Golo do FC Porto: como não assinalaram falta do Taremi?

11

Estela SIlva / Lusa

Avançado do FC Porto desviou Ismaël Bennacer, no momento decisivo do FC Porto 1-0 AC Milan. Mas os portistas mereceram ganhar.

Stefano Pioli admitiu que o FC Porto venceu o AC Milan (1-0), na terceira jornada do Grupo B da Liga dos Campeões, porque foi superior. Mas não fugiu ao momento decisivo do jogo da noite passada: o golo de Luis Díaz.

O remate do colombiano é forte e bem colocado, mas segundos antes, Mehdi Taremi desviou Ismaël Bennacer, o que permitiu ao colombiano do FC Porto ter espaço para atirar para a baliza.

No entanto, o treinador italiano não “culpou” o árbitro pela derrota: “Não quero centrar-me no árbitro. O FC Porto foi melhor do que nós. Certas decisões podem determinar o resultado, mas hoje eles foram melhores em termos de técnica e na forma como se movimentaram no campo. Não jogámos ao nível do AC Milan”.

“Foi uma noite má, não jogámos o melhor que podíamos. Ainda estamos na corrida pelo apuramento, mas vai ser muito difícil. Agora vamos pensar no campeonato”, admitiu o técnico do AC Milan.

Luigi Garlando, correspondente do jornal La Gazzetta dello Sport no Porto, seguiu o discurso de Pioli, escrevendo que o “erro do árbitro não distorceu o jogo porque o FC Porto venceu com mérito”.

O mesmo jornal lamenta a aparente “falta de pontaria” do AC Milan com as equipas de arbitragem nesta Liga dos Campeões, recordando as queixas que surgiram depois do jogo com o Atlético de Madrid. Este foi um “escândalo de arbitragem que prejudicou o AC Milan”.

“O avançado iraniano não se interessa pela bola, apenas olha para o adversário e coloca um ombro nas costas. O árbitro Felix Brych deixou jogar mas há falta”, continua o jornal.

No Corriere della Sera lê-se que o golo de Luis Díaz foi “estragado” por uma falta não assinalada.

Noutra análise, figuras do futebol como Fabio Capello, Alessandro Costacurta e Esteban Cambiasso ficaram a perguntar porque o árbitro não assinalou falta contra o FC Porto. O golo foi “irregular”, queixam-se.

  Nuno Teixeira, ZAP //

11 Comments

  1. Imagino a histeria, a ruidosa revolta do “entorno” do FCP que seria se um lance idêntico tivesse acontecido na área portista. Exemplar o desportivismo do treinador italiano, reconhecendo a superioridade dos portugueses, apesar de prejudicado por um lance que determinou o resultado. E quando falo do entorno do FCP, refiro, especificamente “ABola”, a sua capa é indecente: como é que uma equipa “esmaga” outra, marcando apenas um golo e em falta? Interessante parece ser a especialização do iraniano em jogar sujo, cheio de truques.

    • Porque não foi marcado o penalty, mais que evidente, sobre o Corona? Eu não costumo responder a pessoas que não se identificam, mas no caso vertente abro uma exceção para lhe dizer, reveja o jogo.
      Fundamentalismos como o seu levam ao descrédito do futebol.

    • Uma vez mais demonstra que não percebe nada de futebol. O lance não é falta como já diversos árbitros puderam explicar. Mas, pronto, uma vez mais preferiu vir aqui demonstrar a sua ignorância.

    • Se calhar o Iraniano aprendeu com o dito puto maravilha chamado joão felix (que como se vê hoje em dia é um jogador não aprovado pelos própios adeptos) que arrancou um penalti contra o Braga em 2019 em que a unica coisa que lhe tocou foi a relva quando se atirou para chão quando benfica estava 0-0 isso sim é jogar sujo.

  2. Engraçado que ninguém fala no penálti claríssimo sobre Corona… enfim, uns são italianos outros são benfiquistas, compreende-se a azia!

    • Se calhar ninguém fala do penalty sobre o Corona porque não terá existido. É a conversa habitual do ruidoso “entorno”portista, que uma mão suja lava a limpa. Não vi o jogo, vi apenas aquele lance e só depois da pergunta do ZAP. Critiquei a falta de civismo, cultura e o gosto por futebol da maioria dos adeptos portugueses e da “crónica”, gabando o comportamento do treinador italiano, no mais são-me indiferentes os resultados do clubes rivais nas provas europeias, não aquecem nem arrefecem o meu benfiquismo., não passam de informação.

  3. Pois bem e que tal comentar o amarelo ao Ibra? No outro jogo do grupo o Griezmann levou vermelho e não parece existir diferença na entrada de ambos os jogadores. Talvez o facto do Ibra ser mais alto tenha pesado na avaliação, pois tem de levantar menos o pé para acertar na cabeça do adversário.

  4. Concordo totalmente com JC. Não se manifesta o benfiquista AS quanto so penálti não marcado sobre Corona. Mas os media estão também de tal forma concentrados na exaltação vermelha, que não vêem o evidente. Enfim, já estamos habituados, mas os cães ladram e a caravana passa…

    • Tanto ódio contra o FCP. Será normal? Tantos Migueis de Vasconcelos! Esquecem-se que as “vagas” que temos na UEFA, foram `custa do FCP e do Sp. de Braga.
      Nota: Eu até sou do S Comércio e Salgueiros.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.