“Geringonça” é a Palavra do Ano 2016

António Cotrim / Lusa

-

A palavra, que passou a ser usada para designar a maioria de esquerda que apoia o Governo, liderou a votação desde o início, embora na reta final “campeão” se tenha “aproximado significativamente” da eleita.

“Geringonça” foi eleita a Palavra do Ano, tendo arrecadado 35% dos cerca de 28 mil votos expressos, anunciou esta manhã a Porto Editora, promotora do evento.

No segundo lugar, com 29%, ficou o vocábulo “campeão” e, em terceiro, com 8%, “Brexit”, seguindo-se, ex-aequo, “parentalidade” e “presidente”, com 6%, depois “turismo”, “racismo” e “humanista”, com 4% cada, “empoderamento”, com 3%, e, finalmente, com 1%, “microcefalia”.

A palavra “geringonça” liderou desde o início a votação, embora na reta final “campeão” se tenha “aproximado significativamente” da eleita, disse à agência Lusa fonte editorial.

O vocábulo tem origem numa reação do antigo líder do CDS-PP, Paulo Portas, à formação do atual Governo, liderado por António Costa, e passou a ser usado para designar a maioria de esquerda no Parlamento (PS / Bloco de Esquerda / PCP e Os Verdes), que apoia o executivo.

Quanto a “campeão”, a escolha está relacionada com a vitória de Portugal, pela primeira vez, no campeonato europeu de futebol, em julho do ano passado, ao vencer a França, em Paris, na final da 15.ª edição do campeonato da UEFA.

“Brexit” é uma palavra que surgiu associada à saída do Reino Unido da UE, em resultado do referendo realizado naquele país, em junho do ano passado.

O termo entrou, em dezembro, no dicionário de inglês de Oxford, considerado a obra de referência sobre a evolução da língua inglesa. O Oxford English Dictionary define “brexit” como a “retirada [proposta] do Reino Unido da União Europeia e o processo político associado” a este processo.

A Palavra do Ano está a ser anunciada na Biblioteca Municipal José Saramago, em Loures, nos arredores de Lisboa.

Nesta oitava edição participaram cerca de 28 mil cibernautas, ultrapassando os cerca de 20 mil votantes do ano passado.

As palavras eleitas nas edições anteriores foram “esmiuçar” (2009), “vuvuzela” (2010), “austeridade” (2011), “entroikado” (2012), “bombeiro” (2013), “corrupção” (2014) e “refugiado” (2015).

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Dos “35% dos cerca de 28 mil votos expressos”, 99% são de direita. A palavra que o Portas “inventou” acentuou o total desprezo e desrrespeito pela Constituição e a Assembleia. Só chama essa palavra quem não está no poder. Sim, porque, quando estavam no poder, o “casalinho” não era uma… Noutras palavras, só é uma… quando é de esquerda. Quando é de direita é uma coligação.

RESPONDER

Propostas de lei sobre videovigilância não respeitam RGPD

A Comissão de Proteção de Dados (CNPD) diz que as novas regras de videovigilância em locais públicos pecam por "indefinição e imprevisibilidade". Segundo avança o jornal Público esta quinta-feira, os pareceres da Comissão de Proteção de …

Descoberta super-Terra gelada e sombria muito perto do Sistema Solar

Uma equipa internacional de astrónomos descobriu um planeta fora do Sistema Solar que é o segundo mais próximo da Terra e tem uma massa 3,2 vezes superior à terrestre, divulgou o Observatório Europeu do Sul …

IVA da luz a 6%. Ministro sugere que famílias mudem para potência mais baixa

O ministro do Ambiente e Transição Energética não afastou a extensão a redução do IVA da luz a mais contratos, mas sugeriu que as famílias mudassem para a potência mais baixa para poderem beneficiar da …

CGTP. Milhares de trabalhadores manifestam-se contra a precariedade. Professores juntam-se ao protesto

Milhares de trabalhadores de todo o país deverão deslocar-se esta quinta-feira a Lisboa para integrar a manifestação nacional que a CGTP promove em defesa de melhores condições de vida e de trabalho. Segundo João Torres, dirigente …

Bruno de Carvalho e Mustafá saem em liberdade

O ex-presidente do Sporting Bruno de Carvalho e Mustafá, líder da claque Juventude Leonina, saíram esta quinta-feira em liberdade, sujeitos a apresentações diárias às autoridades, no âmbito da investigação ao ataque à academia de Alcochete. O tribunal …

França reage à falta de "decoro" de Trump. A diplomacia não se faz através de "tweets"

O governo francês apontou nesta quarta-feira a falta de decoro do Presidente norte-americano ao ter publicado via Twitter fortes críticas contra França no mesmo dia em que o país lembrava as vítimas dos atentados terroristas …

OE 2019. PSD vai apresentar propostas "com significado", mas não orçamento alternativo

O presidente do PSD afirmou nesta quarta-feira que o PSD apresentará na quinta-feira propostas de alteração ao Orçamento do Estado para 2019 (OE2019) "com significado" em áreas como interior, saúde, empresas ou fiscalidade, mas não …

"Irrito-me sim, senhor deputado". Ministra da Justiça garante que sabe "zero" sobre Tancos

A ministra da Justiça, Francisca Van Dunem, garantiu nesta quarta-feira, no parlamento, que nada sabe sobre o caso do furto e do alegado encobrimento das armas de Tancos. Questionada pelo deputado do PSD Carlos Peixoto sobre o …

Luz verde ao rascunho do Brexit. Onda de demissões abala Governo de May

O Governo britânico aprovou "coletivamente" o rascunho de acordo para a saída do Reino Unido da União Europeia, mas uma vaga de demissões está a abalar o Executivo de May. O Governo de Theresa May reuniu …

Fox News, apoiante declarada de Trump, apoia rival CNN em processo legal contra o Presidente

A apoiante declarada de Trump Fox News vai juntar-se à ação judicial movida pela sua rival CNN contra o Presidente norte-americano, para recuperar a credenciação de um dos seus jornalistas. A estação televisiva Fox News, apoiante …