Google Cultural Institute faz 5 anos e acrescenta museus portugueses à colecção

Google Cultural Institute

Festas de São Pedro da Afurada no Google Cultural Institute

O Google Cultural Institute celebrou 5 anos de vida e passou a incluir mais de 1000 museus e instituições de todo o mundo, com uma nova expansão global: 100 novas colecções de museus, 200 novas estórias interactivas, 10 mil novos artefactos e mais de 50 colecções street view.

Portugal passa a contar com uma exposição virtual de obras do Museu da Gulbenkian, com novas obras do Museu de São Roque e três novas exposições on-line da Universidade do Porto: renda de bilros, tradição sineira e festividades de São Pedro da Afurada.

Pela mão da Universidade do Porto, e à distância de um clique, utilizadores de todo o mundo poderão agora conhecer e perceber a história e os detalhes de uma das artes tradicionais portuguesas mais conhecidas – a renda de bilros – ou por exemplo da arte sineira e as suas técnicas de produção e toque manual. Ambas as exposições são bilingues, em português e inglês.

Destaque ainda para a exposição virtual das tradicionais festas de São Pedro da Afurada, uma das maiores festas do norte do país.

Do Museu Calouste Gulbenkian, a exposição que passa a integrar o Google Cultural Institute é composta por várias peças, esculturas de várias culturas, desde a mostra da Arte Egípcia, a produções artísticas vindas de países como Pérsia ou Turquia até a quadros de pintores reconhecidos pertencentes aos séculos XV, XVI e XVII.

Por fim, do Museu de São Roque, que já estava presente no Google Cultural Institute, há três novas exposições:

Há cinco anos, o Google Cultural Institute dava os seus primeiros passos atrávés de uma parceria com 17 museus dando a conhecer ao mundo e de forma virtual algumas centenas de obras de arte.

Com a nova expansão global, mais de 1000 museus e instituições culturais abriram as suas portas online de forma a partilharem as suas exposições com milhões de pessoas por esse mundo fora.

O Google Cultural Institute tem vindo a desenvolver novas ferramentas que vão de encontro ao que o sector cultural necessita hoje para inspirar as novas gerações a olharem mais de perto para a arte e para a cultura.

Muito recentemente, em parceria com a Dulwich Picture Gallery em Londres, a galeria de arte pública mais antiga de Inglaterra, tornou possível às crianças doentes do Hospital King’s College em Londres fazerem uma visita virtual ao museu através do Google Cardboard.

A partir de agora, é possível descer a famosa rotunda do emblemático Museu Guggenheim em Nova Iorque, desde qualquer ponto graças às imagens do Street View, para além também de ser possível conhecer mais de 150 obras de arte deste museu.

É também possível por exemplo passear por entre os grandes muros do edifício mais pesado do mundo – Palácio do Parlamento de Bucareste, Roménia e descobrir o porquê de tamanha distinção.

De agora em diante, o Google Cultural Institute proporciona também imagens de super resolução – gigapixels – dos famosos lírios de água do artista francês Claude Monet.

Ao ampliar-se a imagem é possível ver perfeitamente as fortes e várias camadas de pinceladas – que, a olho nu, seria impossível.

Aberto até de Madrugada

PARTILHAR

RESPONDER

A Evolução mostra que podemos ser a única forma de vida inteligente no Universo

As reduzidas probabilidades que acompanham a nossa evolução ao longo da história podem ser uma pista que talvez sejamos a única forma de vida inteligente no Universo. Será que estamos sozinhos no Universo? Tudo se resume …

A China está a usar a educação como arma para controlar o Tibete

A China quer obrigar crianças tibetanas a abandonarem as escolas da região e mudarem-se para escolas chinesas. O objetivo, segundo uma especialista, é "tirar o tibetano da criança". A batalha geopolítica entre a China e o …

Revelada explosão violenta no coração de um sistema que alberga um buraco negro

Uma equipa de astrónomos, liderada pela Universidade de Southampton, usou câmaras de última geração para criar um filme com alta taxa de quadros de um sistema com um buraco negro em crescimento e a um …

"É altura de dizer basta". Sporting corta com as claques

O Sporting rescindiu “com efeitos imediatos” os protocolos que celebrou em 31 de julho com a Associação Juventude Leonina e com o Diretivo Ultras XXI – Associação, anunciou hoje o clube, devido à “escalada de …

Poluição atmosférica associada a abortos espontâneos

Elevados níveis de poluição atmosférica foram associados a abortos espontâneos num estudo feito com mulheres grávidas a viver e trabalhar em Beijing, na China. A China é um dos países que mais sofre com a poluição …

Empresas espanholas dominam obras públicas na ferrovia

As empresas espanholas dominam as obras públicas na ferrovia em Portugal, ascendendo a sua quota a 70%, avança o Expresso na sua edição deste sábado. Para presidente da Associação de Empresas de Construção e Obras …

Cada vez mais mulheres denunciam abusos médicos durante o parto

Um número crescente de mulheres tem vindo a denunciar casos de abuso durante o trabalho de parto. No entanto, pouco está a ser feito para mudar isto. Durante o parto, as mulheres ficam numa posição vulnerável …

Já podemos explorar "Melckmeyd", naufrágio holandês do século XVII

Nas profundezas do Oceano Atlântico, perto da costa da Islândia, encontram-se os destroços de um navio holandês que afundou há 360 anos, no qual agora podemos "mergulhar" graças a uma experiência de realidade virtual. Quando a …

Os furacões podem provocar atividade sísmica tal como um terramoto

Uma equipa de cientistas descobriu um novo fenómeno geofísico no qual furacões ou fortes tempestades podem produzir vibrações no fundo do oceano tão fortes quanto um terramoto de magnitude 3.5. "As tempestades, furacões ou ciclones extratropicais …

Quem anda mais devagar pode envelhecer mais rapidamente

A velocidade a que caminham as pessoas aos 45 anos pode ser um indicador de como é que o cérebro e o corpo envelhecem, revela um novo estudo levado a cabo por uma equipa de …