GNR já tem lista de pessoas que estiveram na “Queima do Gato”

A GNR já tem uma lista de pessoas que estiveram no recinto da “Queima do Gato”, nas festas de São João, em Mourão, Vila Flor, no distrito de Bragança.

As Relações Públicas do Comando Distrital de Bragança da GNR adiantaram que prosseguem as diligências para identificar os participantes nos atos que podem constituir crime e que os resultados da investigação serão enviados para tribunal.

O Ministério Público de Vila Flor delegou na GNR a investigação deste caso e deu 30 dias à força de segurança para concluir as diligências, cabendo depois ao tribunal concluir que se há matéria para acusação e levar a julgamento possíveis implicados, de acordo com as Relações Públicas da Guarda em Bragança.

O processo judicial no Tribunal de Vila Flor foi desencadeado por várias denúncias contra esta alegada tradição popular de São João denominada “Queima do Gato” que envolve um animal vivo.

Às participações já feitas junta-se agora também uma queixa da associação ANIMAL que divulgou ter formalizado, na quarta-feira, uma queixa a pedir “que seja apurada a responsabilidade concreta de todos quantos atuaram como autores ou cúmplices das várias contraordenações cometidas, bem como do crime de “maus tratos a animais”.

“Basta de impunidade e basta de vivermos na época medieval. É preciso evoluir e modernizar as tradições das populações“, defendeu Rita Silva, presidente da ANIMAL.

Outras organizações também já tinham apresentado queixa, nomeadamente o Partido Pessoas Animais Natureza (PAN) e o Grupo Gatos Urbanos.

Imediatamente a seguir à noite em que ocorreram os factos chegaram às autoridades várias denúncias.

O caso foi tornado público pela associação MIDAS (Movimento Internacional em Defesa dos Animais) através do vídeo que alguém que esteve na festa publicou na Internet.

O vídeo com a duração de cerca de cinco minutos “mostra um gato colocado dentro de um recipiente de barro e levantado a alguns metros de altura, num poste”.

O poste é coberto de palha e ateado fogo até o pote cair ao chão com o animal, que começa a correr em chamas, desorientado, em volta do lume e entre a população.

A população local garante que nunca morreu nenhum gato e que o animal do vídeo, oferecido por uma habitante local para o ritual, “está bem”.

O caso gerou uma onda de indignação nas redes sociais e posições públicas de repúdio por parte das associações de defesa dos animais.

O crime de maus tratos a animais de companhia é punido com pena de prisão até um ano ou de multa até 120 dias.

A moldura penal é gravada para pena de prisão até dois anos ou de multa até 240 dias se resultar a morte do animal, a privação de importante órgão ou membro ou a afetação grave e permanente da sua capacidade de locomoção.

/Lusa

PARTILHAR

18 COMENTÁRIOS

  1. … Ele há cada uma.
    Surpreende que as pessoas da terra, em especial as de idade avançada, olhem com naturalidade para uma tradição tão … bárbara.

  2. ea lista de gatunos que roubaram as poupanças de uma vida de milhares de clientes do BES, onde está? ou será que isso nao é importante, parece que nao o é, concordo que punam as pessoas que se divrtem com os sofrimento dos animais, mas por amor de DEUS, H coisas bem + importantes para serem investigadas.

    • Não diga asneiras… um crime não pode encobrir outro. É claro que os outros casos também são investigados… ou está desactualizado nas noticias?

      • asneiras?!?! ja que nao estou a par das noticias como diz, é capaz de me dizer qual é e onde esta essa lista?! e que consequencias ja teve? refere se talvez áquela fantochada da susposta apreensao de bens feita a alguns elementos da familia espirito santo.. e a seguir a isso, ja viu + alguma coisa?
        quer me parecer q o sr. ou é da familia, ou amigo ou benefeciou de algo dessa mega fraude…

  3. Deixo aqui uma frase de Gandhi, para refletir:

    “o desenvolvimento moral de uma sociedade pode ser medido pela forma como trata os seus animais.”

    Quanto ao caso BES, ok., é uma situação, de facto, lamentável. Mas não estamos a discutir isso.
    Além do que uma coisa é investir em ações e/ou depósitos de elevado risco, outra é colocar as poupanças em depósitos seguros, com taxa fixa.
    No 1.º caso, arrisca-se. Pode-se ganhar muito ou perder tudo.
    São as regras do jogo.

    • ok que sejam as regras do jogo, mas é 1 jogo que foi viciado por ladroes, disso niguem tem duvidas certo? e onde esta a lista desses ladroes???

  4. … Além do que acho de mau gosto, ou no mínimo de gosto estético duvidoso, que o editor desta página coloque como imagem principal um gato preto, normalmente associado a superstições e a preconceitos.

  5. nao vejo a hora de ler aos culpados realmente punidos nao entendo o motivo de tanta barbare!fiquei triste pois ca tenho amor ao pais codi pátria minha, nao podia imaginar tanto sangre frio de seus filhoso mundo precisa de mais amor!!

  6. Cada caso tem um comentário, eu gostava de saber a que preconceito certas pessoas vem para aqui falar sobre o Bes?, quando esta página se refere a um animal pelo qual o ser humano nutre uma amizade por vezes sem fim, os(as) senhores(as) que falam sobre o Bes deviam informar-se primeiro e de seguida procurar a página referente ao assunto onde poderiam lá desabafar o(s) seu(s) lamento(s), aqui fala-se de gatos (animais de 4 patas) e não de ladrões de duas pernas. Quanto ao caso do Bes deixe-me dizer-lhes o seguinte, enquanto a árvore deu fruto(s) ninguém se queixou, quando a árvore mirrou toda a gente se queixou, ora ninguém é burro, pelo que vi e ouvi todos sabem ler e escrever e neste caso só ficou sem ele quem por esperteza julgava que ia enriquecer à custa dos outros, todos sabem que os bancos vivem à custa do cidadão, não me digam que não o sabem, não meto culpas aos bancos mas sim ao povo, quem não quer ser roubado não mete lá os seus tostões nem compra ou assina o que não deve e mesmo à ordem deve controlar a sua conta, se todos retirarem lentamente os seus valores, deixa de haver tantos ladrões em Portugal e menos queixas dos utentes, sem mais, pois não entro em conflitos, cumprimentos.

