Google tinha telefone de PNR como contacto do SOS Racismo. Associação apresenta queixa

Manuel de Almeida / Lusa

O número de telefone do PNR apareceu no Google como sendo o contacto da SOS Racismo, denunciou este domingo a associação, adiantando que já pediu explicações à empresa e que vai apresentar queixa ao Ministério Público.

O erro foi reportado à SOS Racismo por uma mulher que tentou, durante várias semanas, contactar a associação, mas cujas chamadas telefónicas iam sendo atendidas por pessoas do ultranacionalista Partido Nacional Renovador, de extrema-direita.

“Uma senhora encontrou-se com um dos elementos do SOS e questionou o facto de não conseguir entrar em contacto connosco por telefone. Tinha tentado várias vezes e respondiam-lhe sempre do PNR”, contou o responsável da associação de luta contra o racismo, adiantando que o número em causa tinha sido encontrado através do Google.

“Fomos confirmar e, de facto, colocando a designação SOS Racismo no Google, a informação que aparecia era referente à morada da sede, que estava correta, e depois constava um telemóvel que não é o da associação”, adiantou Nuno Silva.

Uma pesquisa em alguns sites e “na própria página do PNR” levou os dirigentes da associação a confirmar que o número de telemóvel que surgia associado à SOS Racismo “está atribuído a esse partido”.

Esta situação é gravíssima, e a SOS Racismo tudo fará para que a informação verdadeira seja reposta no Google, e para que os responsáveis sejam identificados e punidos”, refere a associação num comunicado divulgado através da rede social Facebook.

COMUNICADO:Número de telemóvel do PNR surge no Google como sendo o contacto telefónico do SOS RacismoFomos alertados…

Publicado por SOS Racismo em Sábado, 30 de novembro de 2019

“Soubemos isto ontem [sábado] ao final do dia, tentámos logo corrigir o número de telemóvel, retirando-o. Durante o dia de hoje temos tentado resolver a questão junto da Google, perguntando se é possível fornecerem-nos os dados de quem é que colocou lá aquele telemóvel”, afirmou à Lusa Nuno Silva, acrescentando que, na segunda-feira, a associação irá formalizar uma queixa ao Ministério Público.

Apesar de a situação já ter sido corrigida, Nuno Silva disse que é preciso perceber o que aconteceu. “Falta perceber como é que aquele telemóvel foi lá parar. Se foi uma brincadeira de mau gosto, se foi intencional, se foi um erro. Vamos ver se a Google nos responde e vamos apresentar queixa no MP para depois fazerem a investigação que entenderem necessária”, explicou.

Entretanto, após a publicação do texto, e com a denúncia de quem percebeu a troca de contactos, a informação já desapareceu do Google.

De acordo com o jornal Público, há pelo menos uma organização “enganada”: numa das newsletters do Centro Local de Apoio à Integração de Migrantes Serpa/Pias, aparece o número do PNR como sendo da SOS Racismo. A confusão é também feita num ficheiro da Câmara Municipal de Lisboa.

Utilizadores podem sugerir alterações no Google

Os dados fornecidos na ficha de informação apresentada pelo motor de pesquisa são compilados automaticamente através de um algoritmo. No entanto, é também possível a qualquer utilizador fazer uma sugestão de alteração.

O algoritmo da Google encontra informação, como o nome do site, a informação de contacto empresarial, e os perfis nas redes sociais, que está publicamente disponível na Internet. É possível atualizar ou fornecer mais informação sobre o seu site para ter mais alcance nos resultados das pesquisas. Se for confirmado como um representante oficial, é possível atualizar o painel e corrigir a informação que a Google apresenta automaticamente”, explicou a Google ao jornal Público.

Fonte do Google explicou que a empresa dá aos utilizadores “a possibilidade de contribuírem para os produtos e serviços da Google, com o conhecimento local que têm”.

“Utilizadores podem sempre usar a ferramenta ‘sugerir uma edição’ para atualizar as informações de um negócio. De forma geral, permitir que utilizadores façam sugestões ou moderem edições proporciona informações atualizadas e completas, mas reconhecemos que pode haver imprecisões ou más edições sugeridas pelos utilizadores — e, quando isso acontece, fazemos o possível para resolver o problema o mais rápido”, acrescenta a nota.

A mesma fonte esclarece que “empresários ou quem administra organizações podem adicionar ou reivindicar a ficha de empresa para receber um email com notificações sobre mudanças feitas na sua ficha e manterem-se a par de tudo” e que “as notificações podem variar de um negócio marcado como permanentemente fechado, a mudança no endereço, telefone, entre outros”.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Variante sul-africana pode resistir à Pfizer. China pondera misturar vacinas

A variante do coronavírus descoberta na África do Sul pode "romper" a vacina contra a covid-19 da Pfizer/BioNTech até certo ponto, concluiu um estudo em Israel, embora a sua prevalência no país seja baixa e …

Rússia garante que não haverá guerra com Ucrânia. EUA desconfiam e prometem consequências

O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, descartou este domingo a possibilidade de uma guerra com a Ucrânia, depois de Kiev ter manifestado preocupação com o reforço de tropas russas nas suas fronteiras. “Ninguém está a embarcar …

Inspetores do SEF rejeitam extinção sem aval do Parlamento (e dizem estar em causa o Espaço Schengen)

O sindicato dos inspetores do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) rejeitou este domingo a extinção daquele organismo sem a aprovação formal da Assembleia da República e considerou que está em causa a permanência de …

Testes rápidos registaram maior número de sempre. APED defende venda nos super e hipermercados

O recurso a testes rápidos de antigénio à covid-19 está a aumentar em Portugal, tendo atingido o maior número a 7 de abril, com mais de 34 mil realizados nesse dia, segundo dados do Instituto …

Francisco Rodrigues dos Santos admite que tem sido "difícil" juntar o CDS (mas "não por falta de iniciativa")

Francisco Rodrigues dos Santos, presidente do CDS-PP, afirmou, numa entrevista ao Jornal de Notícias e TSF que tem sido "difícil" conquistar a coesão do partido. Em entrevista ao Jornal de Notícias e à TSF, o líder …

Isabel dos Santos usou equipa de espiões para provar "conspiração" e "vingança" de João Lourenço

A empresária Isabel dos Santos contratou uma firma de antigos agentes secretos israelitas para provar que foi vítima de um ataque orquestrado pelo governo de João Lourenço. Isabel dos Santos criou uma equipa de espiões para …

"Perdemos o avô da nação". Morte do príncipe Filipe deixou "um grande vazio" na vida de Isabel II

A morte do príncipe Filipe, duque de Edimburgo, na sexta-feira, aos 99 anos, deixou a Rainha Isabel II, sua esposa, com "um grande vazio na sua vida", disse este domingo aos jornalistas o seu filho …

Mapa online interativo ajudou indígenas do Panamá a fazer frente à pandemia

Quando a covid-19 chegou ao Panamá no ano passado, o cartógrafo Carlos Doviaza temeu pelas pessoas indígenas da sua comunidade. Por isso, para as ajudar, dedicou-se a fazer aquilo que faz melhor: mapas. "Pensei: 'Porque não …

"A política ama traição, mas despreza o traidor". Sócrates acusa PS de "ataque injusto" (e diz-se alvo de "vingança" da direita)

"A política ama a traição, mas despreza o traidor". No livro "Só Agora Começou", que será publicado nos próximos dias, José Sócrates acusa a atual direção do PS de traição. De acordo com o Diário de …

Portugal regista mais 566 casos e seis óbitos por covid-19

Portugal registou, este domingo, mais seis mortes e 566 novos casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da Direção-Geral da Saúde …