Encontrada a possível causa da “mãe de todas as extinções em massa”

O calor libertado por rochas incandescentes pode ser uma possível causa para a maior extinção mundial, que ocorreu há quase 252 milhões de anos, revela um estudo divulgado esta segunda-feira na revista “Nature”.

O estudo foi liderado por James Muirhead, do Departamento de Ciências da Universidade de Artes e Ciências da Universidade de Syracuse, e pelo geólogo Seth Burgess e o professor de Geologia do Instituto de Tecnologia de Massachusetts Samuel Bowring.

De acordo com as investigações, a formação de rochas incandescentes gerou uma série de eventos que provocaram a extinção Permo-Triássica, durante a Era Paleozóica, onde mais de 95% das espécies marinhas e 70% das terrestres foram extintas.

“Foram cinco grandes extinções desde o início da vida na Terra, há mais de 600 milhões de anos. A maior parte desses eventos foi atribuída a erupções vulcânicas e impactos de asteróides”, explicou Burgess.

“Ao voltar a examinar os tempos e as conexões entre o magmatismo – movimento de lava -, a mudança climática e a extinção, criamos um modelo que explica o que desencadeou a extinção em massa do final do período Permiano”, acrescentou.

No centro da investigação estão os chamados Trapps siberianos, ou “províncias magmáticas siberianas”, que formam uma grande região de rocha vulcânica, conhecida como Grande Região Ígnea, na Sibéria.

Esta região foi o centro de quase 1 milhão de anos de intensa atividade vulcânica, a qual espalhou volumes significativos de lava, cinzas e gás, ao mesmo tempo que libertou níveis perigosos de sulfureto, dióxido de carbono e metano para o meio ambiente.

Segundo Muirhead, a investigação sugere que “os fluxos de lava da superfície aconteceram muito rápido para provocar uma extinção em massa” e acrescenta que “em vez disso, houve um intervalo de magmatismo que desencadeou todos os eventos que provocaram a extinção em massa”.

“O calor libertado pelas rochas incandescentes e a expulsão de sedimentos ricos em gás, que entraram em contacto com o metamorfismo, libertaram enormes quantidades de gases de efeito estufa, necessários para provocar a extinção”, disse Muirhead.

Segundo o investigador, o seu modelo de estudo “relaciona o começo da extinção com o impulso inicial do local das rochas incandescentes” e representa “um momento crítico na evolução da vida na Terra “.

ZAP // EFE

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Ministro da Ciência do Brasil partilha fotografia para provar que a Terra é redonda (e é atacado)

O ex-astronauta e atual ministro da Ciência e da Tecnologia do Brasil publicou na sua conta no Twitter uma série de fotografias para provar que a Terra é redonda, acabando por ser atacado na rede …

Rúben Ribeiro pensou que ia morrer em Alcochete, Gelson recebeu SMS a avisar do ataque

Rúben Ribeiro e Gelson Martins foram ouvidos, esta sexta-feira, na 22.ª sessão do julgamento, que decorre no tribunal de Monsanto, em Lisboa. "Sinceramente, pensei que ia morrer, foi um cenário de horror, estavam constantemente a dizer: …

Um terço dos franceses acredita que um novo Holocausto pode acontecer nos Estados Unidos

Um terço dos franceses (36%) acredita que um novo Holocausto pode vir a  acontecer nos Estados Unidos, de acordo com uma nova sondagem levada a cabo pela Conference on Jewish Material Claims Against Germany. De acordo …

Petição quer acabar com o uso de perfumes nos transportes públicos

Um cidadão endereçou uma petição ao Parlamento para que o uso de perfumes seja proibido em transportes públicos e locais públicos. De acordo com o jornal Público, a petição — apresentada numa folha de papel A4, …

Governo estuda hipótese de aeroporto na base aérea de Monte Real

O Governo está a estudar a hipótese de criar um aeroporto civil na Base Aérea 5 de Monte Real, em Leiria, confirmou o ministério das Infraestruturas. Em declarações a vários jornais, entre os quais o Público, …

Coronavírus chegou à Europa. Dois casos confirmados em França

O novo coronavírus chegou à Europa. A ministra da Saúde francesa anunciou, esta sexta-feira, que há dois casos confirmados no país. "Há dois casos confirmados", vincou a ministra da Saúde francesa, Agnes Buzyn, em conferência de …

Ucrânia perdeu 11 milhões de habitantes desde 2001

A Ucrânia perdeu mais de 11 milhões de habitantes desde o último censo de 2001 devido à imigração, à anexação da Crimeia e à guerra no leste do país. De acordo com os novos dados oficiais, …

CGD sobe comissões a partir deste sábado (incluindo MB Way)

As transferências por MB Way, as contas-pacote e os serviços mínimos bancários na Caixa Geral de Depósitos vão sofrer um agravamento a partir deste sábado. Tal como tinha sido anunciado em outubro do ano passado, a …

Isabel dos Santos não vai ser detida se for a Angola, garante PGR

O procurador-geral da República de Angola afirmou, esta sexta-feira, que a justiça quer esgotar todos os procedimentos para notificar a empresária angolana antes de pedir um mandado internacional de captura. "Primeiro vamos esgotar a possibilidade de …

Assange deixa ala médica da prisão e passa para área com outros reclusos

O fundador do WikiLeaks, Julian Assange, foi transferido da ala médica da prisão de Belmarsh, no sudeste de Londres, onde estava isolado, para uma área da prisão com outros presos, anunciou hoje um membro do …