  7. E as TOURADAS que se avizinham.
    Quantos animais irão morrer lentamente.
    Quero ver a coragem de todos em contestar a MATANÇA PUBLICA , abrilhantada de aplausos de gente culta, gente das revistas, gente que a custo da tradição, ganham assim a vida, passando por ser importante, COM BANDA DE MUSICA a abrilhantar,
    Pelo menos não usem NA COMUNICAÇÃO SOCIAL paga pelos contribuintes , tal como a televisão , , PASSANDO POR TRISTES ESPETACULOS.
    São SADIAMENTE BOA GENTE , os que matam lentamente os animais e os que presenciam VICIADOS NA TRADICIONAL SANTA IGNORANCIA.

    Sugestão.
    QUEREM MANTER AS TRADIÇÕES ???
    FAÇAM DOS RECINTOS DE MATANÇA , LOCAIS DE CONCERTOS DE MUSICA POPULAR, A NOSSA .
    POR EXEMPLO OS RANCHOS FOLCLORICOS , O FADO, O CAVAQUINHO COM CENTENAS DE JOVENS TALENTOS TAL COMO EXISTEM EM TODO O PAIS. CENTROS DE ATIVIDADES DE AR LIVRE DOS INFANTARIOS PARA DESPERTAR OS PEQUENOS TALENTOS.
    CONCERTEZA QUE TERÃO UM NOVO PUBLICO , OS TURISTAS POR EXEMPLO, MUITOS JOVENS , E COM AGRADO , MAIS COSMOPOLITA.
    TERÃO USO MENSAL E NÃO SAZONAL. ESPAÇOS QUE NOS CUSTAM A TODOS,

    ESSES LOCAIS MAIS PARECEM CEMITERIOS SEM DIA DE TODOS OS SANTOS.

    TENHO IMENSA VONTADE DE DIZER UMAS QUANTAS VERDADES DESAGRADAVEIS AOS AFICIONADOS, MAS O BOM SENSO CONTEM~ME …..
    Agora vá la digam de vossa justiça.
    Mas educadamente.

RESPONDER

Marinha dos EUA está a desenvolver drones para matar ovos em ninhos de pássaros selvagens

A Marinha norte-americana e a empresa Hitron Technologies uniram esforços para desenvolver um drone autónomo projetado especificamente para procurar e destruir o maior inimigo da Marinha: os pássaros. Os drones, que estão já a ser testados …

Cientistas criam hologramas que se movem pelo ar

Uma equipa de cientistas da Universidade Brigham Young, nos Estados Unidos, conseguiu desenvolver um holograma que projeta imagens em movimento. Se é fã de Star Treck, ficará impressionado com a mais recente inovação. Um grupo de …

Gangue detido por falsificar a especiaria mais cara do mundo

As autoridades espanholas detiveram um gangue que fazia milhões de euros por ano a falsificar a especiaria mais cara do mundo: o açafrão. Os 17 membros da quadrilha foram detidos na região de Castela-Mancha. Os criminosos …

Santuário medieval recebe escultura em pedra que usa máscara contra a covid-19

Uma catedral histórica do Reino Unido renovou um santuário do século XIV, acrescentando um detalhe que coloca em evidência o momento pandémico que o mundo vive. Agora, a nova escultura está a usar uma máscara …

Aos 10 anos, Adewumi chegou à elite mundial do xadrez (e fugiu ao Boko Haram)

Tanitoluwa Adewumi foi perseguido pelo Boko Haram, fugiu da Nigéria e foi sem-abrigo nos Estados Unidos. Agora, com apenas 10 anos, chegou à elite mundial do xadrez. Grande Mestre é um dos títulos vitalícios concedidos pela …

Hegemonia económica da China cada vez mais longe. Queda demográfica coloca Pequim sob pressão

O objetivo do país é tornar-se na maior potência económica do mundo nos próximos anos, mas a corrida pela hegemonia - disputada com os EUA - pode não ser uma meta fácil de alcançar. O …

Miss Universo 2021. Concorrente da Singapura usa roupa com o slogan "Stop Asian Hate"

Bernadette Belle Ong, uma concorrente do Miss Universo 2021, vestiu uma roupa com as cores de Singapura que continha as palavras Stop Asian Hate ("parem com o ódio contra os asiáticos"). Bernadette Belle Ong aproveitou o …

A Índia está a tornar quase impossível a vacinação dos sem-abrigo

A Índia está a dificultar o processo de vacinação dos sem-abrigo, uma vez que o programa requer um número de telemóvel e uma morada residencial. Muitas pessoas não têm nem um, nem outro.  Na Índia, quase …

Violência contra as mulheres é "uma pandemia", alerta ONU

Uma década após a criação da Convenção de Istambul, o marco dos tratados de direitos humanos para acabar com a violência de género, as mulheres enfrentam um ataque global aos seus direitos e segurança, alertaram …

Já se sabe qual a ocasião mais perdida do ano devido à pandemia (e há uma campanha para compensar)

Tomar um café com um amigo ou um familiar é o momento mais perdido do último ano devido à pandemia de covid-19. Nos últimos 12 meses, e em todas as cidades europeias, estima-se ter havido …