Portugal reintroduz “controlo de fronteiras” com Espanha. Só se vai passar por nove pontos

António Cotrim / Lusa

O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita

Portugal vai reintroduzir o controlo de fronteiras terrestres com Espanha e restringir voos. As medidas foram anunciadas pelo ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, nesta segunda-feira, como forma de fazer face à pandemia de Covid-19.

Só os transportes de mercadorias e os trabalhadoras que exercem as suas actividades profissionais no país vizinho, vão poder transitar nas fronteiras com Portugal, anunciou o ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita.

“Entende-se que se deve permitir aos Estados Membro a reintrodução de mecanismos de controlo”, apontou o governante em conferência de imprensa, após uma reunião de ministros da União Europeia que foi realizada por videoconferência.

A União Europeia (UE) tinha avançado que o fecho de fronteiras “não é a melhor forma” de conter a propagação do Covid-19, já que também afecta a distribuição de medicamentos e de equipamentos médicos.

“A posição da Comissão, com base na informação que temos, é que o vírus já está presente em todos os Estados-membros e, por isso, fechar fronteiras não é necessariamente a melhor forma de assegurar que vamos conter a propagação do surto na UE”, apontou o porta-voz do executivo comunitário Eric Mamer.

“É fundamental manter a economia a funcionar”, sublinha agora Eduardo Cabrita, frisando que “haverá vias verdes para o transporte de bens alimentares e outros produtos essenciais” na fronteira entre Portugal e Espanha.

O ministro nota que nas fronteiras terrestres dentro do espaço Schengen, será feita “a reintrodução de mecanismos de controlo de fronteiras”. Assim, haverá entre Portugal e Espanha apenas nove pontos de passagem de fronteiras terrestres, com controlos sanitários.

“Portugal e Espanha estão a concluir as notas técnicas que permitirão ainda hoje reintroduzir os controlos de fronteiras terrestres, estabelecendo exclusivamente nove pontos de passagem”, reforça o ministro, avançando que “todas os outras passagens vão ser absolutamente interditadas“.

Em conferência de imprensa em Lisboa, Eduardo Cabrita sublinhou que nos nove pontos de passagem terreste vão ser estabelecidos mecanismos que limitam essa passagem “exclusivamente a mercadorias e a trabalhadores que tenham por razões profissionais para se deslocarem a Espanha”.

Esse controlo vai ser feito em articulação com as autoridades espanholas.

“Relativamente à fronteira aérea, vamos adoptar medidas de controlo sanitário“, refere o ministro, recomendando às pessoas para não se deslocarem nas férias da Páscoa, não apenas para o estrangeiro, mas dentro do próprio país. Devem, assim, permanecer nos locais onde residem.

Eduardo Cabrita refere ainda que a possibilidade de alargar a suspensão de voos a outros países, além de Itália e China, “está a ser discutida”.

“Temos seguido o principio de interrupção das ligações aérea relativamente a países de maior risco”, diz o ministro, notando que se vai “continuar a monitorizar muito de perto a situação em todos os países de origem e a definir mecanismos de acompanhamento de saúde dos passageiros que chegam de países terceiros”.

A ministra da Saúde, Marta Temido, avança ainda que será “feito um novo pacote de aquisição conjunta” de equipamentos de protecção individual a nível europeu.

ZAP //

 

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Quando ouvi que este ministro restringiu o consumo de álcool na via publica fiquei mais descansado. Esta é a medida que nos vai salvar! Apinhar as pessoas dentro dos cafés e bares e evitar que venham para a rua era a medida mais importante que se poderia tomar e isso e vai salvar muitas vidas. Ainda bem que temos governantes à altura das necessidades e que sabem distinguir o que realmente é importante.

