Ser generoso pode ser a chave secreta para ser mais atraente

De acordo com um novo estudo, as pessoas mais generosas são avaliadas como mais atraentes, e as pessoas que são mais atraentes também têm uma maior probabilidade de doar. Esta pode ser uma peça fundamental na forma como os outros nos veem.

Sara Konrath, uma das autoras do estudo, publicado a 28 de agosto, defende que esta conclusão não é de agora, uma vez que ao longo dos anos “poetas e filósofos têm sugerido a ligação entre beleza moral e física”.

Konrath explica que “o estudo confirma que as pessoas que são tidas como mais atraentes, são mais suscetíveis a ser mais generosas. Talvez ser generoso possa ser a próxima tendência de beleza”, acrescenta a também professora.

Segundo o Futury, as investigadores basearam as suas conclusões em três grandes estudos. Um dos estudos examinou adultos mais velhos, e os outros analisaram pessoas no final da adolescência, acompanhando os participantes durante anos.

Para desenvolverem a sua pesquisa, as investigadoras fizeram apenas duas perguntas. “Os indivíduos que assumem mais comportamentos associados à doação são classificados como fisicamente mais atraentes?”, e fizeram também a pergunta inversa: “as pessoas fisicamente mais atraentes têm maior probabilidade de assumir comportamentos de doação?”

As classificações do que se considera ser mais atrativo fisicamente não tinham informações sobre os comportamentos de doação dos participantes, permitindo assim às investigadoras determinar se os comportamentos de doação de uma pessoa se correlacionavam com a atratividade física.

No que diz respeito aos idosos, o voluntariado e o carinho estiveram relacionados com os maiores índices de atratividade. Quando se trata de jovens, os que se voluntariaram para doações tiveram uma classificação mais elevada.

Femida Handy, co-autora do estudo, diz que “embora não possamos explicar de forma rigorosa por que razão existe uma ligação entre generosidade e atração física, encontramos uma consistência notável nos três estudos, apesar de serem realizados em momentos diferentes, usando participantes diferentes e métodos e medidas diferentes”.

Para Konrath, este estudo pode ser considerado um avanço pois refuta a perceção de que as pessoas bonitas são mais egocêntricas e vaidosas. Pelo contrário, o estudo conclui que as pessoas classificadas como mais atraentes eram também mais generosas.

Konrath diz que as pessoas gastam muito dinheiro em produtos de beleza para melhorar a sua aparência, mas podiam aplicar uma parte desse dinheiro para fazer o bem, e assim trazer ao de cima a sua beleza interior. “As nossas descobertas sugerem que os produtos e procedimentos de beleza podem não ser a única maneira de aumentar a atratividade de um indivíduo”.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Amostra de ADN desvenda homicídio cometido há quatro décadas

Uma amostra de ADN, colhida de um norte-americano da Carolina do Sul após este ser detido por apontar uma arma, permitiu às autoridades desvendar um caso antigo, identificando-o como principal suspeito do homicídio de uma …

Investigadores portugueses criam simuladores para treinar médicos à distância

Investigadores da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP) desenvolveram, durante o confinamento, um método para os estudantes treinarem para cenários de emergência sem saírem de casa. Em declarações à Lusa, Carla Sá Couto, do …

Restam apenas dois rinocerontes brancos do norte (mas há uma esperança para salvar a espécie)

Com a morte do último macho em 2018, o rinoceronte branco do norte chegou ao ponto em que não pode ser salvo naturalmente. Com apenas duas fêmeas restantes, a subespécie é agora tida como oficialmente …

Há uma região na América do Norte sem qualquer caso de covid-19. Tem a dimensão do México

Nunavut, uma região localizada no norte do Canadá, continua sem registar nenhum caso de covid-19. A receita para o sucesso tem vários ingredientes, mas as caraterísticas especiais da região e as medidas rígidas tomadas logo …

Site da campanha de Trump foi alvo de ataque. Hackers "fartaram-se das fake news"

O website oficial da campanha presidencial de Donald Trump foi alvo de um ataque informático que o deixou temporariamente desfigurado na noite desta quarta-feira. Os hackers responsáveis substituíram o habitual conteúdo por uma mensagem normalmente utilizada …

CV30. O poderoso anticorpo descoberto por cientistas que dá luta ao novo coronavírus

Investigadores do Fred Hutchinson Cancer Research Center, nos Estados Unidos, descobriram um potente anticorpo, encontrado no sangue de um recuperado de covid-19, que interfere com a superfície espinhosa do novo coronavírus, fazendo com que partes …

Igreja flutuante "nasceu" num canal de Londres

A Denizen Works recentemente concluiu uma igreja flutuante pouco ortodoxa em Londres, no Reino Unido. O projeto tem um novo teto que pode ser baixado ou levantado conforme as necessidades. Batizado de Génesis em homenagem ao …

Compostos de alga vermelha da costa de Peniche eficazes no tratamento do cancro

A alga vermelha “Sphaerococcus coronopifolius” da costa de Peniche possui compostos com atividade antitumoral que podem contribuir para o desenvolvimento de novos fármacos ou potenciar o efeito de fármacos de combate ao cancro já existentes, …

Surto de covid-19 em Vila Flor. Festa de aniversário de autarca gera polémica

A festa organizada por funcionários da Câmara de Vila Flor, no distrito de Bragança, para celebrar o aniversário do seu presidente, está a dar que falar. O município já conta com cerca de 70 infetados. De …

Alberto II da Bélgica conhece filha de relação extraconjugal pela primeira vez

O antigo rei Alberto II da Bélgica encontrou-se pela primeira vez com a filha Delphine de Saxe-Cobourg, depois de anos de negações sobre a paternidade da recém-reconhecida princesa. De acordo com o jornal britânico The Independent, …