto e Lisboa a partir de 25 de outubro devido a “razões comerciais”. A confirmação foi dada pela empresa ao Jornal de Notícias. Em abril, a …

Frente-a-frente entre Costa e Rio teve menos 633 mil espectadores do que o debate entre Costa e Passos em 2015

O frente-a-frente entre António Costa e Rui Rio, os líderes dos dois maiores partidos, teve menos audiência do que o confronto de há quatro anos, entre António Costa e Pedro Passos Coelho. Cerca de de …

EDP condenada a multa de 48 milhões por abuso de posição dominante na produção de energia

A Autoridade da Concorrência (AdC) condenou a EDP por abuso de posição dominante. A coima de 48 milhões de euros foi aplicada à EDP Produção por manipular a oferta de serviços de sistema que regula …

Há sete anos que a média de secundário dos colocados no Ensino Superior não era tão alta

Há sete anos que a média de secundário dos colocados no ensino superior não era tão alta. Relativamente aos alunos de cursos científico-humanísticos, a média dos colocados tem vindo a aumentar desde 2015, tendo atingido …

Futebolistas internacionais russos Kokorin e Mamayev saíram da prisão

Pavel Mamayev e Alexander Kokorin foram detidos depois de atacarem dois homens, um responsável do governo, num estacionamento de um hotel, e um outro num café. Deixam a prisão por "bom comportamento". Os futebolistas internacionais russos …

Praga de baratas fecha refeitório do hospital Amadora-Sintra

Uma praga de baratas está a afetar o Hospital Amadora-Sintra, provocando sérios transtornos às centenas de trabalhadores desta unidade de saúde. O caso foi denunciado ao Correio da Manhã por funcionários e confirmado pelo hospital. A …