    • A ideia é fechar já esses espaços todos em breve. Espere pelos próximos dias. Os tempos são realmente difíceis. Se houver um acelerar dos casos em Portugal o SNS não tem equipamentos de ventilação suficientes (sei do que falo). Por isso é importante que os casos surjam gradualmente, estendidos ao longo do tempo. É a única forma de conseguir responder a todas as necessidades. É garantido que mais de 60% da população venha a ser infetada e isso não é necessariamente grave. Até porque muitos casos não precisarão de nenhum apoio relevante e outros nem darão por nada. Grave é se acontecer num curto espaço de tempo.

  2. Portanto estão a fazer tudo o que o Trump fez só que atrasados.
    Por alguma razão nos EUA morreram 20x menos pessoas que na Europa até agora

RESPONDER

NASA dedica novo telescópio a Nancy Grace Roman, a "mãe" do Hubble

A NASA renomeou o telescópio Wide Field Infrared Probing Telescope (WFIRST) em homenagem a Nancy Grace Roman, a mãe do Hubble. A NASA batizou o seu telescópio espacial de última geração, atualmente em desenvolvimento, - o …

Guitarrista dos Queen teve um ataque cardíaco que o deixou às portas da morte

Brian May, guitarrista dos Queen, sofreu um ataque cardíaco que o deixou às portas da morte, anunciou o próprio músico, de 72 anos. May partilhou um vídeo no Instagram no qual conta todo o episódio. Tudo …

"Missão Tianwen". China planeia lançar sonda para Marte em julho

A China planeia lançar uma sonda e um pequeno robô de controlo remoto para Marte, em julho, na sua primeira missão ao Planeta Vermelho, anunciou esta segunda-feira a agência responsável pelo projeto. "O nosso objetivo era …

Bairros de lata são incubadoras de covid-19, mas ninguém ajuda os milhões que lá vivem

Bairros de lata, como as favelas, são consideradas incubadores de covid-19. No entanto, pouca atenção lhes tem sido dada na resposta à pandemia. Tendo devastado algumas das cidades mais ricas do mundo, a pandemia do novo …

Morreu Saturn, o jacaré que sobreviveu a um bombardeamento da II Guerra (e que se diz que pertenceu a Hitler)

Saturn, um jacaré norte-americano de 84 anos, morreu esta sexta-feira no jardim zoológico de Moscovo, na Rússia, anunciou a instituição na sua conta de Facebook, dando conta que o animal morreu de velhice. O réptil …

Antiviral Remdesivir pode ser eficaz no combate à covid-19

O antiviral Remdesivir é eficaz contra a covid-19 caso seja administrado antes dos pacientes necessitarem de ventilação mecânica, indica um ensaio internacional com este medicamento, coordenado pelo Hospital Can Ruti, em Badalona, Barcelona, Espanha. Segundo um …

Há uma misteriosa ilha em Nova Iorque que quase ninguém pode visitar (e está abandonada)

A menos de 1,6 quilómetros de Manhattan, em Nova Iorque, localiza-se uma misteriosa ilha abandonada há mais de meio século. É preciso ter autorização do New York City Department of Parks and Recreation para visitar …

Israel não vai desperdiçar "oportunidade histórica" para anexar a Cisjordânia

O primeiro-ministro israelita Benjamin Netanyahu voltou a defender hoje a anexação de partes da Cisjordânia nos próximos meses e em prosseguir este polémico plano, apesar do crescente coro de condenações de diversos aliados. Os palestinianos, e …

Zlatan Ibrahimovic lesiona-se e deixa carreira em risco

No treino com vista ao regresso da Liga italiana, Zlatan saiu a coxear do centro de treinos, com os milaneses a explicarem que exames vão determinar se se trata de lesão no gémeo ou tendão …

Há uma orquestra presa num palácio da Alemanha há 75 dias

Um grupo de músicos bolivianos, que pertencem à Orquestra Experimental de Instrumentos Nativos, está confinado no Palácio Rheinsberg, na Alemanha, há cerca de 75 dias devido à pandemia de covid-19. No início de março, os membros da …