/

Governo já garantiu 370 camas no setor privado

Caroline Blumberg / EPA

O Governo já garantiu 370 camas no setor privado, sendo que quase metade, 164, são para doentes covid. Há atualmente 3.338 pacientes infetados com o novo coronavírus internados em hospitais.

A informação foi confirmada por fonte oficial do Ministério da Saúde ao Jornal de Negócios. As negociações entre o Governo e os prestadores privados de saúde prosseguem, esperando-se a disponibilização de mais camas num futuro próximo.

No entanto, estas negociações estão marcadas por tensão, já que os grupos privados acusam o Governo de recusar a contratação de camas na área não-covid. O Executivo negou e, por sua vez, denunciou a falta de disponibilidade dos privados para aceitar doentes com covid-19.

Para os doentes não-covid, o Governo fechou um acordo para 206 camas com o setor privado. A região Norte é a mais reforçada, sendo que foi a mais afetada por esta segunda vaga da pandemia. O grupo Trofa, com 93 camas, e o grupo Lusíadas, com 69, são os mais que contribuem.

Sabe-se ainda que a Administração Regional de Saúde (ARS) de Lisboa e Vale de Tejo fechou acordos com os grupos CUF e Luz Saúde para um total de 28 e 30 camas, respetivamente, para doentes infetados com o novo coronavírus.

Também a ARS Norte contratualizou 66 camas para doentes covid com o Hospital Fernando Pessoa e 40 camas com a Santa Casa da Misericórdia da Póvoa do Lanhoso.

Segundo os dados mais recentes da Direção-Geral da Saúde, há atualmente 3.338 pacientes infetados com covid-19 internados em hospitais, dos quais 525 estão nos cuidados intensivos.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.