Governo admite colocar bombeiros na prevenção de incêndios

O novo secretário de Estado das Florestas diz que é preciso “derrubar muros” entre a prevenção e o combate aos fogos e que, se for preciso, não vê problema em que os bombeiros façam o mesmo trabalho que os sapadores florestais.

Numa entrevista ao Público, o secretário de Estado das Florestas, Miguel Freitas, diz que nesta altura é preciso “olhar para a frente” e “quebrar este ciclo do fogo” e “deixarmos de ter este conceito separado de prevenção e combate e passar para um grande conceito da proteção da floresta”.

“Sinto que é evidente que é necessário quebrar alguns muros que existem ainda entre o que é o dispositivo de combate e o trabalho que desenvolve na prevenção”, destaca.

“Nós temos de trazer a lógica do combate para a prevenção. Só no momento em que conseguirmos que quem está no combate possa fazer prevenção é que conseguiremos vencer o desafio que temos pela frente”, continua.

(dr) presidencia.pt

Miguel Freitas, secretário de Estado das Florestas

Por isso, questionado se existe a possibilidade de os bombeiros virem a fazer o mesmo trabalho que os sapadores florestais, o secretário de Estado não rejeita a ideia.

“Temos de fazer avançar o sistema, o que significa pensar todas essas questões. O que digo é que não me repugna a ideia de que os bombeiros possam também ter intervenção em matéria de prevenção”, respondeu.

Na mesma entrevista, o governante garantiu que está a trabalhar “num horizonte de cinco anos” e que, no anterior Governo, “a floresta não foi uma prioridade”.

“No anterior programa comunitário, por responsabilidade do anterior governo, cerca de metade dos fundos das florestas foram transferidos para outros investimentos, para outras prioridades. A floresta não foi uma prioridade. Este ministro assumiu desde a primeira hora que não retiraria um tostão das medidas florestais“, declara.

Miguel Freitas, que chegou ao Governo poucos dias depois da tragédia em Pedrógão Grande, acredita ainda que “o país não é todo para florestar” e que “entre ter má floresta e não ter floresta, é preferível não ter”.

“Temos de fazer escolhas certas para não chegarmos ao verão e ver o país a arder”.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. “O que digo é que não me repugna a ideia de que os bombeiros possam também ter intervenção em matéria de prevenção”. “não me repugna”! Isso NÃO QUER DIZER “Governo admite colocar bombeiros na prevenção de incêndios”! Isso não quer dizer “não vê problema em que os bombeiros façam o mesmo trabalho que os sapadores florestais.”. Que mania esta da “imprensa” interpretar aquilo que não foi dito! Ao menos a ideia dos estudos para prevenção dos incêndios é clara, (e óbvia… e necessária) não deixando espaço para “interpretações” criativas. Façam o vosso trabalho (“imprensa”). Deixem de “ler” e “ver” aquilo que não foi escrito ou falado. O vosso dever é informar e não interpretar. Isso é trabalho (?) para os “comentadores”. Arre, que isso irrita!!!

RESPONDER

Estrada onde morreram 6 pessoas espera por obras há oito anos

A requalificação do Itinerário Complementar 8, onde esta segunda-feira morreram mais seis pessoas numa colisão frontal, já é reclamada há, pelo menos, oito anos. Na edição desta terça-feira, o Jornal de Notícias avança que, há cerca …

Vale e Azevedo fugiu para Londres em jacto privado para escapar à prisão

Vale e Azevedo, ex-presidente do Benfica, fugiu à justiça, para não cumprir mais uma pena de prisão, anuncia o Correio da Manhã. O advogado terá viajado num jacto privado apesar de declarar que vive com …

Preço do petróleo atinge máximos de quatro anos. PIB pode derrapar

O preço do petróleo superou ontem a fasquia dos 80 dólares, o valor mais alto dos últimos quatro anos. A subida pode não ficar por aqui. Só nos últimos 12 meses, o petróleo valorizou cerca de …

Director da PJ Militar e comandante da GNR detidos no caso do roubo de Tancos

A Polícia Judiciária deteve, nesta terça-feira, o director da Polícia Judiciária Militar, coronel Luís Augusto Vieira, e o comandante da GNR de Loulé, sargento Lima Santos, numa investigação relacionada com o furto de armas de …

Taxistas no sétimo dia de protesto. Reunião com assessor de Costa foi "manobra de diversão"

Taxistas de Lisboa, Porto e Faro cumprem o sétimo dia de protesto, mantendo-se os motoristas parados contra a entrada em vigor, a 1 de novembro, da lei que regula as quatro plataformas eletrónicas de transporte …

Professora condenada a 5 anos de prisão por maus tratos a alunos

O Tribunal Judicial de Barcelos condenou, nesta segunda-feira, uma professora de duas escolas do 1.º ciclo do concelho a cinco anos de prisão, com pena suspensa, por dez crimes de maus tratos a alunos menores. A …

Fundadores do Instagram deixam a empresa em rutura com Zuckerberg

Os fundadores do Instagram, Kevin Systrom e Mike Krieger, vão deixar a empresa adquirida pelo Facebook em 2012 para "construir coisas novas". Em causa estarão também algumas tensões com o CEO Mark Zuckerberg.   “Vamos …

Universitários dormem na rua em protesto. "É urgente criar mais residências"

Esta segunda-feira, vários estudantes universitários do Porto dormiram na rua, uma iniciativa que pretende alertar para a situação que se vive devido à falta de alojamento. Estudantes da Universidade do Porto montaram, esta segunda-feira, um acampamento …

Infarmed vai continuar "forever and ever" em Lisboa

O presidente da câmara do Porto, o independente Rui Moreira, disse esta segunda-feira que "o Infarmed vai continuar forever and ever [para todo o sempre] em Lisboa", acusando o Governo, liderado pelo PS, de "sucumbir …

Europa cada vez mais quente. Portugal é o país que menos aqueceu

As temperaturas médias registadas nas cidades europeias estão cada vez mais altas. No topo da lista dos aumentos encontram-se os países nórdicos e no fim da lista as cidades portuguesas. Um estudo do Centro Europeu de …