Governo admite colocar bombeiros na prevenção de incêndios

O novo secretário de Estado das Florestas diz que é preciso “derrubar muros” entre a prevenção e o combate aos fogos e que, se for preciso, não vê problema em que os bombeiros façam o mesmo trabalho que os sapadores florestais.

Numa entrevista ao Público, o secretário de Estado das Florestas, Miguel Freitas, diz que nesta altura é preciso “olhar para a frente” e “quebrar este ciclo do fogo” e “deixarmos de ter este conceito separado de prevenção e combate e passar para um grande conceito da proteção da floresta”.

“Sinto que é evidente que é necessário quebrar alguns muros que existem ainda entre o que é o dispositivo de combate e o trabalho que desenvolve na prevenção”, destaca.

“Nós temos de trazer a lógica do combate para a prevenção. Só no momento em que conseguirmos que quem está no combate possa fazer prevenção é que conseguiremos vencer o desafio que temos pela frente”, continua.

(dr) presidencia.pt

Miguel Freitas, secretário de Estado das Florestas

Por isso, questionado se existe a possibilidade de os bombeiros virem a fazer o mesmo trabalho que os sapadores florestais, o secretário de Estado não rejeita a ideia.

“Temos de fazer avançar o sistema, o que significa pensar todas essas questões. O que digo é que não me repugna a ideia de que os bombeiros possam também ter intervenção em matéria de prevenção”, respondeu.

Na mesma entrevista, o governante garantiu que está a trabalhar “num horizonte de cinco anos” e que, no anterior Governo, “a floresta não foi uma prioridade”.

“No anterior programa comunitário, por responsabilidade do anterior governo, cerca de metade dos fundos das florestas foram transferidos para outros investimentos, para outras prioridades. A floresta não foi uma prioridade. Este ministro assumiu desde a primeira hora que não retiraria um tostão das medidas florestais“, declara.

Miguel Freitas, que chegou ao Governo poucos dias depois da tragédia em Pedrógão Grande, acredita ainda que “o país não é todo para florestar” e que “entre ter má floresta e não ter floresta, é preferível não ter”.

“Temos de fazer escolhas certas para não chegarmos ao verão e ver o país a arder”.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. “O que digo é que não me repugna a ideia de que os bombeiros possam também ter intervenção em matéria de prevenção”. “não me repugna”! Isso NÃO QUER DIZER “Governo admite colocar bombeiros na prevenção de incêndios”! Isso não quer dizer “não vê problema em que os bombeiros façam o mesmo trabalho que os sapadores florestais.”. Que mania esta da “imprensa” interpretar aquilo que não foi dito! Ao menos a ideia dos estudos para prevenção dos incêndios é clara, (e óbvia… e necessária) não deixando espaço para “interpretações” criativas. Façam o vosso trabalho (“imprensa”). Deixem de “ler” e “ver” aquilo que não foi escrito ou falado. O vosso dever é informar e não interpretar. Isso é trabalho (?) para os “comentadores”. Arre, que isso irrita!!!

RESPONDER

Rulotes vão ser proibidas de vender álcool em zonas do Porto, Lisboa e Albufeira

O Governo anunciou, esta sexta-feira, que está a articular com as câmaras de Lisboa e Albufeira a proibição de vendas alcoólicas por rulotes "nas zonas de diversão noturna identificadas como problemáticas pelas forças de segurança". A …

Condenada a mais oito. Ex-Presidente Park arrisca agora 32 anos de prisão

Esta sexta-feira, o Tribunal Distrital de Seul condenou a ex-Presidente sul-coreana Park Geun-hye a mais oito anos de prisão. Park Geun-hye, ex-Presidente da Coreia do Sul, já tinha sido condenada a 24 anos de prisão por …

Viagem de deputados contra supressão de comboios cancelada (porque o comboio foi suprimido)

Uma comitiva de deputados e autarcas que pretendia viajar de comboio entre as Caldas da Rainha e Lisboa, para exigir soluções para a Linha do Oeste, ficou apeada e foi obrigada a fazer o percurso …

12 feridos em ataque com arma branca em autocarro na Alemanha

12 pessoas ficaram feridas, duas delas em estado grave, no ataque perpetrado por um homem, armado com arma branca, no interior de um autocarro na cidade alemã de Lübeck, norte do país, segundo a televisão …

É um "emprego de sono". 1000 euros para dormir 8 horas por dia

Um salário de 1000 euros ao fim do mês para dormir oito horas por dia. Eis a oferta de emprego da marca portuguesa Desonno, especializada em colchões e almofadas, que é, acima de tudo, uma …

Marinha Portuguesa vai receber 7 novos navios (para cumprir acordo com a NATO)

O primeiro-ministro anunciou, esta sexta-feira, a construção, nos próximos seis a oito anos, de sete novos navios para a Marinha portuguesa, no âmbito da revisão da Lei de Programação Militar (LPM). António Costa falava nos estaleiros …

Por dia, são assassinadas pelo menos 3 crianças no México

Pelo menos três crianças são assassinadas todos os dias no México, país que fechou o ano passado com o número mais elevado de homicídios das últimas duas décadas, lamentaram esta quinta-feira as autoridades do país. “Temos …

Macron despede colaborador que agrediu manifestante

O Presidente francês viu-se obrigado a despedir o colaborador que tinha sido filmado a agredir um manifestaste no 1º de maio, alegando terem surgido "dados novos" sobre o caso. Segundo o Público, o colaborador de Emmanuel Macron que foi …

Há uma empresa neozelandesa em que se trabalha 4 dias por semana (e ganha-se o mesmo)

Os trabalhadores da Perpetual Guardian trabalham apenas quatro dias por semana e recebem o mesmo salário. A empresa neozelandesa decidiu fazer a experiência e os resultados não poderiam ser melhores. Mantendo o mesmo salário e sem …

Enorme sarcófago negro tinha 3 múmias (e nenhuma maldição)

O enorme sarcófago negro encontrado em Alexandria foi finalmente aberto e o mistério foi desvendado. Nem maldição nem restos mortais de Alexandre, o Grande. Na verdade, o túmulo tinha 3 múmias e água de esgoto. O …