Os golfinhos são ainda mais “destros” do que os humanos

Cientistas analisaram um conjunto de golfinhos e perceberam que mais de 90% deles mostrava uma tendência para o seu lado direito.

90% dos seres humanos são destros mas, de acordo com o IFLScience, uma nova investigação mostra que há um animal que se inclina ainda mais para esta característica do que nós: o golfinho-roaz (Tursiops truncatus).

Uma equipa do Dolphin Communication Project, na Flórida, Estados Unidos, avaliou o comportamento alimentar destes golfinhos em Bimini, nas Bahamas. Em particular, os cientistas analisaram uma tática chamada “crater feeding” (alimentação de cratera).

Pouco antes de os golfinhos se lançarem às suas presas, estes param de nadar e rapidamente giram para o lado numa curva de 90 a 180 graus. Mas qual dos lados preferem?

Para responder a esta questão, os investigadores registaram 709 voltas feitas por pelo menos 27 golfinhos entre 2012 e 2018. No geral, 705 dessas voltas, equivalentes a 99,44%, foram à esquerda. Só um golfinho solitário virou quatro vezes à direita.

Girar para a esquerda sugere, na verdade, uma tendência para a direita, uma vez que coloca o lado direito do animal mais perto do fundo do oceano enquanto caça.

A equipa acredita que esta preferência pode estar relacionada com a visão mais sensível do olho direito ou ao facto de os golfinhos tenderem a produzir cliques de ecolocalização usando a parte direita dos seus lábios fónicos.

O único golfinho que girou para a direita tinha uma barbatana peitoral direita anormal, embora isso não seja necessariamente a causa da sua lateralização incomum. Um outro golfinho tinha a barbatana direita danificada e outro não a tinha sequer, mas ambos viraram à esquerda.

Os investigadores, cujo estudo foi agora publicado na revista Royal Society Open Science, notam que estes golfinhos não são os únicos cetáceos a revelar uma preferência para o seu lado direito ao empregar certas estratégias para encontrar comida. O golfinho-do-crepúsculo, a orca e várias espécies de baleias também o fazem.

A equipa também pensa que os golfinhos podem ser influenciados pela lateralização do cérebro. O olho direito corresponde à metade esquerda do cérebro, e os animais podem ser melhores no processamento de informação recolhida através da visão e ecolocalização no hemisfério esquerdo.

Estudos anteriores descobriram que os golfinhos são melhores a realizar tarefas visuoespaciais, de numerosidade e de discriminação de padrões ao usar o olho direito.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Parker Solar Probe lança nova luz sobre o Sol

Em agosto de 2018, a Parker Solar Probe da NASA foi lançada para o espaço, tornando-se pouco tempo depois a sonda mais próxima do Sol. Com instrumentos científicos de ponta para medir o ambiente em …

Encontrado no mar das Malvinas navio alemão da I Guerra Mundial 105 anos depois de naufragar

O naufrágio de um cruzador alemão da I Guerra Mundial foi identificado nas Ilhas Malvinas, onde foi afundado pela Marinha britânica há 105 anos. O SMS Scharnhorst foi o principal ativo da esquadra alemã na Ásia …

Boavista 1-4 Benfica | Águia goleia no xadrez do Bessa

O Benfica deu o pontapé de saída da 13ª jornada com uma vitória competente na visita ao Boavista, por 4-1. Num jogo potencialmente perigoso para as aspirações “encarnadas”, frente a um adversário com somente uma derrota …

Cientistas desenvolvem técnica para determinar o humor através da caligrafia

Uma equipa de cientistas estudou a biomecânica dos movimentos das mãos a escrever e a desenhar, e desenvolveu um método para avaliar as propriedades individuais da velocidade de escrita e da pressão do lápis no …

Quase seis mil denúncias de agressões sexuais em viagens da Uber nos EUA

A plataforma de transporte de passageiros Uber divulgou na quinta-feira um relatório, revelando quase seis mil denúncias de agressões sexuais a utilizadores, motoristas e terceiros nos Estados Unidos (EUA), em 2017 e 2018. No relatório de …

Polícia de Los Angeles vai usar dispositivo "ao estilo Batman" para prender suspeitos

A polícia de Los Angeles, nos Estados Unidos, vai adotar, no início do próximo ano, um novo dispositivo, conhecido como BolaWrap 100, que dispara um cinto de fibra sintética a uma velocidade de 200 metros …

Corriere dello Sport defende-se das acusações e garante ser "inimigo do racismo"

O jornal desportivo italiano Corriere dello Sport afirmou esta sexta-feira ser “inimigo do racismo”, defendendo-se das críticas motivadas pela manchete de quinta-feira, com o título “Black Friday” e ilustrada com os futebolistas negros Romelu Lukaku …

Alisadores e tintas para cabelo podem aumentar o risco de cancro da mama

Alisadores e tintas para cabelo são dois produtos comummente utilizados por mulheres. Um novo estudo sugere que estes podem aumentar o risco de cancro da mama, especialmente em mulheres negras. Muitos produtos capilares contêm compostos que …

Black Friday. Marca de cosméticos oferece por engano desconto de 96% e perde 10 milhões em duas horas

Uma falha no site oficial da marca de produtos cosméticos Foreo fez com que o seu artigo mais caro fosse vendido com um desconto de 96%, fazendo com que a empresa sueca perdesse 10 milhões …

Camisola usada por Pelé no seu último jogo foi vendida por 30 mil euros em leilão

Uma camisola usada por Pelé no seu último jogo com a seleção brasileira foi vendida por 30 mil euros num prestigiado leilão de objetos desportivos, realizado na quinta-feira em Turim, Itália. A camisola com o número …